quarta-feira, 30 de abril de 2014

Um pouco de literatura nacional #07

Bom dias, amates dos livros!

Vamos às indicações da quinzena!


Doidas e Santas, de Martha Medeiros


Martha Medeiros, poeta, cronista, romancista, conquistou o Brasil com seus textos, publicados em jornais de repercussão nacional, sites e livros que se transformaram em best-sellers. Doidas e Santas reúne cem crônicas que falam direto ao coração de suas leitoras e seus leitores.


Nelas, Martha expõe os anseios de sua geração e de sua época, tornando-se uma das vozes mais importantes entre as recentemente surgidas no cenário nacional. As alegrias e as desilusões, os dramas e as delícias da vida adulta, as neuroses da vida urbana, o prazer que se esconde no dia-a-dia, o poder transformador do afeto, os mistérios da maternidade, enfim, o cotidiano de cada um de nós tornou-se o principal tema da autora. Como toda grande artista, ela consuma o sortilégio da literatura: traduzir e expressar o que vai na alma de sua enorme legião de admiradores.

 Dona de uma sensibilidade incomum, Martha Medeiros tem para tudo um olhar, uma reflexão e uma reação fresca, nova, de alguém que pela primeira vez se depara com o inesperado, seja o assunto o Dia dos Namorados, a decisão de se começar a fumar, um sentimento de desconforto por qualquer coisa, uma paranóia que se imiscui sub-repticiamente ou um amor que acaba. Sempre terna e indignada, amantíssima da cultura contemporânea e dona de um imbatível senso de humor, em suas crônicas – assim como em sua poesia – Martha torna, para todos nós e com muita destreza, mais palatável o imponderável da vida.


Claro que Te Amo!, de Tammy Luciano


Piera tem certeza: está cometendo a maior loucura da sua vida ao assistir, escondida, ao casamento de seu ex-noivo. Depois de seis anos de relacionamento, entrar de penetra na comemoração foi tudo que André deixou para ela. E olhar a cena não a faz feliz, mas encerra uma fase de sua vida. Hora de recomeçar. Mas como recomeçar se seu coração está cheio de dor? Envolver-se com a história de Piera é como descobrir que sempre há um lado muito bom a ser revelado… Mesmo que tudo pareça tão difícil!







Juntos Para Sempre, de Walcyr Carrasco


Alan é um advogado bem-sucedido de São Paulo e leva uma vida aparentemente perfeita: mora em uma cobertura luxuosa, namora uma mulher lindíssima e pode ter tudo o que quiser. Mas todas as noites é atormentado por um sonho que o leva a um amor de outra vida. Assiste à morte na fogueira de uma jovem. E nesse momento promete: “-Eu me amarei para sempre!”. Quando desperta o sonho fica em sua cabeça. Envolvido por esse mistério, Alan vive dias de angustia. Tudo muda quando ele viaja para uma cidade do interior e encontra uma moça semelhante à que aparece em seu sonho. A profunda emoção que sente ao vê-la confirma que é a mesma pessoa. 


Essa é a primeira de várias evidências de que nada acontece por acaso. Mas, para seu espanto, a moça foge aterrorizada ao deparar com ele. Agora Alan precisa descobrir quem é essa mulher e qual é a ligação entre eles. Para isso, terá que rever sua existência e descobrir que as coisas realmente importantes não podem ser compradas. Auxiliado pela Terapia de Vidas Passadas, ele se entregará a uma árdua jornada de autoconhecimento. E entenderá que, embora o passado não possa se mudado, há uma nova vida para superar os erros e refazer os laços de amor, em busca de um futuro luminoso. Juntos para sempre é um livro cativante, escrito com a sensibilidade de Walcyr Carrasco, consagrado autor da TV Globo, conhecido por novelas como Alma gêmea, O cravo e a rosa[/i] e Chocolate com pimenta, todas campeãs de audiência.

O que acharam da indicações? Têm vontade de ler alguma?

Beijos!

4 comentários:

  1. O Walcyr Carrasco têm ótimos livros, com certeza vale a pena ler. E a Martha Medeiros é sensacional!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li nenhum dos dois. Mas tenho vontade de ler os da Martha Medeiros!
      Beijos

      Excluir
  2. Li poucos livros nascionais, e a maioria me decepcionou. Também teve uns que eu gostei, mas e o medo de ler outro e não gostar também??

    http://dreams-in-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, depende muito do gosto. Mas é bom você procurar alguém que já leu um livro nacional que você possa estar interessada, porque existem MUITOS que são bons! Aqui no blog tem indicações, também; vale a pena abrir um espaço para a leitura de livros nacionais!
      Beijos

      Excluir