sexta-feira, 16 de outubro de 2015

[Resenha] A Mão Esquerda de Deus - Paul Hoffman

Seu nome é Cale.
Disseram a ele que poderia destruir o mundo.
Talvez ele destrua...
O Santuário dos Redentores é um lugar desolador. Um lugar onde a esperança e a alegria não são bem-vindas. A maior parte dos meninos que habitam o lugar foi levada para lá muito nova e contra a vontade. Eles padecem sob o regime opressor dos Lordes Redentores, cuja violência e crueldade têm como único propósito honrar a memória do Redentor Enforcado - e passam suas vidas prisioneiros dos corredores labirínticos e tortuosos do Santuário, um lugar com séculos de história e segredos, e que ninguém conhece por completo...
No meio de um desses corredores há um menino. Talvez ele tenha 14 anos, talvez tenha 15: ninguém sabe ao certo. Lá dentro, é chamado de Thomas Cale. Seu verdadeiro nome, já esqueceu há muitos anos. Ele já esqueceu de tudo de sua antiga vida. Em breve, será a testemunha de um ato horrendo. E é neste momento que começará a sua extraordinária vida futura.
CONHEÇA O ANJO DA MORTE

Cale é um garoto que possui entre 14 e 15 anos e vive em um santuário. Ele foi levado para esse local muito novo, quando tinha apenas 05 anos, e, desde então, vive em uma pressão sem tamanho.

O santuário é regido pelos Redentores. Os redentores ensinam os meninos a respeitar, louvar e temer o Redentor Enforcado. De acordo com a concepção deles, caso eles queiram ser fiéis à Deus e ao Redentor Enforcado precisam se privar de todo o tipo de prazer que existe na vida, ou seja, o alimento é terrível (pó de defunto), as crianças não podem conversar, eles apanham pelo menor erro e desconhecem a figura da mulher – que é vista como uma espécie de demônio.

Cale era um garoto extremamente frio que respeitava todas as regras e seu redentor. Mas, um dia, Henri Embromador e Kleist falam para ele que encontraram uma porta e que, atrás dessa porta, existe alimento, alimento de verdade e não o que eles estão acostumados a comer. E é a partir desse momento que a história muda. Ao entrarem nesse lugar – que era desconhecido – eles conhecem um novo lado do santuário. Lá possui comidas deliciosas e eles assistem a uma cena que os deixam chocados e assustados. Kleist e Henri são bons amigos e ajudam Cale quando ele comete um ato terrível e precisa, desesperadamente, escapar.

A leitura desse livro foi extremamente arrastada, não conseguia ler mais de 10 páginas por dia e cheguei a pensar em abandoná-lo, mas fui persistente e consegui me apegar pela história nas últimas 20 páginas e até desejar a continuação. Cale é um personagem muito forte e desenvolvido, gostei da forma como o autor o criou e foi acrescentando características a ele, no desenrolar da história.

Os redentores são a escória do mundo, eles fazem coisas terríveis e buscam apenas sua vontade, além de usar o nome do Criador em vão para justificar seus pecados – isso me irritou profundamente. Na concepção deles, todos vivem do pecado, mas não é assim que as coisas funcionam, pois, caso o pecado não existisse, como eu saberia que não sou pecador? Kleist e Henri são bons amigos e ajudam Cale, mas, em certos momentos, agem como idiotas e seguidores fieis de Cale, mesmo achando que o que ele pretende fazer não é certo, acho que faltou um pouco de atitude nos meninos.

Não posso me estender muito, pois corro o risco de soltar algum spoiler e os fatos que se passam depois da ida dos amigos a sala misteriosa são de suma importância para o desenrolar da história. Não vou dizer que não gostei do livro, pois seria hipocrisia, mas acho que a trama não funcionou no momento em que li e senti falta de algumas coisas. Pretendo ler as continuações, pois não desisto fácil (risos).

Informações adicionais:
Título: A Mão Esquerda de Deus
Autor: Paul Hoffman
Editora: Suma de Letras
Páginas: 327
Classificação:
Onde Comprar: Livraria Cultura

http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/2015/10/top-comentarista-outubro.html

27 comentários:

  1. Helloo, Bruna!
    Eu queria ler esse livro há algum tempo, tinha visto resenhas negativas, mas isso não me fez desistir de querer ler a obra. Tenho essa coisa estranha de gostar de livros que as pessoas não gostam. Mas agora lendo a sua resenha percebo que talvez eu não goste, ou porque agora não estou sentindo que quero lê-lo e não sei se o apreciaria. Mas ele vai continuar na minha lista de leitura.
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie, você tinha dito em uma tag que não tinha gostado muito do livro né?
    Realmente é um livro que funciona só para quem gosta do gênero.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Olá, Bruna.
    Eu vejo sempre esse livro em promoção, mas já tinham me falado que não era muito bom, por isso não me interessei em comprar. Mas agora lendo a sua resenha e mesmo você falando que só fica bom no final, eu me interessei. Fico aqui imaginando ser privado de comida, deve ser terrível hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi Bru,
    Nossa! Que tipo de fidelidade é essa que coloca as pessoas nessas condições tão tenebrosas? E a mulher, um demônio? Nossa! (novamente)
    A premissa, no geral, é bem interessante. A pessoa descobre um "paraíso" depois de viver em péssimas condições, e então, o que acontece depois? Fiquei me perguntando.
    Eu vi o quanto esse livro fez você "sofrer", hahaha. Tive essa mesma sensação sobre os redentores.
    Sua resenha está maravilhosa como de costume! ♥
    Beijos - Historiar

    ResponderExcluir
  5. Meu marido tem muita vontade de ler esse livro, ele gosta bastante dessas sagas fantásticas, eu achoa capa muito linda, mas o livro ainda não me chama, só que eu ainda não desisti dele, só estou esperando ser chamada.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Não o conhecia, mas não sei se daria uma chance a ele. Por falar de religião e por ser arrastada, como você diz, não chamou tanto minha atenção. Mas quem sabe em outro momento? Parabéns pela garra para terminar o livro.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bom?
    Nunca me interessei por essa história, o título e a capa não me chamam nenhum pouco a atenção. E odeio quando as histórias se arrastam, você foi guerreira em não desistir da leitura, eu já teria desistido logo no começo, rs.
    Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Bruna, já ouvi diversas resenhas sobre o livro. Alguns amaram e outros detestaram, para mim, o livro não vingou, tanto que nem comecei a ler, dei de presente para um amigo, hahaha.
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  9. Oi Bruna! Odeio livro de leitura arrastada, mas quando vi o título fiquei um pouco curiosa. Gostei da sinceridade de sua resenha e espero um dia poder ler a trama e descobrir mais a respeito

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  10. Oi Bruna!
    Nossa, eu só li bons comentários sobre esse livro, é o primeiro que leio comentando que não gostou totalmente! E você faz como eu, não desiste da série facilmente kkk
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  11. Hum, acho que não me tocou. Eu passaria esse. Não curto leitura lenta e tenho tanto só úteros dinâmicos pra ler antes. Passo mesmo.
    Excelente resenha a sua. Beijos

    www.vidacomplicada.com

    ResponderExcluir
  12. Nossa acho que justificar as coisas más pelo bem de Deus também iria me deixar irritada, acho que nao leria esse livro, apesar da capa ser linda!
    http://thaysmdelima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá ...
    Com certeza não lerei esse livro , primeiro que a sinopse não me cativou e segundo que seus comentários negativos me influenciaram bastante .
    O livro realmente não é pra mim .
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Bruna, A Mão Esquerda de Deus me encantou com sua premissa e sua resenha inicial, toda a história de castigos, mal alimentos e a crueldade me comoveram para a leitura. Mas, os seus comentários negativos sobre o livro logo no fim me fizeram bloquear a leitura deste livro. Fiquei totalmente indeciso sobre a leitura.

    ResponderExcluir
  15. Oiii!

    Eu não leria a obra ><
    Achei essa sinopse e o que vc relatou muito ruim para o meu gosto literario, ao ler que você demorou muito para concluir por que a leitura foi arrastada me fez ter certeza que não leria não.
    AMEI a sinceridade!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  16. Oláá
    É uma ótima dica para quem curte çleitura mais fantasiosa, não é o meu caso mas já ouvi muitos elogios ao livro, então vou recomendar para amigos que sei que gostam. Ótima resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá, sinceramente esse é um livro que nunca chamou minha atenção, sabe? Gostei muito da sua resenha, e já que você diz que o livro é arrastado, mais isso me deixou desanimada com ele kkkk. quem sabe um dia eu dê uma chance.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  18. Não é meu estilo de livro - e digo isso com certeza pois tenho uma amiga que ama os livros e ela mesma já me garantiu que eu não vou gostar, e esse é o mais legal em ter amigos que conhecem seu estilo literário...rs
    Acho o máximo quem continua a leitura mesmo ela sendo arrastada e tendo que ler aos poucos... Eu não consigo mais fazer isso... Estou em uma fase em que ou o livro acontece, ou eu o abandono - ando bem radical hahaha

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  19. Eu já conhecia a série, mas nunca tive muito interesse em fazer a leitura não.
    Mas acho a trama bastante interessante para quem gosta do gênero.
    Gostei da sua resenha e do seu ponto de vista. Muito bem escrito =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-o-aviao-de-noe.html

    ResponderExcluir
  20. Enquanto lia resenha lembrei de um livro que li ano passado. Tinha uma trama parecida. Acho que pra mim também seria uma leitura arrastada. Mas acho que é um enredo bem interessante! Ah, sua resenha esta muito bem escrita parabéns! =)
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  21. Bruna!
    Achei que o livro seria mais dinâmico, ainda assim, como gosto de tudo que se relaciona aos anjos, mesmo que seja o anjo da morte, gostaria de apreciar a leitura.
    “Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.”(Érico Veríssimo)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Vou ser sincera, gosto de histórias que tenham anjo no enredo, seja ele anjo de luz ou caído, mas alguma coisa nessa história me incomodou e muito.Não seria um livro ou livros, porque tem continuação que eu leria, principalmente você dizendo que a leitura é arrastada e odeio isso, gosto de leituras que fluam bem, dinâmicas. Gostei muito da sua sinceridade.Ótima resenha.

    bjs

    ResponderExcluir
  24. É complicado quando não conseguimos nos prender no início da história e fica aquela dificuldade em ler o livro... Ainda bem que você conseguiu gostar, mesmo que quase no finalzinho. Eu não conhecia o livro e até gostei da história, só achei um pouco confusa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Olá.
    Tudo bom?
    Sinceramente pela sua resenha me deu até vontade de ler, mas nas suas considerações eu vou é fugir dele, detesto livro arrastado e o pior é que você gostou só nas últimas vinte páginas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Olá

    Acho que essa é uma primeira resenha do livro que leio, já tinha visto o livro no skoob,mas nem parei pra ler, mas gostei da premissa, gosto de livros assim, apesar de saber só pela sinopse e sua resenha, que no início vou passar raiva, personagens que não param pra pensar por si mesmo, segue a risca tudo que outros dizem,geralmente me irritam,mas pretendo dar uma chance ao livro.

    Bjss

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bem?
    Confesso que gostei muito da premissa do livro, achei a historia bem diferente das que eu estou acostumada. Porém fiquei meio receosa, parece que a narrativa é meio lenta, mas eu pretendo ler o livro pois estou bem curiosa.


    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir