segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Sobre tratar mal e semancômetro

Olá pessoal! Tudo bem? Quero agradecer pelos comentários do último texto e pelo carinho. Hoje eu trago um texto simples, mas certamente muitas pessoas vão se identificar com ele. Espero que gostem! ♥



Todos nós sabemos que ser gentil, 24hrs por dia, todos os dias, é impossível. De vez em quando não estamos muito bem. Talvez tenhamos brigado com alguém que gostamos muito. O trabalho pode ter nos estressado um pouco. Tiramos uma nota baixa numa prova que imaginamos ir super bem... Ou simplesmente estamos em um mau dia. Isso é tão comum, afinal, somos seres humanos. Mas tratar mal uma pessoa que não tem nenhuma relação com o seu mau humor é correto? É claro que não.

Eu já fiz isso. Provavelmente você também. Mas pode ser que exista uma diferença entre nós. Depois de muito refletir, me dei conta do quanto agir assim é... Ridículo. Você já seu deu conta também? Caso não tenha se dado conta, é melhor parar e refletir um pouco. 

Algumas pessoas entendem perfeitamente a sua ira diária com tudo e com todos, mas algumas não. Eu sou uma dessas pessoas que não entendem. E é por conta disso que decidi não misturar as coisas. Não é justo com o meu amigo que eu seja um babaca com ele, pelo simples fato de que outra pessoa foi babaca comigo. 

Você conhece aquele famoso semancol? Algumas pessoas necessitam de uma boa dose para deixarem de ser tão tolas. Somos completamente diferentes um do outro. Aceitar o fato de que o seu próximo não tem nada a ver com os seus problemas é o primeiro passo para ativar o seu semancômetro.

41 comentários:

  1. Oi ...
    Amei o seu texto , novamente rsrs...
    Acho que todo mundo já agiu assim , né ? Ás vezes descontamos todo o nosso mau humor nas pessoas que mais amamos e quando passa um tempinho que paramos pra refletir bate aquele arrependimento cruel ... A melhor coisa a se fazer é saber controlar :)
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Muito obrigada, fico feliz em saber que gostou.
      É isso aí: É necessário ter controle.
      Beijos

      Excluir
  2. Olha realmente você tem razão, porque as vezes fazemos as coisas e acabamos
    machucando outras pessoas que não tem nada haver com o nosso problema. HOJE, eu prefiro falar pra pessoa me deixar quieta no canto e quando eu tiver bem eu converso, justamente por conta disso. As vezes a gente não quer falar nada ou não tá bem mesmo. E achei muito legal tudo isso que você contou no texto, porque é UM FATO mesmo. Já aconteceu tanto comigo que acabei aprendendo a me isolar quando ficar mal com alguma coisa. Enfim... =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-nos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo. É preferível que façamos isso, avisar a pessoa para evitar desentendimentos e frustrações.

      Excluir
  3. Eu sou do tipo quando está stressada fico quieta, para não falar o que não deve, mas quando vejo outra pessoa quieta demais acabo perguntando se ela tem alguma coisa, se eu posso ajudar em algo. Não sei, faz parte de mim tentar ajudar, mas tem vez que a gente só quer ficar quietinho

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Maravilhoso seu texto! Eu já agi assim e me arrependo bastante. Mas é sempre bom refletirmos e, se agimos assim, pedir desculpas é a solução!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamila, nossa, muito obrigada! ♥♥♥
      É bom se arrepender, mostra que você tem consciência de que fez errado. Muitas pessoas não tem.
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá, Thamiris.
    Gostei bastante do seu texto. Infelizmente isso é comum no dia a dia para a maioria das pessoas. Procuro deixar meus problemas para eu mesmo resolver, sei que ninguém tem culpa, mas quando acontece, trato logo de pedir desculpas.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, muito obrigada! Sim, pedir desculpas mostra que reconhecemos o erro.

      Excluir
  6. Oi Thamiris, certamente todas as pessoas já passaram por essa situação pelo menos uma vez, por uma visão ou por outra. Se autoanalisar realmente é uma boa solução, mas como somos seres imperfeitos, creio que ainda haverá o momento que isso poderá se repetir, mas nunca intencionalmente (claro, quando já houve análise de suas próprias atitudes).
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tammy,
      Com toda certeza. Gostei do seu comentário, muito proveitoso.
      Beijos

      Excluir
  7. Oie florê..
    Eu trabalho lidando com gente. E sei o quanto é difícil, principalmente quando estamos num dia ruim. Mas né? Importante colocar a cabeça no lugar e ver que a pessoa não tem nada a ver com seus problemas.


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helana, é verdade. Precisamos nos dar conta de que os outros não tem nenhuma relação com nossos problemas.
      Beijos

      Excluir
  8. Oi tudo bem?
    Gostei do seu texto porque justamente uma das coisas que odeio é quando descarregam em cima de mim sobre algo que não tenho a mínima culpa. E se eu já fiz isso também? Muito provável. Mas continuo a achar errado e as pessoas deveriam entender isso.
    Beijo
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, tudo ótimo e você?
      Todos odiamos, não há como negar, é muito injusto.
      Beijos

      Excluir
  9. Adorei o seu texto e concordo plenamente. Um pouco de gentileza só faz bem.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro. Serão seis livros para três vencedores.

    ResponderExcluir
  10. Olá

    Acredito que às vezes a gente acabar sendo grosseiro até sem percebe, sem querer, eu entendo que os outros não são culpados pelos meus problemas, tento me policiar pra não descontar em ninguém, só que mesmo assim, ainda acontecem essas situações e geralmente eu me sinto mal, gostei do post e importante as pessoas pararem pra refletir as vezes.

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liv,
      Sim, acontece de não percebermos algumas vezes. Mas o que estou levando em conta são as situações em que temos plena consciência de que nossa atitude é errada.
      Que bom que gostou ♥
      Beijos

      Excluir
  11. Oiee.

    Quando vi o título não compreendi, mas lendo o texto tudo ficou claro. Todos nós já tratamos mal aos outros por um dia ruim, mas o que vale é mudarmos de ideia e ter mesmo o semancometro ligado sempre.

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  12. Oi amada!
    Infelizmente muitas vezes agimos dessa forma, é natural vc não está bem e acabar transferindo para outras pessoas, mas tudo sob medida e educação, respeito é bom e sinceramente semancol é o minimo, temos que apesar de tudo tratar bem e com educação quem não tem nada haver com nossos problemas! Beijos
    Paulinha Juliana
    Overdose Literária - http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Thamiris!
    Concordo com você, é completamente insensato descontar em alguém nossas revoltas... Confesso que, mesmo sem querer, acabo fazendo bastante isso - minha vida é um pouco estressante. Mas procuro sempre me desculpar. Acho que o ponto não é sabermos agir corretamente SEMPRE e sim pedir perdão quando agirmos errado!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Se você se desculpa, já é um bom caminho.
      Mas acho triste viver pedindo perdão, tanto a pessoa que fez, quanto a pessoa afetada.

      Excluir
  14. Oie
    Eu concordo 100% com vc.
    Realmente não é fácil e nem possivel estar gentil 24 horas por dia, mas também não é justo tratar alguém mal só porque a outra pessoa nos tratou mal, e eu realmente não entendo algumas pessoas que agem assim.
    Ameiiiii seu texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Você pegou o objetivo da coisa.
      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  15. Thamiris!
    Uma das coisas que não aceito de forma alguma é ser mal educado, seja com amigos, familiares ou desconhecidos.
    Quando estou nos meus dias 'bad', procuro me afastar das pessoas para não machucá-las...pego um bom livro e vou ler ou simplesmente vou desabafar no meu diário...
    A única pessoa que não passa ilesa ao processo é maridão que está 24h ao meu lado e acaba sobrando para ele. Ainda bem que esses momentos são raros...
    “A gratidão é o único tesouro dos humildes.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, é exatamente isso. Bom saber que você é assim.
      Beijão

      Excluir
  16. Oiii!

    Sabe, eu sou uma pessoa que muda de humor facilmente, muitas vezes estou super feliz e pequenas atitudes dos outros acabam tirando minha felicidade :( Daí eu desconto mesmo nos outros. Mas sabe quando vc é bruta e não percebe? Só quando está em casa ou indo dormir que pensa: nossa como eu fui tonta. Enfim, acontece direto comigo.
    Gostei do seu texto e vou melhorar isso em mim HSUAHSU :p


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula, fico feliz em saber disso. Espero que consiga se controlar.

      Excluir
  17. Oi Thamires, sua linda, tudo bem

    É verdade, nem sempre estamos bem, nem todos os dias são maravilhosos, algo sempre dá errado em algum momento e não é justo descontarmos nas pessoas. Infelizmente, acontece e logo com quem mais gostamos. Gostei do seu texto, é algo que deveríamos refletir e sempre tentar melhorar.

    Beijinhos.

    Cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá.
    Tudo bom?
    Quem nunca descontou na pessoa errada atire a primeira pedra.
    É horrível, mas acontece. Eu me policio muito.para não fazer e concordo que é totalmente errado.
    Adorei seu texto.
    Beijo

    ResponderExcluir
  19. Thamiris, simplesmente belo texto, bem estruturado e reflexivo. Realmente, é preciso pensarmos sobre cada ato que praticamos, sobre nossa dose de semancol, sobre nosso estresse particular. É preciso darmos conta de que todos e tudo não tem nada a ver com nossa ira passageira por conta de outros. Gostei!

    ResponderExcluir
  20. Achei muito legal o texto e muito bonito. Realmente é muito chato quando uma pessoa é grossa contigo por algo que não tem nada a ver contigo,mas eu já devo ter feito isso também,mas nós temos que perceber quando isso acontece e pedir desculpas a pessoa.

    ResponderExcluir
  21. Hahahahah, novamente concordo com tudo mas, é muito difícil nos controlar na hora, não é? Ás vezes você fala algo que não deveria e logo se arrepende, mas também não pede desculpas. Talvez por orgulho que em muitas vezes é o meu caso. Caso esse que estou mudando a realidade. Só que tem gente que chega a ser tão grossa que você acaba ficando com raiva e aí que as pessoas deveriam parar e pensar: "quando sou eu que estou agindo dessa forma, a pessoa tbm não se sente da forma que estou me sentindo agora?". A questão é se colocar no lugar do outro e percebermos se isso nos faria bem ou mal.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  22. Oii, tudo bem?
    Quando estamos chateados, muitas vezes acabamos descontando nossos problemas nas outras pessoas.Esse texto é ótimo para nós fazer refletir sobre as nossas ações.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Olá, flor. Muito legal o seu texto. Gostei bastante, sempre é bom refletir sobre as nossas ações. Confesso que quando estou chateada eu acabo descontando na minha família. Mas estou tentando mudar isso e ser mais controlada digamos assim kkkk.
    Beijos.

    ResponderExcluir