quinta-feira, 3 de novembro de 2016

[Resenha] Neve na Primavera, Sarah Jio

Título: Neve na Primavera
Autora: Sarah Jio
Editora: Novo Conceito
Páginas: 333
Onde comprar: Livraria Cultura | Saraiva

"As coisas mais difíceis sempre se transformam nas mais recompensadoras."

O melhor tipo de livro é aquele em que o leitor consegue mergulhar de cabeça, entrar na história, sofrer, sentir raiva ou tristeza e desespero. Sarar Jio conseguiu isso em Neve na Primavera com maestria. Os fatos são amplamente sentidos na pele e a atmosfera de mistério é a verdadeira cereja do bolo.

O período Entre Guerras castigou. A tensão do período, a pobreza e a miséria açoitou muitos por todos os cantos do planeta. Mas, para Vera Ray, as coisas estavam piores. Após sair para trabalhar, a jovem mãe solteira se viu obrigada a deixar o filinho sozinho em casa, mesmo que de coração partido. Quando voltou no dia seguinte, sob uma atípica tempestade de neve para a estação, Daniel, o pequeno menininho, havia sumido. Tomada por um completo desespero frente ao desinteresse das autoridades, essa mãe acaba fazendo de tudo para encontrar o filho.

Décadas depois, na mesma Seattle de Vera Ray, a jornalista Claire Aldridge acorda com uma estranha tempestade de neve fora de época, e ao ser obrigada a escrever para o jornal sobre esse estranho fenômeno, ela se depara com a história de uma mãe desesperada e uma criança perdida.

Movida por um interesse sem aparente explicação ela decide ir atrás da verdade. Uma verdade que ela descobrira, mais tarde, ser muito sobre ela mesma.

Com toda sinceridade eu não esperava ser tão surpreendida pelo desenrolar do enredo e, principalmente, pelo desfecho. A narrativa se alterna entre as duas personagens, presente e passado, e o quebra cabeça vai se montando aos poucos. O mistério é de tirar o fôlego e a verdade de partir o coração.

Neve na Primavera é um livro para ser lido, sentido e chorado!


"A vida dele fora como um trágico romance sem capítulo final, um belo desfecho. Nós descobrimos, tiramos a poeira que o cobria, e agora era hora de ele ler este livro."


Classificação:


28 comentários:

  1. Olá Gabrielle! É tão bom, quando o livro consegue nos pegar de jeito né. Ao ler a resenha, pude ver que foi o caso desse livro com você. Eu não o li e, pretendo lê-lo, em um futuro próximo. Até mais.

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Li apenas "o bangalô" da escritora e já amei. Sua resenha aumentou minha vontade de lê-lo, socorro! haha. É muito bom quando conseguimos "entrar de cabeça" na história toda. <3

    Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi
    Nossa, faz muito tempo que li esse livro, mas se tem uma coisa que eu lembro foi de que gostei bastante. E gostei de poder conferir suas impressões porque me identifiquei também, e até bateu aquela saudade... quem sabe eu possa fazer uma releitura! Essa capa é linda demais ♥
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  4. OI Gabi, li este livro este ano e fiquei apaixonada pela trama. As personagens me ganharam com seus dramas e dores, mas aquele final, caramba, não esperava nunca!!! Que lindo que você também gostou!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Como mãe, fico com o coração na mão sempre que leio a sinopse desse livro. Estou doida pra ler esse livro há um tempinho, mas meu emocional vai ser devastado, tenho certeza. Então vou esperar o fim da gestação pra lê-lo.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gabi, tudo bem?
    Tenho certeza que se eu ler esse livro vou chorar porque como mãe eu não ouso nem imaginar ter um filho desaparecido. Deve ser uma dor insuportável. Fiquei curiosa com o enredo é para descobrir o que aconteceu com o Daniel. Vou adicionar a minha lista de leituras mas não sei se vou ter coragem de ler por agora por conta do sofrimento que sei que vou sentir.
    Outra coisa que merece destaque nesse livro é a capa que eu acho linda!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Quando eu trabalhava em livraria, esse livro sempre ficava jogadinho lá no canto, nunca entendi o porque, acho essa capa linda demais, amo a diagramação dele, e nao conheço ninguém que leu esse livro e que nao tenha amado. Ele permanece na minha lista de leituras, mas sei que nao vou me decepcionar.

    ResponderExcluir
  8. Já ouvi falar na autora, mas não conhecia esse livro e saber que você não esperava nada e foi surpreendida com todo o quebra-cabeça que se concretiza no final, me deixou bem curiosa pra conferir esse livro!
    Adoro as fotos que você tira <3

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  9. Eu li Neve na Primavera e não senti absolutamente nenhum destes sentimentos: ‘consegue mergulhar de cabeça, entrar na história, sofrer, sentir raiva ou tristeza e desespero.’, talvez eu seja insensível, chata demais, não sei, mas a leitura foi uma tortura para mim. Eu desisti da leitura em menos da metade da obra.

    ResponderExcluir
  10. Quero muito fazer a leitura desse livro, tenho lido ótimas resenhas e todas me deixaram super empolgada! Que bom saber que a leitura é agradável e proporciona diversos sentimentos no leitor. Mistério? Já atiçou minha curiosidade. rs
    beijos
    http://www.apenasumvicio.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Gabi

    Eu não leio muitas resenhas sobre esse livro, acho que as pessoas o subestimam, pois a história parece ser mesmo encantadora e eu só não li ainda porque é muita coisa pra ler, mas sempre que leio uma resenha sobre ele a vontade aumenta.
    Fico curiosa para saber como essas duas histórias se entrelaçam. Tenho algumas teorias, mas só lendo mesmo para saber.
    Adorei a foto.

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, e confesso que pela sinopse não leria, mas ao ler a sua resenha e as suas emoções durante a leitura minha opinião mudou totalmente e agora estou morrendo de vontade de ler. Adorei a dica!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi Gabi, não li nada da autora ainda, apesar de ter um livro dela na estante. Legal a autora ter intercalado a narrativa, adoro quando isso acontece. E estou aqui matutando este final que te surpreendeu e comoveu.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá.
    Nossa fiquei super louca para ler esse livro. Eu já tinha visto ele por ai quando ele foi lançado, mas nunca tinha nem procurado saber a sinopse dele, e agora com a sua resenha, além de saber a sinopse quero muito ler o livro. Eu adorei saber dos seus sentimentos quanto ao livro e como vc reagiu a tudo que foi contado e mostrado. Eu adoro livros com a temática deste pois ele sempre me fazem chorar e repensar a vida.
    Bjsssssss

    ResponderExcluir
  15. Oie!

    Eu só li coisas boas sobre essa obra e por isso tenho muita curiosidade de conhecê-la. É tão bom quando lemos um livro que nos surpreende dessa forma, não?

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  16. Nossa, o livro parece ser muito lindo e tocante, uma história forte sobre uma mulher forte, fiquei super curiosa pra ler!

    leiturasdebrain.wordpress.com

    ResponderExcluir
  17. Olá Gabrielle.
    Também concordo que livro bom é livro que faz o leitor ter sentimentos fortes.
    Eu fico imaginando o desespero da mãe ao chegar e não encontrar o filho em casa. Fiquei curiosa para saber o que a jornalista tem a ver com esse história que aconteceu muitos anos antes.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  18. Oi Gabrielle, eu concordo plenamente com você! Quanto mais mexe com minhas emoções, mais eu gosto do livro. Recentemente ando lendo vários assim, ainda bem! O problema é a senhora ressaca depois de terminá-los... rs. Anotei sua dica e adorei suas colocações! Abraços

    ResponderExcluir
  19. Olá!! :)

    Eu não fazia ideia da existência desse livro!! :) Masi ainda bem qye gostaste assim tanto e que te surpreendeste imenso, mais do que alguma vez pensaste que poderia acontecer!! :)

    EU realmente gosto de narrações alternadas e acima de tudo quando conseguimos mergulhar de cabeça na historia, viver, sofrer,...

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  20. Oie!
    Eu já li esse livro da autora, e é emocionante mesmo!
    Daqueles que quando começa, você não consegue mais parar até chegar a ultima página para saber tudo o que está acontecendo na trama.
    Um livro lindo!
    Bjks
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que já vi esse livro por aí, mas que ele nunca chamou muito a minha atenção. Mas agora lendo sua resenha fiquei curiosa, porque deu para perceber que é uma história bem emocionante mesmo e cheia de sentimentos. Enfim, espero um dia ler e também mergulhar na história.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Oi Gabrielle!
    Esse livro parece ser aqueles romances bem triste do tipo "Prova de Amor" (o filme). Eu gosto de dramas e como já disse mil vezes: sou louca por mistério, mas não estou em uma momento para ler livros assim. Não quero chorar rs.
    Mas... como eu me conheço e sei que mudo de vibe rápido, vou adicionar na minha lista do skoob, não quero perder esse livro.
    Abs e parabéns pela resenha ^^

    ResponderExcluir
  23. Eu me lembro de sempre ver livros dessa autora naquele catalogo da avon, algo tipo "violetas na janela",ai não sei,mas as capas são bem parecidas.
    mas a autora nunca me chamou tanta atenção mas esse livro parece ter uma historia linda e tudo que tem um toquezinho de misterio fica melhor

    ResponderExcluir
  24. Olá!!!
    Conheço a autora mas nunca tinha lido nada dela e sua resenha é a primeira que leio sobre esse livro e fiquei bem curiosa sobre a estória e o que aconteceu com o menininho e tudo a cerca de seu desaparecimento com certeza já está incluído nas minhas leituras pro ano que vem!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/11/titulo-quando-o-amor-bater-sua-porta.html

    ResponderExcluir
  25. Olá,
    Desconhecia a obra e adorei saber que você foi surpreendida de tal forma com ela.
    Gosto de livros que tenham um mistério a ser desvendado, pois acaba prendendo bastante minha atenção e a leitura flui rapidamente.
    Estou bem curiosa para saber o que aconteceu com Daniel e como isso está ligado à jornalista. Dica anotada.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oii,
    Esse livro já ta no meu desejados no skoob, faz um tempo que eu li umas resenhas e já tinha amado. Quero muito ler e espero gostar e conseguir mergulhar no livro como você disse :D

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  27. Ai que gracinha!

    A capa já traz um ar de meiguice para história e, por si só, já é um convite e tanto para leitura!

    Sua resenha me cativou bastante para a leitura, principalmente quanto ressalta que é " um livro para ser lido, sentido e chorado!" <3

    Belas palavras. Parabéns pela resenha (:

    ResponderExcluir
  28. Olá adorei a resenha...que livro lindo, só pra começar a capa me encantou de cara, e o enredo que você apresentou, minha nossa...já quero pra ontem!

    Abraços

    ResponderExcluir