segunda-feira, 29 de agosto de 2016

[Resenha] Vida e Morte, Stephenie Meyer

Título: Vida e Morte
Autora: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
Páginas: 391
Onde comprar: Saraiva | Submarino

Ler Vida e Morte foi completamente nostálgico. Voltei ao passado, àquela época de euforia e paixão pela saga Crepúsculo. Me permiti sentir tudo de novo - o amor, o desespero, a esperança - e ainda no fim aquele gostinho de "quero mais" tomou conta de mim. Saí correndo atrás de todos os filmes para assistir pela milésima vez.

Além disso, devo dizer que os papéis invertidos caíram muito bem. É impossível não amar a impetuosa Edythe e o desastrado Beau. Stephenie também brincou bastante com as possibilidades e aproveitou para abrir espaço à imaginação. A história de Edward e Bella já está escrita, mas a de Edythe e Beau, não.

E se os Volturi não fossem corruptos?
E se James tivesse matado Bella?
E se...?
E se?

Se você, assim como eu, viveu esta história de amor como se fosse sua, garanto que não será "repetitiva" a leitura de Vida e Morte. (Só não dei nota máxima porque (quase) nada era novidade, então aquela sensação de surpresa e a vontade de saber o que vem a seguir praticamente inexistem).  

"Quando a vida lhe oferece um sonho muito além de todas as suas expectativas, é irracional se lamentar quando isso chega ao fim."


Classificação:


24 comentários:

  1. Olá
    Na época em que li a série eu realmente ficava muito empolgada, mas agora não sei se gostaria de ler esse enredo, ainda mais diante dessas características. Gostei de seus comentários, mas já li alguns bem negativos, então provavelmente vou demorar um pouco mais para fazer essa leitura. De qualquer maneira, é ótimo saber que você gostou :)
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bom??
    Nossa, que resenha curtinha. Amei por que eu morro de preguiça de ler essas resenhas enormes e cheias de enrolação. Apesar de não ser fã de Crepúsculo eu realmente entendo todas essas sensações que você descreveu por que é o mesmo que eu sinto com Harry Potter, que bom que o livro te fez tão bem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi, eu também vivi a loucura da saga crepúsculo e fiquei curiosa para ler essa forma de ter invertido os personagens, mas confesso que quero ler apenas porque falaram muito mal. Como você elogiou e a história é a mesma, acho que passarei a dica.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. oi, gabi, que bacana, eu já li esse livro e tive a mesma sensação de nostalgia. A única surpresa para mim ficou por conta do epílogo, eu não fazia ideia sobre aquele final, mas acabei gostando.

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabi, menina essa é a primeira resenha positiva que leio sobre esse livro de alguém que gostou dessa inversão dos personagens. Eu ainda não li mas tenho curiosidade pois crepúsculo saou no auge da minha adolescência e me causou muitos suspiros. Por mais que critiquem a forma como a Meyer fez os vampiros. Mas eu nunca vi esse livro como de vampiro e sim um romance...sua resenha me animou a ler essa versão.
    Bj

    ResponderExcluir
  6. Olá, Gabrielle.
    Nunca li nenhum livro da autora, nenhum mesmo. Minha mãe leu Crepúsculo e eu não rsrs
    Mas vou dar uma chance e ver o que ando perdendo.

    Beijos.
    Participe do sorteio:
    http://cabinedeleitura.com.br/2016/08/27/openultimocapitulo

    ResponderExcluir
  7. Olá amore!
    Pra ser sincera não tenho nem um pouco de vontade de ler esse livro, por que Crepúsculo na época em que li até me encantou... mais hoje não o leria...
    Parabéns pela resenha!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  8. Já vi todos os filmes da saga mais nunca li os livros tenho só amanhecer aqui em casa sinto muita vontade de lê-los pois dizem que quando lidos pela primeira vez a pessoa se apaixona eu não sou muito de ligar para opiniões enquanto não leio e por isso não sei o que falar sobre crepúsculo mais quero muito fazer essa leitura assim como também 50 tons de cinza e espero gostar pois adoro contrariar kkkkkk
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  9. Oi, Gabrielle.
    Eu nunca me interessei para ler esse livro mas te confesso que nem sabia ao certo sobre o que ele falava, só sabia de uma ligação com crepúsculo. Acredite, até fiquei curiosa para ler kkkk Gostei da sua empolgação com a leitura e me contagiou.

    ResponderExcluir
  10. Oi oi gabrielle,
    Eu vi resenhas negativas sobre o livro, e fiquei com um pouco de medo de iniciar a leitura.
    Não li a saga Crepúsculo (Eu sei que feio pra mim), mas vi os filmes (Eu sei mais feio ainda pra mim, desculpa mas eu não tomei vergonha ainda), e tive uma noção do cenário do livro.

    Eu fiquei interessada em ler Vida e Morte pois do outro lado vem a estória de Crepúsculo, mas vou esperar mais um pouco.


    Beijos querida, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  11. Oiee Gabrielle ^^
    Acredita que eu só li Crepúsculo? Tenho muita vontade de continuar a ler a saga, mas dei uma pausa nas compras de livros, e os que têm na biblioteca da escola me fazem espirrar *-* Eu achei bem interessante essa coisa de a autora inverter os papéis, e os "e ses...". Vou ver se consigo finalizar a saga e ler este logo :)
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Eu estou muito curiosa pra ler esse livro desde que vi seu lançamento. Deve realmente dar uma sensação de nostalgia, então vou esperar mais um pouco para ler (vai que resolvo ler todos do crepúsculo novamente?).
    Abraços, Helô

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Ainda não li nenhum livro da saga e pra ser sincera não tenho grande vontade, talvez um leve toque de curiosidade.
    Isso porque inventei de assistir aos filmes e fiquei chocada com o querido vampirinho brilhar à luz solar ao invés de definhar e queimar até a morte como costumamos ver rsrs.
    Acho que só esperava ver mais sangue e acabei desanimando com os livros.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá...
    Confesso que só de ler sua resenha já fui invadida por uma certa nostalgia! A época em que lia e assistia era muito bom, mas, não sei se quero remexer nessa época que guardo com tanto amor em minha memória, fico pensando que posso vir a me decepcionar.
    Parabéns pela sua resenha, vejo amor em suas palavras <3

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Quando vi esse lançamento da autora fiquei super empolgada, acontece que Crepúsculo foi um dos meus primeiros contatos com a literatura e claro me apaixonei perdidamente. Fiquei curiosa para conhecer esses personagens tão peculiares, que mesmo com papéis invertidos parecem encantar. Gostei de saber que a obra é bem surpreendedora, isso é ótimo de verdade. Vou tentar comprar o meu exemplar ainda esse ano.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  16. OI!

    Gaby, está aí um livro que não faço questão nenhuma de ler. Mesmo com tantos "se" creio que não há diferenças e tudo é muito previsível. Enfim, quem sabe no futuro não mudo de ideia e sou impactada essa obra assim como você e por ter dado quase cinco estrelas realmente algo deve ter lhe impactado demais. Beijos!!

    ResponderExcluir
  17. Vou ser bem sincero nessa, a saga toda de Crepúsculo é uma viagem louca. Não gostei dos livros e muito menos dos filme, e já li também Vida e Morte só então percebi que não me identifico com a autora de nenhuma forma. Otima resenha.

    www.saotantas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Olá!!!
    Na época que foram lançados os livros de Crepusculo era aquela euforia,tanto com os livros como os filmes,li todos várias vezes e os filmes perdi até as contas,mas qnd vi que lançaram esse meio que me desanimei...Acho que passou tanto tempo que vc acaba se desencantando por saber que a estória era a mesma só que com personagens invertidos..Por enquanto passarei essa leitura quem sabe mais pra frente eu sinta novamente aquela empolgação em lê-la :)

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/08/resenha-o-eterno-namorado-nora-roberts.html

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Eu não fui uma fas leitoras eufóricas de Crepúsculo, nem ao menos vi todos os filmes e confesso que não tenho muita curiosidade, sabe? Logo não fiquei animada com a sua dica, mas fico feliz em ver que foi uma boa leitura pra ti.

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  20. Olá Gabi,

    Eu até participei da época do frisson por crepúsculo, li todos os livros e curti, mas não me animo pra ler essa releitura. Sei lá ver a própria autora fazendo uma especie de "Fanfic" da sua história é demais pra mim. Só consigo imaginar que o único intuito foi vender, pois 'crepúsculo' é um título que vende e sendo assim eles espremem até onde der.
    Por isso eu passo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Imagino que essa obra deva ser uma ótima leitura para os fãs da saga Crepúsculo. Deve ser muito bom poder olhar por um novo ângulo, uma história que nos tocou tanto. Eu não cheguei a ler a saga, apenas assisti aos filmes e, embora goste de histórias de vampiros, Crepúsculo nunca chegou a mexer comigo. Talvez lendo os livros a impressão mude.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  22. Eu lembro de quando comecei a ler a saga e de quando a terminei, no que meu livro favorito permanece sendo "Lua Nova", onde a Bella é mais parecida com uma pessoa de verdade.
    Me pergunto se a Meyer pretende reescrever os outros nessa mesma nova perspectiva, já que de fato estou curiosa para imaginar Bella virando "Beau" e Edward virando "Edythe". Sei que vários personagens não mudaram, mas ainda sim pretendo ler.
    Renata.

    ResponderExcluir
  23. Eu ainda quero muito ler o livro, apesar de ter lido várias críticas.
    Como amei a história, é sempre bom relembrar. E espero gostar, apesar de tudo.
    Beijos
    https://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir