segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Eu, Você e a Garota que vai Morrer - Jesse Andrews

Livro que deu origem ao filme vencedor do Festival Sundance 2015, nas categorias Público e Crítica, com estreia marcada para 12 de junho nos EUA, Eu, você e a garota que vai morrer é uma mistura perfeita entre drama e humor e um retrato preciso da adolescência em face do amadurecimento. Na trama, Greg tem apenas um amigo, Earl, com quem passa o tempo livre jogando videogame e (re)criando versões bastante pessoais de clássicos do cinema, até a sua mãe decidir que ele deve se aproximar de Raquel, colega de turma que sofre de leucemia. Contrariando todas as expectativas, os três se tornam amigos e vivem experiências ao mesmo tempo tocantes e hilárias, narradas com incrível talento e sensibilidade. Crossover com enorme potencial no segmento young adult, o romance é perfeito para fãs de livros e filmes como A culpa é das estrelas e As vantagens de ser invisível.


Conclui esse livro no mês passado e só agora estou escrevendo essa resenha, pois estava tentando definir sobre o que esse livro fala e o que poderia falar para vocês. É muito mais difícil do que eu imaginava escrever uma resenha de um livro que você não gostou, pois você ter tido uma opinião que outra pessoa não teve e, com isso, fazer com que pessoas não leiam o livro. Portanto, antes de eu começar a falar sobre a história, por favor, não mudem sua opinião. Se sua vontade é ler, leia. Só vá sem muitas expectativas.

Eu, Você e a Garota que vai Morrer não é um livro sobre câncer, amor ou amizade. Na verdade, esse livro pode ser definido como um livro que não possui pretensão alguma.

Greg Gaines é nosso personagem principal e narrador. O livro tem como tentativa contar sua história com Rachel – a garota que está morrendo – (e, não, isso não é um spoiler). Greg é um adolescente normal, com uma vida normal, com amigos normais, mas não faz coisas normais. Ele não quer entrar em nenhum grupo na escola e fica transitando entre todos ao mesmo tempo, mas ele não pode ser visto com ninguém por ninguém – sim, isso é extremamente confuso.

Tudo ia bem na vida do nosso querido protagonista até sua mãe pedir para que ele visite Rachel uma antiga amiga que foi diagnosticada com câncer. A partir desse momento, ele entra em um grupo da escola e sua vida começa a girar em torno de visitar Rachel, fazer palhaçadas e fazê-la rir.

Earl Jackson é o melhor amigo de Greg e um garoto, a meu ver, extremamente problemático. Ele mora em uma casa onde sua mãe vive reclusa em um andar e seus irmãos fazem o que querem (consomem e vendem drogas e brigam como loucos). Os dois amigos, após assistirem um filme do pai de Greg, decidem virar roteiristas e gravam filmes sem nenhum tipo de aparelho especial e, claro, seus filmes ficam péssimos.

Earl simpatiza com Rachel e quebra um acordo que eles tinham: entrega para a garota cópia dos filmes que fizeram e isso a deixa muito feliz. Até que uma amiga de Rachel – muito gostosa, de acordo com Greg – pede para ele fazer um filme para Rachel e, a partir de então, os amigos trabalham nisso com nem tanta vontade assim.

Como vocês já perceberam, não gostei do livro. Achei Greg um garoto mimado e, por vezes, ridículo. Seus pensamentos são desconexos e suas atitudes me deixaram perplexa. Rachel, que eu acho que deveria ter seu espaço, é uma personagem secundária. E Earl, bem, eu achei esse menino extremamente problemático ele me assustou diversas vezes. Apesar de no começo do livro já ser apresentado que a história não será sobre câncer eu não seria capaz de imaginar que seria uma história assim: que começa em nada e te leva a nada. Os personagens não cresceram e não fizeram nada demais.

Vejam, não é que o livro é de todo ruim, ele tem cenas engraçadas que me renderam boas gargalhadas, mas vendido ao lado de A Culpa é das Estrelas causa uma ideia completamente errada da história. Mesmo que eu tenha tido grandes expectativas, se eu não as tivesse, minha opinião continuaria a mesma.

Peço desculpas caso minha resenha tenha ficado confusa, mas foi isso que o livro representou: confusão.

Informações adicionais:
Título: Eu, Você e a Garota que Vai Morrer
Autor: Jesse Andres
Editora: Rocco Fábrica231
Páginas: 288
Classificação: 
Onde Comprar: Saraiva

Esse post participa do TOP Comentarista de Agosto
(clique na imagem abaixo para maiores informações)



26 comentários:

  1. Oi Bru,
    Ah, sem pretensão? Puxa!
    Eu não tinha a intenção de ler esse livro, na verdade eu nem conhecia ele. Mas quando vi que tu estava lendo achei o nome bem legal sabe? Só isso.
    Sua resenha não está confusa não, está ótima, pois está verdadeira.
    Beijos - Tão doce e tão amarga.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tha,
      Foi isso que achei do livro.
      Acho que faz parte não gostar.
      Beijos ♥

      Excluir
  2. Já é a segunda resenha que eu leio negativa desse livro e acho que é pelo mesmo motivo! haha
    A narrativa realmente não é muito atraente, esse jeito dele de contar a estória e o livro não tendo muita ação... Sei lá, não tenho mesmo muita vontade de ler.

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raíssa,
      Esse livro gerou muitas expectativas e está decepcionando :(
      A narrativa é cansativa e a leitura não flui :/
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Bruna!
    Eu já tinha visto falar desse livro, e de inicio fiquei interessada em ler pois era comparativo com A culpa é das estrelas e As vantagens de ser invisível, e eu fiquei encantada com esses livros, por isso achei que fosse bem legal.
    Gostei muito da sua resenha, pois você foi bem sincera e me fez repensar se eu realmente iria gostar de ler esse livro ou não.
    Gostei muito do seu blog.
    Beijos, Karol
    http://sonhosdetodagarotinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karol
      Esse foi um dos motivos por eu ter lido o livro também.
      A comparação com ACEDE me fez ter uma ideia totalmente errada da história.
      Fico muito feliz que tenha gostado da resenha.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Bru, tudo bem ?
    Eu até agora só vi uma resenha positiva sobre esse livro, todas as outras tinham notas baixas, ainda bem que nunca me interessei por ele, assim já evito outra frustração

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pepi, tudo e você?
      Até agora não vi nenhuma positiva, mas vou pesquisar.
      Frustrações são terríveis. Vi que você teve com Mentirosos, estou até receosa de ler :/
      Beijos ♥

      Excluir
  5. Oi, Bruna!
    Acho que esse livro deixa todo mundo meio confuso mesmo! Eu amei o livro, a princípio, mas depois pensei melhor e não é tuuudo isso. Tem umas piadas boas, é bom pra dar risada e se divertir. Mas é isso, é um livro despretensioso. Entendo que todos odeiem o Greg e o achem futil. Mas eu gostei dele, não sei porquê, acho que no fim ele amadurece e aprende sabe? Mesmo que esse não seja o foco do livro.
    Espero que meu comentário também não tenha ficado confuso, porque fiquei tão confusa quanto você! haha
    Beijos!
    http://www.vivendonoinfinito.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beatriz,
      Conforme eu lia, me decepcionava um pouco mais.
      Concordo com a questão das piadas, mas, mesmo assim não funcionou.
      Não sei, acho que vou tentar reler um dia para ver se mudo de opinião.
      Beijos ♥

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?
    Uma pena que o livro não tenha te agradado. Apesar das partes engraçadas, acredito que não daria uma chance ao livro. Já estava um pouco desanimado em relação ao livro, sua resenha me ajudou a decidir a não lê-lo.
    Ótima e sincera resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá tudo sim e você?
      É horrível mesmo. Acho que sempre temos esperanças de ser bom.
      Obrigada e beijos ♥

      Excluir
  7. Olá !
    Adorei sua resenha! Fiquei bastante interessada na leitura , principalmente por toda essa confusão .
    Quero o ler para tentar tirar minha conclusão sobre o livro e me misturar nessa leitura caótica :)
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Di,
      Fico feliz que tenha gostado.
      Espero que curta a leitura :)
      Beijos

      Excluir
  8. Esse tema já não me agrada muito e eu não tinha vontade de ler mesmo, sabendo que você achou o protagonista mimado provavelmente concordaria ao ler e não me agradaria! Agora tenho certeza que não lerei kkkkkkk

    Beijo,
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana,
      De fato, achei Greg mimado e infantil.
      Se esse tipo de protagonista não te agrada, esse livro não é o certo pra você.
      Beijos

      Excluir
  9. Gostei da resenha, não conhecia esse livro, mas estou já procurando para comprar por aqui. Gostei da resenha.

    itglosss.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado.
      Boa leitura.
      Beijos

      Excluir
  10. Oi Bruna,
    Já tinha ouvido falar do livro e pela sinopse cheguei a me animar. Na verdade, havia criado uma grande expectativa. Mas depois da resenha, que apesar de ter ficado ótima -como sempre-, me desanimei. É uma pena que um livro que parecia prometer tanto, tenha decepcionado. Decididamente não vou lê-lo. Vamos tirar da listinha.
    Bjjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Letícia,
      Também criei grandes expectativas e me surpreendi com o que encontrei, infelizmente, negativamente.
      Fico triste por ter te feito tirar um livro da sua listinha :(
      Beijos

      Excluir
  11. Já tinha visto mais comentários não muito positivos em relação a esse livro, ai decidi que eu não leria, e mesmo que tivesse comentários positivos, a história, a sinopse não me chamou nem um pouco a atenção, não é um livro que a leitura me prenderia, mas sua resenha está boa, é ruim ler livros confusos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariele,
      Infelizmente, se a história não te conquistou, pela sinopse, não acho que deva insistir na leitura.
      Obrigada pelo carinho ♥
      Beijos

      Excluir
  12. Oi Bruna! Nunca tive muita vontade de ler o livro, mas confesso que fiquei um tanto intrigada com a comparação entre ele e ACEDE — achei um pouco clichê, para ser sincera, embora eu saiba que essa é uma comparação bem infeliz quando o assunto é câncer, já que ele trás inúmeras lições para a gente. Continuei preservando minha antiga opinião sobre a obra, viu, Bruna? Não precisa ficar com medo! É realmente difícil fazer resenhas de livros que ficam nos extremos, que a gente ama totalmente ou que não gosta nem um pouco, então eu super te entendo. Ótima resenha! Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
  13. Oi Bruna, eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas nessa semana eu vi duas resenhas do livro (incluindo a sua) e os pensamentos se batem. Não fique, nunca, com receio de demostrar sua opinião com medo de mudar a nossa. Eu nunca li esse livro e agora que li a sua opinião sinceramente não me sinto atraída pelo livro, mas não que isso seja ruim. Então fique tranquila. :)
    Fique a vontade para visitar meu blog, adoraria te ver por lá. Um enorme beijo.
    http://palavrasambulantes.blogspot.com.br/2015/08/marejando.html

    ResponderExcluir
  14. Que título mais.... impactante haha'
    Eu não tinha visto este livro ainda mas não me interessou, e também, já não sou muito boa em entender histórias, se a história for mais confusa, aí não dá muito certo haha

    ResponderExcluir
  15. Eu também criei muitas expectativas para esse livro, ainda não o li mas espero não me decepcionar assim como você :\
    Beijos
    http://estantedoluiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir