quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Eu Estive Aqui - Gayle Forman

Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal?A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos.Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida.Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.


Esse livro é muito denso e aborda um tema muito complexo. É muito difícil falar sobre suicídio, mas acho que a Gayle conseguiu fazer isso muito bem. Vocês sabem que minha relação com a autora não é muito boa, pois os livros que li dela (Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi) não atingiram minhas expectativas, mas Eu Estive Aqui mudou isso completamente. Fiquei totalmente envolvida com a história e me apaixonei, apesar de não ter gostado de algumas coisas.

Cody e Meg eram melhores amigas, aquele tipo de amizade que dura para sempre, até Meg cometer o suicídio.

A amizade das duas fica um pouco abalada após a ida de Meg para a faculdade, deixando Cody para trás. Como eram inseparáveis, a distância foi muito difícil para Cody e isso a deixou ressentida, mas isso muda quando Cody recebe o e-mail da amiga falando que havia se suicidado. A princípio Cody não consegue compreender e aceitar, mas, quando tudo se confirma, ela se sente extremamente abalada, pois acredita que tinha obrigação de saber que algo assim estava acontecendo com sua amiga.

“Sinto informar que precisei dar fim à minha própria vida. Estou adiando esta decisão há muito tempo, e ela é minha e de mais ninguém. Sei que isso lhe causará sofrimento, e lamento que seja assim, mas saiba que eu precisava acabar com minha dor. Não tem nada a ver com você, mas tudo a ver comigo. Não é culpa sua. Meg”

O que teria levado Meg a fazer isso? Por que ela havia se afastado da amiga e o pior havia acontecido? E, pior, era sua culpa?

Cody se sentia muito mal, acreditava que era sua culpa e, quando os pais de Meg pedem para ela ir até a cidade onde a amiga morava para recolher seus pertences, Cody percebe o quanto perdeu da nova vida da amiga. Ela sabia muito pouco sobre seus colegas de república, não sabia que a amiga havia adotado dois gatinhos e, pior, não sabia que a amiga havia se apaixonado.

Ao voltar para casa com os pertences da amiga, os pais de Meg decidem dar para Cody o computador. E é ali que Cody começa a achar pistas sobre o que poderia ter levado Meg a escolher aquele caminho. Com a ajuda de um dos moradores da república e o ex-namorado da amiga, Cody descobre um mundo que desconhecia e começa a ir atrás de respostas.

Cody é uma personagem forte que foi muito bem construída, tudo nela remetia a fazer algo e se tornar cada vez mais forte. Não foi fácil perder a amiga e foi pior ainda se sentir culpada. Quando ela começa com a investigação sobre o que levou Meg a tomar esse caminho, me senti tão envolvida na trama que comecei a imaginar como seria cometer o suicídio e cheguei até a acreditar que era um caminho bom a se seguir.

Meg também é uma personagem forte, também foi muito bem construída, mas eu a achei totalmente manipulável. Sei que não é fácil passar por tudo o que ela passou e continuar vivendo, mas ela deveria tentar, acho que ela devia isso a sua família e amigos.

Ben McCallister, ex-namorado de Meg, me irritou assim que apareceu na trama. Suas atitudes me irritaram, mas depois que a trama foi desenrolando e conheci os dramas pelo qual ele havia passado, consegui entender suas atitudes e até simpatizei com ele.

Enfim, não posso falar muito além disso, pois daria spoiler e não quero isso. Esse não é um dos melhores livros que já li na vida, mas ele provou que a Gayle sabe escrever muito bem e esse livro funcionou pra mim. Mesmo ele tendo trazido pensamentos complexos, consegui me envolver totalmente na história e achei o final plausível. Acho que a Meg gostaria desse final. Recomento bastante a leitura.

Informações adicionais:
Título: Eu Estive Aqui
Autora: Gayle Forman
Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Classificação: 
Onde Comprar: Saraiva

Esse post participa do TOP Comentarista de Agosto
(clique na imagem abaixo para maiores informações)

31 comentários:

  1. Oi!
    Eu sempre quis ler os livros da autora.
    Conheci ela por Se Eu Ficar e todos me recomendam bastante. Espero ler algum livro dela em breve.
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giovanna,
      Infelizmente, não gostei muito de Se Eu Ficar, mas amei esse.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Bru,
    Esse me parece o tipo de livro que não se consegue largar. Adoro um mistério e a busca por respostas é um ponto que gosto muito nos livros. Nossa, as palavras devem estar muito bem colocadas para você chegar a acreditar ser um bom caminho a seguir. Enfim, gostei muito da sua resenha de hoje... Me chamou demais a atenção esse livro, apesar de ter um pouco de receio de pegar para ler, gostei muito.
    Beijos - Tão doce e tão amarga.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tha,
      Ele é exatamente assim, tu começa a ler e não para mais.
      Fico feliz que tenha gostado, sua opinião é muito importante ♥
      Beijos

      Excluir
  3. Olá! Tudo bem? Eu tenho bastante vontade de ler esses livros eles me atraem muito! Fora que essa capa é linda!
    Beijos
    Seja bem vinda ao meu blog e participe do TOP comentarista pois ainda dá tempo!
    http://meusdespropositos.blogspot.com.br/
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline, tudo e você?
      Que bom! Espero que cura a leitura.
      A capa é linda mesmo.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi
    Estou lendo o livro, quase acabando e estou AMANDO cada página dele!
    Que estória incrível, sério. A maneira como a autora construiu tudo e o jeito como as coisas vão se desenvolvendo te prende à estória.
    Mas acho que a Cody não é uma personagens forte no início, ela na verdade fica meio acomodada com as coisas e só depois começa a mudar esse jeito dela.
    Mas por enquanto estou bem empolgada com o desenrolar do livro, vamos ver se o final me agrada também.

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raíssa,
      Fico feliz que esteja gostando.
      Também achei muito bem elaborado. E achei a Cody forte, mas acho que depende do ponto de vista.
      Espero ver sua resenha *-*
      Beijos

      Excluir
  5. Oiii

    Que bom que vc amou esse livro. Eu tb tive uma relação meio traumática com um livro da autora e por isso nem pensei de tentar ler esse, mas agora acho que vou dar uma chance assim que puder

    Beijokas

    Alice

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alice,
      Decidi ler esse livro para confirmar o que sentia em relação a autora e adorei.
      Acho que deveria tentar.
      Beijos

      Excluir
  6. Estou louca com esse livro !!!
    Diferente de você eu já sou apaixonada pela Gayle devido aos seus sucessos anteriores , agora estou bastante ansiosa com a leitura desse livro novo .
    Sua resenha me incentivou ainda mais na leitura desse livro .
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Di,
      Acho que esse é o melhor livro dela até agora.
      Se tu gostou dos outros, deve gostar desse.
      Espero que curta a leitura.
      Beijos

      Excluir
  7. Já ouvi falar muito sobre esse 'Se eu ficar' mas nunca o li... Vou procurar esse que você citou nas livrarias aqui da minha cidade :)

    Beijos,
    tea-with-cake.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Deby,
      Fico feliz, espero que curta a leitura.
      Beijos

      Excluir
  8. Amo os livros da autora beijinhos
    hlanjens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu já li Se eu ficar e Para onde ela foi e simplesmente amei, mas não estava com a mínima vontade de ler outros livros da Gayle Forman, não estava, passado. Sua resenha me inspirou a querer ler este livro também, apesar de já estar saturada do tema suicídio (já li dois livros nesta temática este ano). Mas acho muito interessante livros sobre isto, afinal de contas, eu moro na cidade com o maior índice de suicídios per capita do Brasil (segundo algum professor meu).
    Bem, acho que devo dar uma chance a esta obra também!

    Aproveito para dizer que indiquei o blog em uma tag
    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/2015/08/tag-liebster-award.html

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Fico muito feliz que minha resenha tenha despertado sua vontade de ler o livro.
      Também li muitos livros sobre a temática esse ano, mas continuo amando.
      Caracas, que cidade tu mora?
      Obrigada, vou dar uma passada lá ♥
      Beijos

      Excluir
  10. Oi Bruna,
    Tenho que confessar que quando Se Eu Ficar virou uma febre e todos falavam bem dele me interessei em lê-lo. Mas quando peguei o livro pra ler,não consegui concluir a leitura :(. O livro não me prendeu muito. Depois disso fico com receio de ler outros livros da Gayle. Como os outros Eu Estive Aqui tem uma capa bonita - essa eu achei a mais bonita-. Pela sinopse eu me interessei muito, mas sempre vem aquele receio de me decepcionar como Se Eu Ficar. Mas pela sua resenha o livro parece ser bom e com ele posso me animar mais em relação a autora. Adorei a resenha e a indicação.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá Bruna! Ainda não li esse livro, mas já li muitas resenhas com opiniões positivas a respeito!
    Adorei o tema abordado, realmente não deve ser fácil falar sobre. Esse livro já está na minha lista de desejos!
    Abraços

    http://www.oraculodeelfos.com.br/
    *Indiquei você em uma TAG, confere lá ;)

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Se eu ficar não é o melhor livro da autora, sem dúvidas livros como Apenas um Dia e Eu estive aqui batem e muito em relação a qualidade. A verdade é que li esse e amei, sou fã da autora e reconheço que sua obra de menos qualidade é também a mais famosa.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. OI Bruna! Tudo bom?
    Depois que li Se eu ficar, dessa autora, fiquei um pouco medroso em relação as história dessa autora. Tive a oportunidade de ler esse livro e não quis.
    Boas leituras.
    Bjux, estou te segundo. =)

    - Diego, Blog Vida & Letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Também me decepcionei um pouco com Se eu ficar, mas esse parece ser tão bom! Adorei a sua resenha, quero muito ler esse livro agora!
    Beijo.

    www.imperfeitaas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. eu ja li, mas sabe aquela história que te marca que você não consegue expressar bem em palavras?
    a autora tem o poder de tratar de questões tão forte com um jeito singelo, ao mesmo tempo que trabalha sentimentos em seus personagens, desperta reações no leitor!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Que bom que a autora conseguiu escrever uma história que apesar dos pesares foi boa pra você. Sabe, acho que apesar do tema meio polemico, o livro deve ser delicado. Eu não conheço a escrita da autora, espero que eu consiga ler esse livro logo.

    bju
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  17. Oi, Bruna! Tudo bem? Estou bem curiosa para conferir algum livro da Gayle Forman, especialmente o "Eu Estive Aqui". Depois de muitas resenhas negativas de "Se eu ficar", acabei desempolgando com a autora, mas foi só dar uma lida na sinopse de "Eu Estive Aqui" para o sentimento mudar. Acho bacana que ela tenha trabalhado o suicídio e espero que a Gayle tenha mostrado sensibilidade para falar desse tema, estou com muitas expectativas e espero não me decepcionar! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Bru!
    Não conhecia nada da autora até ler esse livro e diferente de você eu não consegui me envolver muito com a narrativa. Primeiro porque não sou muito fã de livros narrados em primeira pessoa e depois achei que as coisas ficaram um pouco melodramáticas além da medida e é outra coisa que me incomoda. Não foi um livro que amei, mas gostei da experiência de lê-lo principalmente por abordar um tema tão complicado.

    Beijos
    http://numrelicario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi, Bruna! Eu gostei bastante de Se Eu Ficar, o que fez eu me apegar à escrita da Gayle, mas me decepcionei com o segundo livro. Depois dele, não fiquei mais tão eufórica pra comprar os livros dela, sabe? Apenas continuo curiosa... Bom saber que você conseguiu se envolver dessa vez e recomenda, me dá aquela animada! Apesar da temática desse livro me parecer um pouco mais forte, eu gosto de tomar um choque de realidade de vez em quando.
    Beijo!
    Lis| umareescrita.com.br

    ResponderExcluir
  20. Olá Bruna,

    Li inúmeras resenha positivas desse livro e o que posso dizer que a cada uma que leio fico mais curioso, parabéns pela sua resenha....bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Gayle ama lugares não é mesmo?
    Eu estive AQUI.
    Para ONDE ela FOI.
    Se eu FICAR.
    hahahahahahah
    Ótima resenha esse livro já esta na minha lista.
    Beijos.
    http://estantedoluiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Eu simplesmente quero muito ler esse livro, achei a capa linda e vi muitos comentários positivos.
    Sua resenha está muito boa e estou muito ansiosa para começar a ler o livro.

    ResponderExcluir