quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Refém da Obsessão

"- Você é minha única alegria - disse Fera - Sem você, morreria. Prometa-me, ao menos, que nunca irá embora." (A Bela e a Fera, Madame Leprince de Beaumont)
O segundo livro, tem inicio a partir do momento em que Lanny e Luke estão morando juntos e Luke consegue convencer Lanny a vender alguns dos objetos que ela colecionou ao londo de sua vida. Eles acreditam que terão uma vida tranquila juntos, mas não poderiam estar mais enganados.
"Para o homem, o amor é algo à parte; para a mulher, é a sua própria existência." (Byron)

O maior medo de Lanny se concretiza: Adair foge da prisão. Isso acontece, pois com as novas construções, a antiga casa - onde ele era mantido preso - é demolida e ele se liberta. Lanny e os outros imortais, por ele criado, sentem sua presença. Ela entra em desespero e começa uma fuga desesperada com Luke.
"[...] não haveria como impedir o que não poderia ser impedido."
Adair consegue rastrear Jude e este é obrigado a ajudá-lo - mesmo que não queira - a encontrar Lanny e seus antigos livros de magia. Adair precisa se acostumar as novas tecnologias para começar sua busca por Lanny - que decide largar Luke para não machucá-lo. 
"Às vezes só a dor por curar a dor."
Lanny procura outros imortais, fica um tempo com Savva, e decide que tudo o que ela mais quer é voltar a ser mortal para morrer antes que Adair a encontre. Nessa busca, Lanny e Savva, descobrem que Tilde - outra imortal criada por Adair - foi a única que fez pesquisas sobre como voltar a ser mortal e Lanny decide procurá-la.
"Esse é o problema ao tentar dividir a culpa: raramente ela se encaixa em partes iguais."
Nesse meio tempo, Adair ressuscita Jonathan, Tilde prende Lanny - pois ela nunca deixou de desejar que Adair voltasse -, Luke vai atrás de Lanny e todos se encontram novamente. Mais do que vingança, Adair deseja Lanny e queria poder dizer-lhe isso, mas dominado pelo impulso, ele a violenta no primeiro encontro, quase mata Luke para convencer Lanny a ficar com ele e a torna prisioneira. 
"Mas é isso que o amor faz. Ao mesmo tempo em que o torna forte para algumas coisas, torna-o mais fraco para outras. Tudo o que se ganha de um lado, perde-se do outro."
Lanny torna-se infeliz e Adair não é capaz de conviver com a única pessoa que ama infeliz e decide libertá-la, mas deixa-lhe uma carta - que só pode ser lida por ela - onde conta toda a verdade sobre sua história.
"Em todo o mundo, não há ninguém que possa lhe dar o que eu posso. E houve uma época em que eu teria feito qualquer coisa que me pedisse. Teria feito o Sol brilhar vinte e quatro horas ou silenciado as ondas do mar. Teria feito o mundo aflorar, cada campo, cada planície, para adorá-la com flores. Teria criado uma segunda Lua para brilhar no céu ou teria feito todo o mundo desaparecer, cada alma daqui até o final dos tempos, assim poderíamos ter o mundo para nós dois, só você e eu. Há só um domem no mundo que pode fazer essas coisas por você, que pode lhe oferecer céus e terra, que pode comandar as forças da natureza. Mas, mesmo assim - os olhos dele ficaram turvos, confusos e tristes -, você não me quer. Poderia dar-lhe uma poção e fazê-la se apaixonar por mim, mas estou começando a compreender que isso não acontecerá desde que você ame outro alguém."
O que Lanny não queria aceitar é que ela também o amava, apesar de tudo.
"Talvez um dia você entenda que, imperfeito como sou, nenhum homem jamais a amará como eu amo, então, irá fundo em seu coração e descobrirá que também me ama."
Alma Katsu - uma de minhas autoras favoritas - conseguiu criar uma história cativante, emocionante - houve vários momentos que chorei -, mesclando passado, presente, futuro, escolhas e as consequências de seus atos. 

Informações adicionais:
Autora: Alma Katsu
Título: Refém da Obsessão
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352
Nota da Leitora: 5 estrelas/Favorito

4 comentários:

  1. Noossa esse livro parece ser muito bom!! Gostei!!
    Achei super bacana o fato da autora criar uma história emocionante, cheia de reflexões através de um universo fictício e distópico!!

    Amei essa capa!!!
    Ótima resenha!!

    Beijos!

    ♥Juh♥

    http://meudiariojk.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juh!
      Que bom que você gostou, acho que se você ler, irá gostar mais ainda, ele é fascinante.
      Obrigada pelo carinho.
      Beijos

      Excluir
  2. Meus parabéns pelo blog! Tem bom conteúdo!

    http://criticandonamadruga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ricardo.
      Muito obrigada pelo carinho!
      Beijos

      Excluir