terça-feira, 15 de março de 2016

[Resenha] Como se apaixonar, Cecelia Ahern

Título: Como se apaixonar
Autora: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Páginas: 347

Encantador. Essa seria uma boa palavra para aplicar ao livro Como se apaixonar. Vocês já devem estar cansados de saber que, quando se trata de Cecelia Ahern, só tenho coisas boas para falar, não é? Com esse livro não é diferente.

Em Como se apaixonar conhecemos a história de Christine, uma moça que não está em uma situação muito favorável. Ela estava passando por um lugar – inapropriado, por sinal – e se deparou com um homem tentando se matar. Seu primeiro instinto foi ajudar o homem e tentar convencê-lo a não fazer aquilo e, em um primeiro momento, ela conseguiu ir bem, mas, por conta de algo que disse, o homem decidiu dar fim à própria vida.

Esse fato começou a atormentar nossa protagonista e ela tomou uma decisão: separar-se do marido, que não mais amava. Após a separação, conturbada, por sinal, ela decide começar a aplicar tudo o que lê em livros de autoajuda com o intuito de tornar sua vida melhor e é, em meio a toda essa confusão, que mais um homem tenta se matar ela vê e tenta fazer de tudo para impedi-lo de fazer aquilo.

“Às vezes, quando você vê ou vivencia algo muito real, fica com vontade de parar de fingir. Você se sente um idiota, um charlatão. Fica com vontade de afastar-se de tudo o que é falso, seja algo inocente e inofensivamente falso ou algo mais sério; como seu casamento. Isso aconteceu comigo.”

Adam é um rapaz que, assim como Christine, também não está em um momento muito bom da vida e ele decide por fim a ela se jogando de uma ponte. Para sorte de Adam, Christine vê e começa a conversar com ele para impedi-lo de fazer aquilo, ela sente necessidade de ser bem sucedida com ele. Adam, por fim, aceita a ajuda da moça, mas lhe garante que ficará vivo até seu aniversário, depois, caso ela não o convença, ele voltará a ponte e terminará o que começou.

Christine agora tem duas semanas para fazer Adam acreditar que a vida pode ser boa e que ele deve viver.
“ – Eu o amava, sabe, mas tenho uma teoria sobre o amor. Acho que, não importa quão bons sejam, alguns amores não estão destinados a durar para sempre.”

Como disse antes, não tenho nada de ruim para falar do livro, pois ele foi perfeito em todos os sentidos. O livro nos apresenta dois personagens fragilizados, tanto a Christine quanto Adam não estão em momentos bons, mas eles possuem formas diferentes de lidar com isso: Christine lê livros de autoajuda – que quase nunca dão certo – e Adam decidiu que sua vida deve chegar ao fim.

A narrativa da autora continua fluida e leve. Como a personagem é viciada em livros de autoajuda os capítulos são como os títulos dos livros. Como disse, os personagens estão fragilizados. A convivência, dos dois, por conta disso, é um reencontro com eles mesmos, é uma busca por coisas positivas, mas, também, é a prova de que as positivas não existiram se não fossem as negativas.
“E, às vezes, quando você testemunha um milagre, passa a acreditar que tudo é possível.”

Como se apaixonar é um livro marcante e envolvente, que prenderá o leitor até a última página com a vontade de saber se a Christine conseguiu ou não convencer o Adam de que a vida é boa e que vale a pena vive-la. Também é um livro com uma mensagem linda, ele fará o leitor se apaixonar mais uma vez pela vida, independente da fase que ele se encontra. É uma leitura muito recomendada.

Classificação:

22 comentários:

  1. Amo os livros e a escrita da Cecelia Ahern. É uma das minhas escritoras favoritas e infelizmente é um pouco difícil ver gente que gosta dela, pois várias pessoas já assistiram P.S. Eu Te Amo, mas não sabem que existe o livro ou não tem interesse em ler. Ela só voltou com tudo de novo com Simplesmente Acontece, mas ainda assim não é o suficiente. Ela precisa ser muito mais conhecida.
    Já li praticamente tudo dela, menos esse último e sou apaixonada pelas histórias dela. Já tenho esse livro aqui e já está na minha pilha de leituras, agora só preciso achar tempo para ler, rsrs.
    Esse me lembra muito A Vez da Minha Vida, dela também, porém mais profundo e pesado ainda. Já adorei o livro sem nem ter lido ainda, rsrs.
    Amei a resenha também!
    Bjss

    www.umolhardeestrangeiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. aaaah, que amorzinho *-*
    li um livro da autora e transbordei de "awwwn"
    a escrita dela é tão gostosa e a história cheia de amor, preciso ler mais, esse foi uma ótima dica :D
    Bj


    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bru!
    Mulher, amei o novo layout do blog. Ficou super fofo.
    Confesso que não tenho muita vontade de ler esse livro da Cecelia. O que quero mesmo é Simplesmente Acontece.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  4. Oiee Bruna ^^
    Como eu AMO os livros da Cecelia, estou doida para ler "Como se apaixonar" desde que ele foi lançado, e ver que tem gente gostando (você na lista ♥) me deixou ainda mais curiosa para lê-lo. Quero saber se a Christine conseguiu convencer o Adam, espero que sim...hehe' Fico feliz em saber que o livro é envolvente e marcante, espero gostar bastante dele também ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    Obs.: AMEI o novo layout ♥♥

    ResponderExcluir
  5. Oi Bruna
    a narrativa da autora é sensacional e extremamente envolvente, e é claro que esse livro também é incrivel. Fiquei até com vontade de reler ao ler sua resenha. É muito amor para um livro só <3
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  6. Oi Bruna,

    Eu gosto muito da autora, então estou bem ansiosa para ler esse livro. Só tenho lido elogios e com a sua resenha, comprovei isso. PRECISO LER LOGO. E olha que nem sou a fãnzona dos romances, mas essa história me parece ser daquelas que aquecem o coraçãozinho. :)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Amei suas considerações, pois se parecem muito com as minhas impressões ao ler o livro.
    Realmente é uma história bem envolvente e divertida. Em muitos momentos me deu um choque também.
    Adorei a resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Olá linda,

    Tem 3 autoras que NUNCA li nenhum livro e me envergonho disso haha: Cecília Ahern, Jojo Moyes e Collen Hoover. Tenho esse livro que resenhou e mais dois da Cecília...o problema é que romance não me conquista muito, mas com sua resenha me bateu uma vontade de ler esse livro.

    Beijos,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi *--*

    Não creio que não sabia sobre esse livro, adoro os livros da autora e deixei esse passar o.O
    Tudo que ela escreve tem uma carga especial, e adoro essa fluidez toda da narrativa. Já adicionei a minha listinha de leitura.

    Bjos
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Tenho uma relação de amor e ódio com a Cecilia Ahern e realmente preciso de um livro que me leve para um lado só. Achei a capa bem comum, mas me empolguei quando você falou que o livro prende do começo ao final!!! Quero ler!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Que capa mais linda!
    Eu já tinha visto essa capa por aí, mas ainda não sabia nada sobre o livro e amei saber. Me lembrou um pouco o livro O Lado Bom da Vida mas não sei se foi só a impressão mesmo ou se o livro realmente tem alguma coisa semelhante. Gostei muito do enredo e acho que me encantaria muito com essa leitura

    ResponderExcluir
  12. Oie Bruna!!!
    Estou maluca para ler esse livro, sou apaixonada pela autora. Acredito que ela tenha realmente o dom para escrever livros tocantes e sensíveis. Adorei saber sua opinião sobre ele ;)
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Como se apaixonar tem muito mais que um romance, achei legal a forma como os dois pensa diferente e isso contribui para o desenvolvimento brilhante da obra.

    ResponderExcluir
  14. Ah, eu adoro a autora né. Já li todos os livros dela publicados aqui no Brasil e não tenho como falar mal. Eu acho que ela escreve livros sobre temas que mexem com a gente mas de uma forma tranquila, que nos faz refletir, mas tinha momentos que a personagem deste me dava nos nervos também porque tinha era que dar na cara deste personagem. Mas eu amei!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  15. *suspiro* eu sou apaixonada pela autora e quando vejo resenhas positivas para as obras dela eu fico MEGA animada! Sério! Acho ótimo quando não sou a única a amar.
    Cecelia tem algo em seus livros que nos traz um alívio e conforto né? Impossível não se encantar ou se apaixonar pelos personagens!
    Adorei sua resenha e esse livro também foi um dos meus favoritos dela!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Oiee tudo bom??

    Cecelia !!! <3 Como não se apaixonar por livros dessa mulher, eu amo o simplesmente acontece, o livro e o filme.
    Acho que quando você gosta dos livros da autora, acostumou com a escrita dele, nenhum livro que você leia será ruim, e não poderia ser diferente com esse em particular!!! Super recomendo esse livro.

    ResponderExcluir
  17. Oi Bruna, eu tenho esse livro aqui e só não peguei por falta de tempo mesmo, porque estou super curiosa com ele, parece ter uma trama super cativante e envolvente, com certeza não vejo a hora de conferir esse romance. A Cecelia sempre me surpreende, sei que não vai diferente com esse livro.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  18. oi,

    esse livro está na minha lista tem tempo, e cada resenha que eu leio me deixa com mais vontade de ler...o problema são as leituras de parceria que acabam com a gente....

    amei a tua resenha!!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  19. Que livro delicado! Personagens em momentos frágeis da vida tentando superar isso, bem, pelo menos um deles. Quero muito saber se ela conseguiu convencê-lo de que a vida vale a pena, quero saber p que ela falou e o que fez para isso. Adorei também o fato que você comentou de que como a personagem gosta de livros de auto ajuda esse livro imita um. Parece uma ótima ideia.

    Beijos,
    Mariana Baptista
    umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Bruna...
    Esse livro foge de minha zona de conforto totalmente, mas essa premissa... essa delicadeza que contem o enredo vem me conquistando cada vez mais e depois dessa sua resenha linda e completamente perfeita, como não se sentir cativada em ler esse livro maravilhoso? Fiquei super tentada em ler... de verdade... a construção dos personagens deve ser ótima e bem desenvolvida... fora que quero saber se a personagem conseguiu convencê-lo de não se matar... Xero!

    ResponderExcluir
  21. Oiie Bruna,

    Todos os liros da Cecelia eu sou mega apaixonada, ela é diva e acho que todos deveriam ler os livros dela ahah Acho legal nos livros dela, é que ela nos mostra e nos ensina algo, como nesse os personagens tentando superar os seus momentos frágeis. Tenho todos os livros dela na minha estante, são os meus xodós ahah

    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Que responsabilidade saber que a pessoa tem apenas duas semanas para ajudar a convencer alguém que vale a pena viver. Se fosse comigo acho que nem dormiria. Achei o enredo bem interessante e está na minha lista já.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir