segunda-feira, 30 de março de 2015

Querida eu Mesma

Olá leitores,

Eu vi um vídeo da Juliana do blog Nuvem Literária (confiram aqui), respondendo a TAG Querida eu Mesma, que consiste em fazer um vídeo para eu mesma de 10 anos atrás. Achei essa ideia muito interessante, mas, como não fazemos vídeo, decidi fazer esse post escrito. Espero conseguir passar tudo o que quero, então, vamos lá.

Essa mensagem é destinada à Bruna de 12 anos que havia acabado de mudar de um colégio que gostava – e tinha amigos – para um colégio novo, onde seria vista como “a estranha”.

Bru, nada está perdido. Como bem disse sua professora de Ética e Cidadania, em sua despedida, não é uma escola que faz o aluno, mas o aluno que faz a escola. Continue sendo essa menina viciada em matemática, que possui muitos sonhos e que é feliz. Não ligue para o que os outros vão falar de você, pois você as verá, no futuro, e se surpreenderá com o rumo que a vida delas tomou. 

Por favor, pare de tirar fotos!, você vai criar uns 5 mil CDs e depois olhar e pensar: como eu era idiota e desocupada rs! Trabalhar não é o fim do mundo e vai fazer você crescer demais. Aproxime-se daqueles que você realmente gosta e deixe as pessoas invejosas para trás. Seu irmão é um chato, mas trate-o bem, em um momento ele vai ficar longe de você – porque irá estudar – e você sentirá falta dele.

Calma, que você vai ter um cachorro e perderá todo o medo que tem dentro de si. Cuidado quando tomar chuva e correr, você pode cair e se machucar. Não se martirize por ser vista como a nerd da escola, ao contrário, esforce-se ainda mais, pois você irá longe. Siga seus sonhos, persiga-os e jamais desista deles. Não faça testes vocacionais, eles nunca te levarão para a profissão certa. 

Abandone o hábito de ficar no computador o tempo todo e crie o hábito de ler, por favor! Tenha sempre em mente que seus melhores amigos são seus pais, eles estarão com você quando tudo parecer ruir e faça o possível e impossível para vê-los feliz. Mas, mesmo que você não leia tudo isso, você será uma pessoa muito melhor do que é aos 12 anos e irá ter uma vida do jeito que sonhou ou até melhor.

É isso pessoal, a ideia deste post foi bem diferente, mas eu gostei de escrever e reviver alguns momentos de minha vida. Espero que tenham gostado e, se alguém quiser responder, sintam-se a vontade.

Beijos e até mais!

Imagens retiradas do google.

2 comentários:

  1. Eu fiz um texto assim no meu blog já faz um tempo, mas sem nem saber que estava rolando essa tag no youtube, hahaha. Adorei teu texto, e fiquei curiosa, você cursa o que?
    Se eu pudesse falar com a menina de 12 anos que eu era, eu falaria tanta coisa, mas no fim, esses erros foram fundamentais para aprender o que sei hoje. Beijos, adorei o post!
    Desfocando Ideias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Natalia, que legal, vou ler seu texto!
      Curso Engenharia Civil, estou no último ano, graças a Deus! rs.
      Verdade, há tanta coisa a ser dita, mas todos os erros, do passado, nos transformaram no que somos hoje!
      Beijos

      Excluir