terça-feira, 31 de janeiro de 2017

[Resenha] Suzy e as Águas-Vivas, Ali Benjamin

Título: Suzy e as Águas-Vivas
Autora: Ali Benjamin
Editora: Verus
Páginas: 223
Onde comprar: Saraiva | Submarino

Suzy e as Águas-Vivas foi uma leitura que assim que concluí, quis ficar abraçada com o livro e não compartilhar com ninguém essa estória só para tê-la apenas para mim.

Nessa fascinante obra, conhecemos Suzy, uma garotinha extremamente inteligente que vê sua vida ruir após o falecimento de sua amiguinha Franny Jackson. Logo no começo, Suzy nos mostra que aconteceu algo antes da morte de Franny, mas isso só nos é revelado próximo ao final da obra. 
“(...) Era como se eu pudesse me lembrar da felicidade, mas também não conseguisse me lembrar dela, tudo ao mesmo tempo.”

Ao fazer um trabalho para a escola, Suzy chega à conclusão que a morte de Franny não foi afogamento, uma vez que ela era uma excelente nadadora. A única coisa que pode ter causado isso? Águas-Vivas que vêm crescendo tanto a ponto de ela chegar a imaginar que irá dominar o mundo. Ela começa a fazer inúmeras pesquisas e tem certeza que é isso, mas, como ela não está falando, sente que precisa resolver isso sozinha e vai atrás de uma resposta para mostrar ao mundo.
“A questão é que temos muito poucas chances de consertar algo, de fazer as coisas ficarem certas. Quando uma dessas oportunidades aparece, não se pode ficar pensando demais. É preciso segurá-la e agarrar-se a ela com toda força, por mais paf paf que ela possa parecer.”

Não existem palavras para explicar como essa obra mexeu comigo. Foi muito fascinante ver como a Suzy queria mostrar para todos que as coisas não acontecem porque simplesmente tem de acontecer, como muitos falam. Também foi extremamente envolvente ver – pelos olhos dela – como as pessoas mudam e podem ser cruéis, mesmo quando não querem. 
“Uma água-viva, se você olhar para ela por tempo suficiente, parece um coração batendo. (...) É a pulsação delas, o jeito como se contraem rapidamente e relaxam em seguida. Como se fosse um coração fantasma, um coração através do qual se pode enxergar o outro mundo, onde tudo o que a gente perdeu na vida foi se esconder.”

A Suzy sempre foi uma menininha extremamente sincera e inteligente e para ela isso era o correto, mas as pessoas não aceitavam e julgavam-na como a estranha. Me senti muito próxima dela, pois, digamos, passei por coisas parecidas quando tinha a idade dela.  

Com uma escrita fluída, leve e envolvente Ali Benjamin me fez retornar à minha infância, reviver momentos felizes e dolorosos e ver que precisamos, cada vez mais, compreender o próximo e deixar que o próximo nos compreenda, que nos ame e nos conforte como merecemos. É uma obra extremamente recomendada, ousaria dizer que obrigatória, para todos.

Peço desculpas caso essa resenha tenha ficado confusa, mas essa é uma obra que extrapola em sentimentos e faltam palavras. 
“E, durante todo o tempo, seu coração só continua batendo. Ele faz o que precisa fazer, uma batida após a outra, até receber a mensagem de que é hora de parar, o que poderia acontecer daqui a poucos minutos sem que você sequer tenha ideia disso.”
Classificação:

13 comentários:

  1. Olá, Bruna! Tenho muita curiosidade em ler esse opúsculo, imagino ser daquelas obras singelas e ao mesmo tempo enriquecedora para a alma. Sua resenha ficou um pouco confusa, mas é compreensível, acredito que a obra mexeu muito com você, sendo assim não é tarefa fácil analisar de forma clara a obra. De qualquer forma, dica anotada e obrigado por compartilhar conosco essa belíssima obra, ah e antes que eu me esqueça essa capa é linda e bem delicada. Abração!!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha! Quero muito conhecer a história da Suzy, acho que vou me encantar com ela. ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi Bruna, eu quero ler esse livro faz tempo tempo, e não sei porque eu me esqueci de colocar ele na minha lista de leitura. Erro meu.
    Quero saber como foi a trajetória da nossa protagonista.
    Beijos
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é tão amorzinho, né?
    Eu amei tanto, de uma forma que não esperava. Acho que eu teria gostado muito dessa leitura quando eu era criança, fiquei pensando que não li livros assim sensíveis quando era mais nova, coisa que eu deveria ter feito.

    Beijinhos, Hel.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    AMEI a sua resenha, comprei dois exemplares desse livro, que por sinal não chegou ainda, e quero muito ler logo!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Que história encantadora! Fiquei apaixonada pelo livro, já quero ler. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Eu acho essa capa tão linda. Essas histórias com falecimento sempre mexem comigo. Mas logo a amiguinha dela? Nossa, que triste...
    É bom saber que você gostou tanto do livro a ponto de favoritar, me deu um gás pra ler também, sabe?
    Beijão

    ResponderExcluir
  8. Eu vi essa livro no canal Geek Freak, me apaixonei me capa e ainda mais pela historia, e comecei a ler ele ontem. Já amei a Suzy desde as primeiras páginas. Prevejo que o livro será triste.

    ResponderExcluir
  9. Eu estou looouca para ler esse livro e ver resenhas positivas e tão bem escritas assim como a sua só me deixa ainda mais ansiosa!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oii!
    Que linda a sua resenha! Ficou nítido que o livro realmente te tocou. Eu já vi esse livro na livraria e lembro que a premissa na época não chamou tanto a minha atenção, mas se é um livro que extrapola em sentimentos fiquei com vontade de conhecer de perto essa estória.

    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  11. Olá... tudo bem??
    Eu compreendi o que quis dizer na resenha... que por sinal ficou tão linda e carregado de sentimentos que teve durante a leitura... é tão bom quando um livro mexe desta forma com a gente... nos deixando cativados e mexendo com os nossos sentimentos... este livro eu recebi de ação, mas viajou para o Pará, a minha resenhista queria tanto, que resolvi enviar pra ela rs... Xero!

    ResponderExcluir
  12. Olá, adoro resenhas como essa...bem sentimentais <3
    Não conhecia a obra e fiquei curiosa, muito disse se deve por sua resenha, linda!

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Olá!! Que linda sua resenha! Eu já tinha lido algo sobre o livro e estou super curiosa. Seu texto me incentivou ainda mais! Acho que vou me identificar bastante! =)

    Valeu pela dica!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir