domingo, 13 de novembro de 2016

[Resenha] A Fúria e a Aurora, Renée Ahdieh - A Fúria e a Aurora #1

Título: A Fúria e a Aurora
Autora: Renée Ahdieh
Série: A Fúria e a Autora #1
Editora: Globo Alt
Páginas: 336
Onde comprar: Saraiva | Submarino

" - O que você está fazendo comigo, sua praga?
- Se sou uma praga, então você devia se manter a distância, a não ser que planeje ser destruído. - Com a arma ainda nas mãos, ela o empurrou.
- Não. - As mãos agora na sua cintura. - Me destrua.
O arco e a flecha caiu ao chão no momento em que ele aproximou sua boca da dela.
E ninguém recuou."

Khalid, o califa de Khorasan, é um monstro. Todos os dias ele escolhe uma nova garota para desposar, e, já na aurora seguinte, tira a vida dela com um lenço de seda amarrado ao pescoço. No entanto, depois que Shiva, a melhor amiga da corajosa Shahrzad, foi morta pelo menino rei assassino, ela jurou vingança. Alguém teria de colocar um ponto final nessa chacina e essa pessoa seria ela. Como estratégia de sobrevivência ela contaria histórias noite após noite sem a menor intenção de terminá-las. O que Shahrzad jamais esperava era encontrar por detrás daquela casca abominável um coração repleto de segredos, dor e sofrimento. Khalid era muito mais que apenas um assassino... Khalid era alguém que precisava ser amado e, acima de tudo, compreendido.

"Na minha vida, a coisa mais importante que aprendi é que ninguém alcança a plenitude de seu potencial sem o amor dos outros. Não fomos feitos para ser solitários, Shahrzad. Quanto mais uma pessoa afasta os outros, mais evidente se torna a sua necessidade crítica de ser amada."

A Fúria e a Aurora é de tirar o fôlego. A escrita é hipnotizante, o cenário esplêndido e a história um tiro no coração. É muita agonia, romance, mistérios, tristeza e aventura para um livro só! O enredo originalíssimo tem a capacidade de transportar o leitor para dentro das páginas, sendo assim praticamente impossível não apreciar uma leitura excêntrica como essa.

Os personagens são outro ponto positivo: a língua afiada e o sarcasmo de Shahrzad divertem; a persistência e coragem de Tariq, o primeiro amor de dela, é de entristecer; e a dor mascarada de Khalid é de partir completamente o coração. Personagens principais ou não, todos possuem personalidades marcantes. Todos têm seu lugar e encaixe fundamental dentro da história.

Tudo em A Fúria e a Aurora é perfeito! Além disso, o desfecho é tão desesperador que não posso esperar pela sequência. Já iniciei a leitura de The Rose and the Dagger (A Rosa e a Adaga) e estou tendo um mini ataque cardíaco a cada página.

Esse livro merece ser lido!


" - Você está certa. Você não é minha. Eu é que sou seu."

Classificação:

12 comentários:

  1. Oi Gabi, tudo bem?

    Que bom que vc adorou a leitura! A Fúria e a Aurora é um livro que eu ainda quero muito ler.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Sempre arrasando nas resenhas! Fiquei mega curiosa para lê-lo.

    Beijos <3
    Blog Mente Viajante

    ResponderExcluir
  3. Oi, Gabi!
    Menina, eu sempre tive um pé atrás com esse livro, por conta de ser tipo uma releitura de Mil e Uma Noites. Mas as resenhas que li me iluminaram mais e agora estou com ele na lista de futuras leituras.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária

    ResponderExcluir
  4. Olá Gabrielle =)
    Pela resenha deu para ver como gostou bastante do livro. Eu não imaginava que era tão bom. Gosto bastante do nome do livro. Saber que tem romance, mistério e um enredo originalíssimo me animou bastante. Já anotei a dica! Beijos'

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Sua resenha me lembrou As Mil e Uma Noites , pelo menos na parte de contar histórias rs
    Fiquei interessada. Quero ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho o livro aqui, mas ainda não tive a oportunidade de ler, o que é um apena pq parece ótimo. Adoro adaptações e morro de vontade de ver como essa ficou
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca li a história original, mas já conhecia por cima isso de desposar uma mulher todo dia e matá-la no seguinte. Eu fiquei muito contente de saber dessa releitura e de poder conferir um pouco da história original. Fiquei curiosa para saber como termina esse primeiro livro, eu acho que a editora está trazendo o segundo ainda esse ano, não? <3
    Ansiosa para ler!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu não conhecia esse livro, mas já estou muito curiosa, tipo, muito curiosa. Eu não gosto muito de romances, mas esse parece ser bastante instigante. Legal saber que é uma releitura, eu li uma releitura em forma de contos a um tempo atrás e não curti muito, mas acho que essa vai ser bem legal! Anotada a dica!
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  9. Oie Gabrielle, tudo bem? Adorei sua resenha e saber que gostou do livro. Minha irmã leu também e adorou. Você só aumentou minha curiosidade com a leitura. As fotos ficaram ótimas!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Estou vendo tantas resenhas tão positivas sobre esse livro e tenho certeza que vou amar quando começar essa leitura. Não gosto muito da história tradicional, mas essa parece ter elementos de tirar o fôlego.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá ♥
    Estava vendo algumas resenhas e li uma resenha que a pessoa falou que odiou por que não pensou que o foco fosse o romance e sim uma fantasia. Como uma boa alucinada por romances com toda certeza vou ler, pois a premissa me agrada e me fascina é aquele tipo de livro que parece que enquanto você não finaliza, você não deixa de pensar o que vai acontecer no próximo capítulo. Fico feliz que você tenha gostado, pretendo gostar tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  12. Olá Gabi,

    Estou precisando de histórias com enredos convincentes. Quando vc citou que determinados momentos chegam a ser agoniantes eu fiquei maravilhada porque esse ano ainda n li livros assim. Acredito que o inicio em si já é motivo de muita euforia, e um ponto que me chama a atenção é que mesmo ele sendo um assassino ainda sim ficaria com "pena" dele por saber que o que ele precisa é ser amado... Mesmo sabendo que isso não justifica matar.
    preciso dessa obra!

    ResponderExcluir