quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Ame o que é seu, Emily Giffin

Reflexivo

Sinopse: Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado?              

O tema deste livro deixa aquela pulga atrás da orelha, te faz imaginar como seria a vida se tivéssemos feitos outras escolhas. Esta é uma história para quem algum dia já se perguntou isso.
Em Ame o que é seu o leitor encontrará a história de uma mulher (Ellen) dividida entre o amor real e aquele fatídico 'E, se'.              

O casamento de Ellen e Andy não parece perfeito, ele é perfeito. São inegáveis a profundidade da devoção mútua e o quanto um esperta o melhor do outro. Mas por obra do destino, certa tarde, Ellen revê Leo pela primeira vez em oito anos. Leo, aquele que partiu seu coração sem se explicar, aquele que ela não conseguiu esquecer.

Quando o reaparecimento dele desperta sentimentos há muito adormecidos, Ellen se põe a questionar se sua vida atual é de fato como ela queria que fosse.      

O desenrolar da história é contagiante, pois a cada página acontecem novas cenas que é quase impossível abandonar a leitura, ou ... não se colocar em seu lugar.

Ellen tem a vida que toda mulher sonhou um dia: ter um casamento perfeito com um homem bonito, inteligente, sensível, apaixonado e bem sucedido, além de unir o útil ao que sempre quis: fazer parte da família de sua amiga. Muitas vezes, nós mulheres, acreditamos que isso nunca aconteceria conosco, mas estamos enganadas, sempre existirá um Andy em nossas vidas, assim como existirá um Leo

Para não ficar confuso explicarei do começo: Ellen teve um relacionamento e um sentimento muito forte dom Leo, mas não deu certo e cada um precisou tomar seu rumo e, quando Ellen decide dar uma chance para irmão de sua melhor amiga ela percebe que pode ser feliz, aí, então, ela se casa com Andy e passa a ter uma vida de conto de fadas.

Mas, o passado é sempre algo presente em nossas vidas não é mesmo? Então, em um belo dia, ela encontra Leo, seu grande amor do passado, que lhe dá um nó em suas emoções. A volta de seu passado lhe trás muitas lembranças tórridas e muita desilusão, o que ela passou por ele não foi algo superficial e, podemos dizer, encontra-se mal resolvido. Esse encontro leva os dois a um café e Leo oferece proposta de trabalho para Ellen, mas ela deveria ou não aceitar?

“(…)geralmente existe um passado menos glorioso escondido em algum canto. Há pessoas, lugares e acontecimentos que o levam até um relacionamento definitivo.. Pessoas, lugares e acontecimentos que você preferia esquecer ou, no mínimo, fazer de conta que nunca existiram. No final, você pode colocar um belo rótulo em tudo(…)”

Após três meses de casado, o casal decide se mudar para uma mansão em Atlanta, perto da família de Andy, tudo estava certo para isso acontecer até o passado atropelar com tudo a vida de Ellen. Ela começa a questionar sua vida e relação com Andy, bem como seus sentimentos. A mudança para perto da família de seu marido começa a lhe dar medo, pois seus costumes sulistas a intimidam e entediam e sua mente, a todo o momento, retorna para o tempo roubado que passou com Leo em Nova York.

Os sentimentos de Ellen mesclam entre lealdade, fidelidade, amor pelo marido, paixão pelo ex-namorado, laços familiares e uma rebeldia interior, mas ela precisa tomar uma difícil decisão: ficar com seu passado ou seguir o seu presente.

Ler esse livro foi arrebatador, muitas vezes me colocava no lugar de Ellen tentando imaginar qual seria a minha decisão e foi, então, que notei o quanto é difícil decidir isso. Assim como o de Ellen, meu coração estava partido ao meio, porque eu sabia que qualquer escolha que fosse tomada alteraria o rumo de tudo. O livro mexeu muito comigo, pois a história é totalmente real, todos nós poderemos passar um dia por isso: reviver nosso amor do passado.

A escrita leve da Emily só contribuiu para que a história ficasse registrada em minha mente por semanas e só tenho que agradecê-la por ter escrito algo tão lindo.

"O amor é uma soma de nossas escolhas, o vigor do nosso compromisso, o laço que nos une. Feliz comigo mesma que amo tudo que é meu"

Informações adicionais:
Título: Ame o que é seu
Autora: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Páginas: 312
Nota da Leitora: 4 estrelas

2 comentários:

  1. Os livros da Emily já chamam a a tenção pela capa né? sempre dá um certo interesse, e fiquei curiosa com esse, se eu ver por aqui acho que vou adquirir!

    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Bru,

    É sempre bom quando um livro nos leva a fazer esses questionamentos, é melhor ainda quando ele é capaz de nos emocionar. Não sei se felizmente ou infelizmente, mas o passado realmente sempre estará presente na nossa vida; Acho que para cada situação uma definição: feliz ou triste.
    Sobre o livro, de fato, fiquei interessada. Ao meu ver, parece ser um livro com um sentimento mais adulto (mais responsável) e eu fiquei curiosa para saber se Ellen teve seu final com Andy, com Leo ou com outro alguém, haha.
    Como sempre, eu adorei a sua resenha, muito bem explicada. Parabéns! ?
    A cada dia fico mais feliz por ter conhecido o seu blog.
    Ah, muito obrigada pela força. Estou mais tranquila e confiante.

    Beijão - Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir