sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

[Resenha] Desaparecidas, Lauren Oliver

Título: Desaparecidas
Autora: Lauren Oliver
Editora: Verus
Páginas: 304
Onde comprar: Saraiva

Nick e Dara eram inseparáveis. A primeira sempre teve a responsabilidade mais aguçada que a caçula, que gostava da popularidade, de festas, bebidas alcoólicas e drogas. O acordo tácito entre elas era que uma jamais entregaria a outra. Nicole era a filha perfeita, enquanto Dara fazia de tudo para chamar a atenção de todos, inclusive roubar o melhor amigo da irmã, Parker. 

Dara estava se distanciando de Nick. Ela escondia segredos perigosos e as duas entraram numa disputa por tudo que não podia ser dividido. Elas se amavam, mas após um acidente de carro, tudo mudou. Dara não conseguia perdoar Nick, nem pela cicatriz que agora habitava o seu rosto, nem pela traição da mais velha. A separação dos pais foi mais um fator que veio a calhar: Dara continuaria com mãe, enquanto Nick iria embora com o pai.
"Esta é a questão entre mim e Dara: somos parecidas e estamos a mundos de distância. Como o Sol e a Lua e uma estrela-do-mar e uma estrela: relacionadas, claro, mas ao mesmo tempo total e completamente diferentes. E Dara sempre é a que brilha."

Entretanto, as férias haviam chegado. Chegara a hora das duas finalmente se encararem... se Dara estivesse disposta a isso.

Nessas férias de um verão sufocante, Nick vai acabar entrando para um jogo que pedia como preço a própria sanidade dela. Sem se importar muito com as regras, ela vai acabar descobrindo algo que mudaria toda sua vida. Para sempre.
"Engraçado como as coisas podem continuar as mesmas para sempre e então mudar tão de repente."

Desaparecidas é um dos suspenses psicológicos mais bem escritos e construídos que já tive o prazer de ler. Com uma narrativa que viaja entre o presente e o passado, além de alternar as visões das personagens, a atmosfera misteriosa deixa o leitor inebriado. O que será que há de errado com Dara? O que Nick está tentando esconder?

As duas irmãs despertam todo tipo de sentimento, desde raiva até compreensão. É Nick quem conduz a maior parte da história, e devo dizer que ela não é a típica personagem burra, daquelas que entram numa casa escura sabendo que lá dentro há um assassino esperando por ela. Nick é bastante cativante e esperta. Ou, pelo menos, é isso que a autora induz o leitor a achar... 
"Porque, mesmo naquela época, eu sabia. Não era um truque. Não era um espetáculo. Às vezes, o dia e a noite se invertem. Às vezes, o que sobre desce, e o que desce sobe, e o amor se transforma em ódio, e as coisas com as quais contávamos são arrancadas de debaixo dos nossos pés e nos deixam pedalando no ar. Às vezes, as pessoas deixam de amar você. E esse é o tipo de escuridão que nunca se ajeita, não importa quantas luas nasçam novamente, preenchendo o céu com uma fraca aproximação de luz."

Se o enredo já é bem construído, não sei o que dizer do desfecho. QUE DESFECHO. Só lendo para entender. Os fatos são tão bem encaixados, as pistas tão claras mas ao mesmo tempo tão bem camufladas, que o momento de revelação final é um choque. Um choque tão imenso que, duvido que a maioria não faça como eu fiz: fui voltando capítulo por capítulo após terminar o livro. Minha intenção? Me perguntar como eu podia ter sido tão cega... ou a autora tão inteligente.

Sim, Desaparecidas é um suspense inteligente. E surpreendente, MUITO SURPREENDENTE. 
"As lembranças também são assim. Construímos pontes cuidadosas. Mas elas são mais fracas do que pensamos. Quando essas pontes se quebram, todas as nossas lembranças voltam para nos afogar."
 
Classificação:

11 comentários:

  1. Ola, Gabrielle. Tudo bem? Que bom que a leitura tenha lhe agradado totalmente. Pela sua análise esse parece ser um daqueles suspenses de tirar o fôlego, sem contar que você disse que é inteligente e surpreendente. Sua resenha ficou espetacular, você mostrou de forma clara os pontos fortes do livro. Eu gosto muito desse gênero literário, sendo assim tenho certeza de que a leitura me satisfará. Abraços!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Eu não gostei nada desse livro, não consegui me conectar a história de jeito nenhum, mas que bom que a leitura te agradou.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Eu não conhecia essa história, mas já me chamou a atenção por ser inteligente. A capa é bem bonita e só de saber que pelo menos uma das personagens não é nenhuma tonta, já me instigou a ler. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  4. Oii
    Eu não sabia que esse livro é único, isso me deixa com mais vontade de lê-lo rsrs
    Sua resenha está muito bem feita, eu tinha lido a sinopse mas não sabia ao certo do que se tratava.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro um suspense e pela resenha, essa história me pareceu ter bastante disso. O que já é um passo para eu lê-lo. Se eu o comprar, venho dizer o que achei ❤ beijos.

    ResponderExcluir
  6. Eu amo suspense, ainda mais quando tem mais de um ponto de vista ou quando alterna entre passado e presente. Esse gostinho de querer ler mais um capítulo pra descobrir o que aconteceu e entender a história sempre me envolve. Fico feliz em saber que o livro é bem escrito. Já queria ler ele faz um tempo e fiquei ainda mais animada.
    Beijão

    ResponderExcluir
  7. Oi Gab, tudo bem?'

    Eu amo suspense, e esse livro parece seguir uma linha espetacular. Pelo que li na sua resenha, essa tensão existente entre as irmãs irá permear a leitura e isto deve causar muitas sensações diversas no leitor. Saber que a história é bem escrita e que prende me deixa com vontade de ler a obra o quanto antes. A capa está divina! Já quero!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, nunca tinha ouvido falar desse livro! Amo suspenses inteligentes e surpreendentes, adoro quando não consigo descobrir o que aconteceu e depois fico me achando uma tonta... Rs... Além disso, amo narrativas que alternam entre o presente e o passado e também entre as visões das personagens, quero ler!

    ResponderExcluir
  9. Olá, esse livro me lembrou o estilo de "Mentirosos", que li recentemente e amei, então, depois de ler sua resenha, fiquei com vontade de ler ele, pois gosto de histórias com irmãs adolescentes, ainda mais se tem um desfecho arrasador.

    ResponderExcluir
  10. Parece ser uma daquelas histórias que prendem a gente do início ao fim, gosto muito de tramas assim, com essa pegada meio suspense psicológico!
    Sua resenha ficou ótimo,
    Beijos e boas leituras *-*

    ResponderExcluir
  11. Eu já pensei em comprar esse livro, ele estava na minha lista há muito tempo, mas até agora não consegui. Ainda pretendo ler, parece ser muito bom, realmente o que estou esperando dele.

    ResponderExcluir