terça-feira, 11 de outubro de 2016

A verdade é que a infância é a melhor parte da vida - Semana das Crianças #7

Criança é inocência. E é sinônimo de liberdade, mesmo que a gente não ache isso e queira crescer logo. A verdade é que a infância é a melhor parte da vida.


Você não está preso quando não pode sair para brincar na rua. Você está preso quando não pode tirar um dia de folga. É deliciosa a sensação de sair gritando loucamente por aí quando se está insatisfeito com alguma coisa, as pessoas acham engraçado ou simplesmente entendem, pois, afinal, se trata de uma criança. Mas experimenta fazer isso se você for um adulto. Nem vou comentar as consequências. E vai parecer clichê o que eu vou dizer, mas alguém disse que o que é clichê não é verdade? A preocupação maior que a criança tem é não fazer bagunça demais, pois a mãe, o pai, o tio, a avó ou seja lá quem for, pode brigar. E receber bronca ninguém gosta, nem adulto. Criança é muito esperta! A verdade, meu bem, é essa, ser criança não tem preço! É a melhor parte da vida sim.

Eu sou filha única. E não costumava conviver com crianças. Nem na família, nem com os amigos. Sempre foi assim. E essa distância, talvez, fez com que eu não as conhecesse tão bem, mesmo que eu já tenha sido uma. Mas, em fevereiro deste ano, as coisas mudaram. Eu me tornei monitora de uma turma de, em média, vinte crianças. Elas têm seis anos de idade. S-e-i-s. Imagina o susto! Eu convivo com vinte criancinhas saudáveis e saltitantes a manhã inteira durante cinco dias por semana. Para quem é acostumado, tudo beleza. Mas pra quem não tem o costume, foi um choque. Um choque positivo. Eu aprendo mais e mais a cada dia. Na medida em que eu as ensino algumas coisas, elas me ensinam outras. É gratificante! 

E é com base nessa experiência que eu reforço: a infância é a melhor parte da vida. Ver aquelas crianças me faz querer voltar a ser criança também. E eu não desejo isso da adolescência, de forma alguma. Portanto, por ser impossível retroceder no tempo, sempre que possível, seja uma criança. Uma criança grande que acredita na humanidade, que tem fé em Deus, que confia nos pais e que sonha, sonha muito, sem aquela convicção adulta desagradável de que os sonhos são impossíveis.

A infância, meu caro amigo, é com toda a certeza, uma parte muito importante da nossa vida. Não perca a oportunidade de “revivê-la” sempre que for possível.

Por Thamiris Dondóssola, do blog Historiar.

23 comentários:

  1. Olá
    Que texto delicioso de se ler! Não tenho dúvidas de que a infância é a melhor parte de nossa vida. Também sou filha única e entendo perfeitamente o que você quis dizer.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros com

    ResponderExcluir
  2. Que texto bacana! Nunca podemos perder a criança que existe em nós. Ela é essencial!

    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
  3. Que texto Fofo! Sim é muito importante a infância como fase da vida. Tive uma infância maravilhosa recheada de primos e primas. Pena que nos dias de hoje com a violência e com.o fato dos currículos das crianças estarem cada vez maiores tenha pouco espaço para as crianças serem apenas crianças. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Thamiris.
    Adorei o seu texto!
    Sem dúvidas, a infância é uma das melhores fases da vida.
    Que pena que quando passamos por ela não temos tanta consciência de que devemos aproveitá-la ao máximo. ;)

    Bjos,
    http://helendutra.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Eu simplesmente amei seu texto!
    Quando era criança, meus pais deixavam que eu brincasse na rua à vontade desde que voltasse para casa quando estivesse escurecendo. E assim fazia! Brincava, corria, rolava e tudo o que tem direito... E hoje vejo o quanto isso foi incrível para mim!
    Mais tarde, quando me tornei adulta e virei professora, convivia com crianças todas as manhãs e tardes e foi uma experiência única, pois foi mais uma oportunidade de aproveitar essa fase tão gostosa! Eu levava brincadeiras que eu gostava e estava sempre inovando, pois sabia que seria divertido tanto para eles quanto para mim!
    Amei seu texto! E o seu blog é uma graça!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Que texto maravilhoso!Realmente, melhor parte da vida! Que sorte a sua de trabalhar com 20 crianças, de seis anos. Devem ser umas fofas! E também nunca fui daquelas que se socializam, quem sabe um dia tenho a mesma oportunidade que você!

    Simplesmente criativa

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Nossa, que texto lido. É verdade, quando somos crianças queremos ser gente grande/adulto, e quando isso acontece queremos ser crianças de novo, porque essa é uma época boa, sem responsabilidades, sem coisas sérias pra fazer. Enfim, o texto ficou ótimo <3

    ResponderExcluir
  9. Oi!

    Eu concordo totalmente com o seu texto, aliás, ótimo texto. A minha infância foi muito boa, apesar de ter tido pais um pouco ausentes devido ao trabalho. Eu me lembro de situações que hoje em dia as tiro como lições. a infância é completamente importante para quem nos tornamos, para quem queremos ser. Adorei o texto hehe

    beijos =)

    ResponderExcluir
  10. Olá!! :)

    Eu concordo contigo! :) Crianças são maravilhosas! :) Bem, eu vou izer-te, idenfiquei-me imenso!! ahah

    Eu sou filho único também e não fui de grande convivência nessa fase. E também estive a tomar conta de crianças (foi nas ferias de verão :) ). Adorei a experiencia, e estou a morrer pelas próximas ferias para fazer o mesmo! :) ahah Saudes!! <3

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-do-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Seu post me deixa tão nostálgica.
    Realmente a infância é a melhor época que temos e concordo que precisamos revivê-la sempre que for possível.
    Tenho um irmão que é três anos mais velho que eu e brincávamos muito juntos eu, ele e minha mãe e sempre me pego lembrando dos bons momentos que vivemos juntos, das brincadeiras e até mesmo das brigas e castigos rsrs
    Adorei o texto!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ai que texto mais linda e verdadeiro. É tão bom ser criança. Eu tenho saudades da minha infância onde minha maior preocupação era brincar e assistir a meus desenhos preferidos.
    Seu texto está lindo e me deixou nostálgica.
    Parabéns!
    Bj

    ResponderExcluir
  13. Que texto maravilhoso !
    Realmente a infância é a melhor parte da vida, onde estamos aprendendo a ser quem somos e quando não temos que tomar para nós uma responsabilidade. Hoje eu daria tudo para voltar a um dia da minha infância um dia sem responsabilidade um dia só para brincar e rever os antigos amigos. Muito lindo o texto ♥

    ResponderExcluir
  14. Oi Thamiris, tudo bem?
    Eu adorei o seu texto e concordo plenamente com a mensagem que você quis passar: não deixar a nossa criança interior morrer. E eu acho que faço isso até bem demais, porque sonho muito! haha
    Achei legal saber que você foi surpreendida positivamente ao ficar num local de trabalho com crianças e que ao mesmo tempo que ensina, também aprende algo e acho isso incrível! O interessante é que tem muito adulto por aí que não entende ou não sabe de algumas coisas que as crianças compreendem de maneira clara. Como o preconceito, homofobia, racismo.. elas nunca tratam mal as pessoas, reparou?
    Adorei seu texto!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Adorei seu texto! Realmente, as crianças podem nos ensinar coisas muito preciosas, e eu achei muito legal você compartilhar a sua experiência com eles. A infância de fato é a melhor parte da vida.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  16. Oiii Thami, tudo bem?
    Adorei o texto. O começo principalmente :)
    Confesso que eu não gostaria de voltar para a infância. Passei por maus bocados nessa fase que eu não desejo para ninguém, nem para mim. Claro que teve muita coisa legal, mas mesmo assim, não compensaria voltar.
    Eu preferiria voltar para a fase da pré adolescência. Ali dos 12 aos 15 anos. Essa fase sim, foi fantástica. Podia viver num looping infinito ali hahahahhah
    E eu nunca quis crescer sabe? Não que eu não curta ser adulta e tal. Mas sei lá. E no fundo, acho que não cresci tanto assim. Apesar de mais maduro, ainda sou uma eterna moleca. Saio por aí pulando, gritando, rindo, subindo em árvore, brincando de barro :P
    Acho que a vida fica mais leve assim :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Mds! Que saudades eu tenho da minha infância <3 Eu era tão feliz e não sabia, pois tudo o que queria quando mais nova era "crescer", mesmo assim minha infância foi muito bem aproveitada. Adorei o texto!

    ResponderExcluir
  18. Amei o texto, achei bem acolhedor e carinhoso com uma época tão boa de nossas vidas, onde os problemas não existem em nosso mundo fechadinho. Nossa infância é a melhor fase da vida.

    ResponderExcluir
  19. Oi Thamiris! Concordo com você, a infância é tudo de bom e sempre queremos reviver os momentos agradáveis que vivemos. Uma graça seu texto, continue escrevendo! Abraços

    ResponderExcluir
  20. Olá amore,
    Ahhh a infância... tem como voltar rsrsrs.
    Adorei o texto, traz uma reflexão muito gostosa!

    Beijokas
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    De fato, a infância é a melhor parte da vida sem sombra de dúvidas! Recordo com muito carinho muita coisa que vivi naquele tempo lindo embora tenham tido algumas partes chatinhas, mas essas todas as fases tem, especialmente a adulta, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir