domingo, 23 de outubro de 2016

[Resenha] O ar que ele respira, Brittainy C. Cherry - Elementos #1

Título: O ar que ele respira
Autora: Brittainy C. Cherry
Série: Elementos #1
Editora: Record
Páginas: 308
Onde comprar: Saraiva | Submarino

Desde que esse livro foi lançado tinha em mente: Não farei a leitura, pois a premissa não me atrai em nada e mantive esse pensamento por muito tempo, mesmo após ler inúmeras resenhas positivas, inclusive de pessoas que possuem gostos semelhantes ao meu. Mordi a língua por ter dito isso. Quando vi que esse era o livro selecionado para um desafio que estava participando, pensei em desistir, mas, como amo desafios, não pude. Então decidi dar uma chance, mas o fiz sem esperar nada e acabei encontrando uma história emocionante e envolvente.

O ar que ele respira nos apresenta à história de Elizabeth, uma moça que perdeu o marido e está tentando seguir em frente com sua filhinha, Emma, e Tristan Cole, um rapaz que é extremamente grosseiro, agressivo e triste.

“Quando papai morreu, naquele dia abafado de agosto, uma parte de minha mãe também se foi. Lembro-me de ter lido um romance em que o autor dizia algo do tipo: ‘Nenhuma alma gêmea deixa esse mundo sozinha. Ela sempre leva consigo um pedaço de sua outra metade.’ Odiei aquilo, pois sabia que era verdade.”

Elizabeth não está bem, ela não consegue entender como perdeu o marido tão cedo, como ele pôde deixa-la. Está vivendo na casa de sua mãe, mas sente que precisa voltar a viver sua vida, afinal, faz um ano que seu marido não está mais com ela. É com esse pensamento, que Liz, como é carinhosamente chamada pelos amigos, volta para sua casa em Meadows Creek e logo acontece algo que faz sua vida e a de Tristan se encontrar.

Todos na cidade temem o estranho homem barbado, mas Liz sente apenas uma tristeza muito grande em volta dele e quer se aproximar. Acaba descobrindo que ele é seu vizinho e tenta fazer contato, mas ele não quer deixar ninguém entrar em seu casulo, está bem sozinho, apenas com seu sofrimento.

“Era difícil olhar para ele. Parecia um homem devastado, mas cada uma das cicatrizes de sua existência me atraía.”

Obviamente, eles se aproximarão e passarão a ajudarem-se mutuamente.

Como disse, não tinha intenção de ler esse livro e me surpreendi muito com o que encontrei. Devo alertá-lo, caro leitor, que a história é previsível, já sabemos o que acontecerá no final, mas o meio foi bastante surpreendente, principalmente a parte em que a autora fez com que a vida dos dois estivesse entrelaçada há tanto tempo.

Liz e Tristan são duas pessoas que estão perdidas e o livro mostra que, se você está perdido e outra pessoa também, há grandes chances de vocês se reencontrarem e reerguerem juntos. No começo, achei a aproximação entre os dois errada, mas, conforme fui desenvolvendo a leitura, percebi que a aproximação se deu justamente por aquilo que precisavam naquele momento.

“Como seria bom se nossa mente funcionasse como um grande arquivo e pudéssemos simplesmente reviver nossos momentos favoritos a qualquer instante, escolhendo=os num sistema bem-organizado.”

Um outro ponto que me incomodou um pouco, no começo, foi a grosseria de Tris. Ele parecia sentir prazer em machucar o próximo e dizer palavras duras e foi muito bonito ver que esse não era ele. Que ele era uma pessoa boa que apenas sofreu mais do que poderia aguentar.

Os personagens secundários são apaixonantes, a Emma, filhinha de Liz, é uma criança que demonstrar ser muito forte e crê muito nas coisas, de uma forma que nosso coração se enche de esperança. Faye, a amiga maluca de Liz, também é uma personagem apaixonante e encantadora. Ela sempre tem algo para dizer que pode tirar a amiga do momento ruim e adoraria conhecer um pouco mais sobre ela.

Com uma narrativa ágil e envolvente, O ar que ele respira, cumpre bem seu papel como um livro repleto de emoções e um bom entretenimento. Indico essa leitura para quem gosta de um livro com bastante drama, crescimento e superação.


 “A pior parte de perder uma pessoa amada é que você também se perde.”

Classificação:


21 comentários:

  1. Oiii Bruna

    Ando fugindo de dramas, geralmente me cansam e deixam a leitura pesada. Personagens grosseiros tb não conseguem me conquistar e ainda que sofram uma grande mudança ao longo da história, a má impressão inicial geralmente permanece pra mim. No momento esse livro não me chama a atençao apesar dos seus elogios e tantas outras boas criticas que leio pela blogosfera. Quem sabe futuramente eu me anime.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bru!
    Eu quero muito ler esse livro porque essa premissa me interessa muito! Adorei sua resenha e que bom que você gostou.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção 5 Anos de Além da Contracapa
    Participe da promoção Halloween Literário

    ResponderExcluir
  3. Vi muita gente falando no insta que esse livro era bom mas confesso que não conhecia muito sobre e agora fiquei com bastante vontade de ler, parece ser um livro muito bom.

    Beijos:*
    Escritas na Chuva

    ResponderExcluir
  4. Ain, eu nem vou falar muito aqui pq já quero chorar Brun HAHAHA, mas, nossa ♥ ♥♥ ♥ ♥. Faye é só amor cara. Plmdds. HAHAHA.

    ResponderExcluir
  5. Oiee Bruna ^^
    Antes de mais nada: eu amo essa capa...haha' eita homem bonito *-*
    Como eu tenho uma paixão estranha por personagens sofridos, este é um livro que eu quero muito ler, principalmente porque eu vi muita coisa boa a respeito dele, e ver que você se envolveu com a história me deixou ainda mais curiosa. Eu também sinto alívio quando vejo que um personagem só é fdp para se proteger de alguma coisa *-*
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Esseblviro parece ser realmente muito incrivel rsrs. Já vi centenas e centenas de resenhas sobre a obra e todas estão mais do que elogiando a obra, principalmente a sua escrita. Gosto quando o autor escreve de forma leve e envolvente, isso envolve muito. Já a capa eu me lembro o furduncio que esse modelo causou no temo o do lançando rsrs. Até mais vê
    Bjks

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu já li esse livro e gostei bastante da história. Foi o segundo li que da autora e estou ainda mais encantada com a narrativa da autora. Não vejo a hora de ler os próximos dessa série.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Quando teve a solicitação eu nem tinha me ligado que era da mesma autora de Sr. Daniels e me arrependi, pois a escrita da autora é maravilhosa. Eu gostei bastante da premissa, parece bem tocante. Gostei da resenha, me deixou ainda mais ansiosa para ler.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu estou com esse livro na lista de leitura e a cada dia que passa eu tenho mais vontade de ler, mas alguma coisa ainda me segura. Ainda não li nada da autora mas só vejo elogios pela narrativa e pelo modo que a história foi montada. Acho que esse final previsível não altera em nada a grandeza da obra.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Brunna, como é bom quando pagamos a língua deste jeito né? Ao contrário de você, o livro sempre me interessou. Uma pena mesmo que não tenha lido ainda. Sua indicação cai para mim, pois gosto de enredos com dramas e superações.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Oie!!
    Nossa, é tão bom quando algo nos surpreende não é mesmo?
    Eu diferente de você, sempre quis ler esse livro e eu amei a experiência... Amo a autora e amei a história

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  12. Eu comprei o Sr. Daniels no mochilão da Record do ano passado, peguei autógrafo e tudo, mas ainda não li. Aí quando vi esse, apesar de ter me interessado, nem pensei em ir atrás. Seria mais uma pra pilha, e estou fugindo disso no momento. Mas adorei as suas impressões, me deixaram mais interessada ainda.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  13. Vejo tanta gente comentando sobre ele, que me dá medo de começar e não achar isso tudo.
    Mas acho que vou dar uma chance. :)

    ResponderExcluir
  14. Olha como são engraçadas as coisas e como a gente acaba mordendo a lingua as vezes... O que aconteceu com você já aconteceu comigo, de jurar que não iria ler um livro e acabar apaixonada por ele...rs
    Eu entendi a armadura do Tristan no início do livro, de no fundo ser assim e querer machucar as pessoas pois também está machucado então não foi algo que me incomodou. Acho que isso se deve ao prólogo pois se não tivesse esse início e não soubesse o que aconteceu com ele acho que iria me irritar muito.
    Eu amei o livro, mas achei que o relacionamento dos dois no início é quase doentio - acho que só não foi mesmo por causa da autora e dos outros detalhes na história. Mas é como você disse, os dois precisavam daquilo naquele momento até mesmo para poder dizer adeus para o passado e seguir em frente.
    Achei incrível o caminho deles terem se cruzado a tanto tempo - e o que foi aquela coisa toda das plumas???? Que coisa mais linda!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  15. Gosto de ser surpreendida e sei que vou encontrar nessa história, confesso, igual a vc a sinopse não me foi atrativa mas ter lido os pontos positivos que me mostrou na resenha foi o que me interessou a ler o ar que ele respira e espero não ficar traumatizada com o final.

    ResponderExcluir
  16. OI Bruna!!

    Assim como você não me sinto atraída pela obra, e olha que já li várias resenhas. E mesmo com o final previsível o fato da autora colocar a vida dos dois protagonistas juntos por um elo é bem intrigante, ambos com suas feridas sendo cicatrizadas, com certeza daí surgirá um lindo amor. GOstei também dos personagens secundários terem carisma, isso é envolvente em um livro, mas mesmo assim ainda não me sinto compelida a ler. BeijosQ

    ResponderExcluir
  17. Eu me apaixonei por esse livro, por essa história, por esses personagens! Li o livro tão rápido que quando estava quase chegando no final comecei a tentar ler devagar porque não queria que acabasse kkkkkk amei o livro, a autora realmente tem uma escrita adorável e envolvente. A história é cheia de emoções, que vai nos direcionando pela trama, há sensualidade, tristeza, amor e raiva. Um verdadeiro mix de sentimentos.
    Bjos!

    EuVocê&oslivros

    ResponderExcluir
  18. Oii Bruna, tudo bem? Que bom que gostou tanto da leitura. Esse livro tem uma premissa super cativante e acho que irei adorar, quando ler. Parece bem clichê, mas quando a escrita da autora é muito boa acabo não ligando muito para isso. Espero ler muito em breve! Sua resenha ficou ótima.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá, meu deus, eu realmente preciso ler esse livro, eu até agora li milhares de resenhas dele e eu nao acho nenhuma crítica sequer sabia, vocês só me matam de curiosidade, irei ter que furar meu TBR para ler logo esse livro KKK, a britanny escreve de um jeito que você realmente se emociona com as palavras dela, espeo sentir isso nesse livro

    ResponderExcluir
  20. Aii gente! Meu coração ta até doendo pra ler esse livro haha Quero muito ele <3
    ótima resenha!!!
    Beijos ❤
    JP

    ResponderExcluir
  21. Oi ! Esse parece ser um livro que deixa a gente com raiva no início, mas que depois faz a gente suspirar a cada página linda. Já li muitos livroa assim em que os personagens se entendem devido às suas dores. Acho muito legal isso , porque passa uma idéia de que não importa o que a gente passe não somos os únicos que já passamos por isso. Vou colocar na minha lista de leitura. Abraços!

    ResponderExcluir