sábado, 13 de fevereiro de 2016

[Resenha] O Nome da Estrela, Maureen Johnson

Todos nós já lemos livros ruins na vida, mas há sempre aquele que terá o troféu de pior do piores. Me senti assim ao ler O Nome da Estrela, 340 páginas de pura perda de tempo. Maureen Johnson escreveu uma estória completamente desinteressante, sem pé nem cabeça e ridícula. Sim, RIDÍCULA

Minha decepção já começou de cara logo nas primeiras páginas: achei a narrativa péssima, muito mal desenvolvida, e conforme eu virava as folhas nada de envolvente ou assustador acontecia. Bem, é de se esperar que qualquer pessoa anseie por bastante mistério, suspense e terror de um livro que cita Jack Estripador na capa, certo? Errado. O livro prometeu tudo e nada cumpriu. 

De acordo com a sinopse todos já logo imaginam um thriller assustador. No entanto, o que o leitor recebe são personagens fracos e uma história fora do que foi vendido. Sim, tive a impressão de que a editora havia anexado as páginas à capa errada. 

Simplesmente tudo se resume a uma adolescente, Rory, que vai para um colégio interno na Inglaterra, bem na época em que alguém anda cometendo assassinatos semelhantes ao do conhecido Jack Estripador. Ela parece ser a única a conhecer a identidade do suposto assassino, mas ninguém acredita nela. Sendo assim, a típica protagonista idiota se alia a pessoas desconhecidas que parecem ser as únicas a conhecer a verdade. Até aí tudo ok, parece ser um enredo razoável... Acontece que essa "verdade" é a coisa mais ridícula que já tive o desprazer de ler, e é justamente esse show de falta de criatividade que toma as rédeas do livro. (Eu gostaria muito de dizer o que é, mas em respeito a quem odeia spoilers deixo o mistério fajuto em aberto.) 

Confesso que pensei várias vezes em abandonar a leitura, porém, uma luzinha de esperança ainda brilhava em mim, esperando que algo de surpreendente acontecesse. E nada aconteceu. Além do suspense fraco, O Nome da Estrela não me agradou também porque focou excessivamente na protagonista. Senti que a autora estava me contando a rotina dela e não um thriller. 

Em resumo, digo em alto e bom tom que não vale a curiosidade; não vale a leitura; não vale a perda de tempo. O Nome da Estrela é muito mal escrito, pessimamente arquitetado e patético. Esse livro é patético. Se eu tivesse coragem o picava em pedacinhos e fazia confete para o carnaval. 

Fui bem enfática mesmo porque detestei de verdade. Espero nunca mais pegar um livro desses para ler.

Obs: extravasei toda minha raiva e decepção! 



Beijos,
Até a próxima!

3 comentários:

  1. Oi, já ouvir falar do livro, sei que muita gente não gostou. Depois de tantos comentários negativos sobre o livro, acho que não leria.
    Abraços ;)
    http://litaralmentelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Gabrielle,

    Uau! Eu nem conhecia esse livro e já fiquei com um pé atrás. Sei que eu poderia ler e adorar, é comum que um livro seja amado por um e odiado por outro, mas a proposta não me chama atenção. Ah! A única coisa que eu fiquei curiosa para saber é a "verdade".

    Sua resenha me fez lembrar de um livro que eu li e detestei, mas não cheguei a ser tão enfática.

    Beijos
    Historiar


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mais uma que julga o livro pela capa , antes de mais nada , a leitura é sagrada , algumas pessoas podem não gostar doque já leram mais outras podem ter opinião diferente , por isso não deixe de ler nada .


      Thamiris Dondóssola

      Excluir