segunda-feira, 17 de julho de 2017

Livros que me mudaram

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje estou aqui para conversar com vocês sobre livros que me mudaram de alguma forma, vamos conferir?


Crepúsculo, Stephenie Meyer
Quando Isabella Swan se muda para a melancólica cidade de Forks e conhece o misterioso e atraente Edward Cullen, sua vida dá uma guinada emocionante e apavorante. Com corpo de atleta, olhos dourados, vez hipnótica e dons sobrenaturais, Edward é ao mesmo tempo irresistível e impenetrável. Até então, ele tem conseguido ocultar sua verdadeira identidade, mas Bella está decidida a descobrir seu segredo sombrio.

Muitos devem pensar: como Crepúsculo mudou a vida de alguém? Ele me mudou, pois o primeiro livro que consegui ler completamente sem me sentir cansada ou desgostosa. Foi o livro que me inseriu nesse universo literário e me mudou completamente.

Delírio, Lauren Oliver
Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos.
Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas.
Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?

Esse livro, ah, esse livro me fez ver que não importa o quanto um amor doa, o quanto ele machuque é sempre melhor amar e sentir dor do que não sentir nada.

A Culpa é das Estrelas, John Green
Hazel foi diagnosticada com câncer aos treze anos e agora, aos dezesseis, sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões. Ela sabe que sua doença é terminal e passa os dias vendo tevê e lendo Uma aflição imperial, livro cujo autor deixou muitas perguntas sem resposta. Essa era sua rotina até ela conhecer Augustus Waters, um jovem de dezessete anos que perdeu uma perna devido a um osteosarcoma, em um Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Como Hazel, Gus é inteligente, tem senso de humor e gosta de ironizar os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Com a ajuda de uma instituição que se dedica a realizar o último desejo de crianças doentes, eles embarcam para Amsterdã para procurar Peter Van Houten, o autor de Uma aflição imperial, em busca das respostas que desejam.
Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

É impossível pensar em livros que me mudaram e não citar ACEDE. Essa famosa obra me fez perceber que não importa o quão curto seja nosso tempo com alguém, esse pequeno espaço de tempo nos torna infinitos.

Como eu era antes de você, Jojo Moyes
Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.
Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

Apenas: “Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”

Extraordinário, RJ Palacio
O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Esse livro me ensinou que as diferenças não são ruins, pois elas nos tornam extraordinários e, principalmente, que a escolha entre estar certo e ser gentil, é preferível escolher sem gentil.

O verão em que tudo mudou, Gabriela Freitas, Thaís Wandrofski e Vinícius Grossos
A vida às vezes guarda inúmeras surpresas. Sem avisar, ela muda de direção. Na hora você não entende, já que “tudo parecia estar bem”. Então percebe que havia sinais.... um sentimento, uma lembrança, um fato que parecia bobo, mas não era... É quando a gente entende que todo o caminho estava errado, que nada fazia muito sentido. Pelo menos, pra você. Fred sente-se absolutamente comum diante de um mundo com tanta gente especial. Lavínia, ao alcançar aquilo que parecia um sonho, algo pelo qual tanto lutou descobre que a nova conquista nunca foi realmente um desejo seu. E Sol, sem perceber, vive sempre à espreita, desconfiada, em constante alerta, tentando controlar tudo ao redor, na esperança de não se ferir novamente... Mas que controle podemos ter diante de tudo? Três jovens, de cidades distantes, com diferentes realidades, descobrindo o mundo a partir de suas próprias escolhas: complexo, difícil, libertador. Três histórias que se cruzam, no exato momento em que se coloca, diante de cada uma delas, uma exigência capaz de definir algo para o resto de suas vidas.

Esse livro me mudou em três esferas: 1ª é normal não ter sonhos e isso não quer dizer que você é uma pessoa estranha; 2ª desistir de sonhos antigos e parar de viver no plural não me torna uma pessoa egoísta; e 3ª sair do planejamento, da zona de conforto pode ser extraordinário.

Esses foram os livros que mais me marcaram ao longo da minha vida e me mudaram. Me contem se já leram eles e quais livros mudaram a vida de vocês.


Beijos,

13 comentários:

  1. Olá Bruna!
    Adorei essa sua ideia de post. Gosto bastante de leituras onde possamos aprender algo e crescer com as história. Super concordo com você quanto as escolhas dos livros, eu com certeza mudei a forma de pensar depois de A culpa é das estrelas, Como eu era antes de você e Extraordinário :)
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bru!
    Gostei muito dessa postagem.
    Eu já li "Extraordinário" e a questão da gentileza passou a viver sempre comigo.
    Acho que "A culpa é das estrelas" me fez, além de tantas outras coisas, querer ler cada vez mais livros.
    Os outros livros que tu citou, eu não li.
    Bem, muitos livros vêm marcando a minha vida e me mudando, assim, sem pensar muito, eu citaria O&P, Comer Animais, Desonra... Mas sei que a lista é enooorme.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ola
    O verão em que tudo mudou foi o único livro de sua lista que ainda nao tive a oportunidade de ler, mas gostaria. Sou apaixonada pot Extraordinário, Como eu era antes de você e A culpa é das estrelas também. Adorei poder conferir o seu post.. acho que se eu fosse fazer seria ate difícil.. iria colocar vários!!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Adorei poder conferir o seu post e conhecer os livros que mudaram sua vida de alguma forma. Amo esse poder transformador dos livros e como eles nos fazem bem. Adorei ver na sua listinha Extraordinário, Como eu era antes de você e A culpa é das estrelas. Tenho que concordar que são livros lindos e cheio de coisas boas para nos ensinar. Espero ter a oportunidade de ler os outros que não conhecia.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  5. Oi tudo bem?
    Adorei a ideia desse post, já li alguns livros que você citou e que também me mudaram A culpa e das estrelas, como eu era antes de você mas principalmente extraordinário aprendi muitas coisas com o Auggie.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Desses eu só li A Culpa é das Estrelas e ainda gostei mais do filme, hahah Eu li bem atrsada e de tanto que todo mundo falava eu fui com super expectativas. Tipo, o livro é bom mas o filme na minha opinião ficou melhor :)
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  7. Adorei a postagem!
    "A culpa é das estrelas", "como eu era antes de você" e "extraordinário" também foram livros que me mudaram. São incríveis! <3

    Beijos,
    * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem?
    Eu adorei esse post, nunca tinha visto outro igual ou parecido.
    Da lista eu li apenas A culpa é das estrelas, e meu Deus que livro lindo.
    Realmente cada livro nos muda de alguma forma, eles sempre nos deixam marca e alguma visão diferente do mundo cotidiano, por isso eu acredito que a leitura nos torna pessoas cada vez melhores, seres mais humanos.
    Parabéns pela postagem e pelo blog <3

    ResponderExcluir
  9. Oi Bru
    Nossa, tenho uma longa lista de livros que me mudaram... Mas vou comentar os que tenho em comum com você!
    A culpa é das estrelas e Como eu era antes de você com certeza estão na lista, com suas temáticas de partir o coração. Já Extraordinário me ensinou a ser mais gentil de ver as pessoas como iguais.
    Adorei o post.
    Beijinhos
    Rizia Castro - Livroterapias

    ResponderExcluir
  10. Oi Bruna, adorei o post, a começar do banner lindo que você colocou. Da sua seleção, acho que Extraordinário é um livro que quando penso, sei que eu era uma pessoa diferente antes de conhecer esta história. O Como Eu Era Antes de Você, também me mostrou coisa que eu não veria se não tivesse lido o livro.
    Adorei o post!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Bruna!
    Já li quatro dessa sua lista. Amo todos!
    Crepúsculo foi um dos que me encantaram muito. De certa forma, foi ele que me inseriu mais no mundo da leitura. <3
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi.
    Pouco tempo atrás eu escrevi um post defendendo a saga Crepúsculo. É incrível o tanto de pessoas que falam mal da série, mas ela foi responsável por introduzir muitas pessoas no mundo da leitura, como foi seu caso.
    A mensagem deixada por Como Eu Era Antes de você também me marcou bastante.
    Os outros livros da sua lista eu ainda não li, mas me interessei bastante por delirio e o verão em que tudo mudou.
    Pretendo conferir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oie! Tudo bem?

    Sou como você comecei a ler graças a Saga Crepúsculo e até hoje sinto um amor especial por ela, dos outros que você citou li somente O Verão em que Tudo Mudou e me trouxe bastante ensinamentos!

    Bjss

    ResponderExcluir