terça-feira, 27 de dezembro de 2016

[Retrospectiva] Decepções Literárias de 2016

Olá galera!

Faltam quatro dias para o ano chegar ao fim e chegou aquele momento de refletir sobre tudo o que aconteceu em nossa vida nesse ano que se encerra. Refletimos não apenas em nossa vida pessoal, mas, também, em nossas leituras, não é? Por conta desse momento reflexivo – e nostálgico – decidi fazer uma Retrospectiva Literária falando das decepções e das melhores leituras do ano.


Para a primeira postagem decidi falar das minhas decepções. Até hoje – dia 27 – conclui a leitura de 97 livros (e espero terminar mais 3 😵), então, são eles que servirão como base. Quando pensei em falar nas decepções, pensei em citar 5 livros, mas não consegui excluir nenhum, então, foram 6 decepções que tive no ano, mas vou explicar para vocês tudo direitinho, vamos lá?

A geografia de nós dois (Resenha)
Ler esse livro foi como tomar um banho de água fria. Havia lido A probabilidade estatística do amor à primeira vista da mesma autora e adorado a leitura, então, vocês podem ter ideia de como as minhas expectativas eram altas e... o livro não foi nada do que eu havia imaginado. Os personagens não levaram a amizade que começaram a ter naquele elevador à sério. Eles pensavam um no outro, óbvio, mas nunca se importaram de verdade em saber como o outro se sentia. Outro ponto que me desagradou foi que eles decidiram não fazer uso da tecnologia. Ok, acho muito legal uma coisa mais antiquada, como esperar receber uma carta – ou um cartão-postal, no caso -, mas isso só serviu para mostrar, para mim, que eles não se importavam, de fato um com o outro. Além disso, a leitura foi extremamente arrastada!


Ele está de volta (Resenha)
Acho que esse livro ganhou o prêmio de decepção do ano, sério. Quando comecei a ler – para o projeto PLCUA com a Thami – minhas expectativas estavam extremamente altas, pois queria saber como Hitler reagiria no futuro e vendo o que suas escolhas haviam causado. Eis que me deparei com uma tentativa que deu muito errado de fazer humor em cima de algo trágico, com um personagem doentio – como imagino que, de fato, ele tenha sido – e, principalmente, com uma história que transparece que tudo o que Hitler fez no passado foi bom o serviu para ajudar as pessoas. Gente, cá para nós, não foi bom. Ele matou milhares de pessoas, ele fez milhares de famílias sofrer e, fazer humor com isso, foi uma escolha péssima.

Carrie, a estranha (Resenha)
Até me sinto mal de trazer um livro do mestre nessa postagem, mas ele não funcionou. O livro – diferente do que muitos podem pensar – é a alternância entre o que aconteceu com Carrie, relatos e estudos feitos sobre a telecinésia, coisa que não funcionou nada bem para mim. Além disso, a telecinésia – apesar de fascinante – evoluiu do nada. Num dia, a protagonista chorava porque estava sangrando, no outro conseguia mover objetos. Claro que há informações sobre o passado e como ela fazia isso há bastante tempo, mas sabe quando a coisa não cola? Foi assim que me senti. Outro ponto desagradável é que, em todos os relatos, mesmo que as pessoas não conhecessem Carrie, eles sabiam que ela tinha causado tudo aquilo. Como se ela fosse um ser extremamente poderoso e estivesse na mente de todos. Então, não, essa leitura não foi agradável.

Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática (Resenha)
Esse livro deu certo para muita gente e a única pessoa que compartilhou das mesmas impressões que eu foi a Barbara Sá (Segredo entre amigas). Até agora não consigo entender onde a Thalita Rebouças quis chegar ao escrever esse livro. Ela escreveu sobre uma personagem que, sério, não tem nada de bom. A família dela é composta por loucos, que praticam bullying com ela em casa, como se não bastasse tudo o que ela já passa no colégio. Ela não tem apoio de ninguém. Se fosse só por isso, eu poderia relevar numa boa, mas, não, a Thalita quis inserir mais um defeito na personagem: ela fala mais que o homem da cobra. Nunca li um livro com uma personagem tão sem filtro como ela, sério! E, mesmo o final sendo um pouquinho melhor, a protagonista aceitou, perdoou e tudo aconteceu rápido demais. Mesmo eu não sendo o público alvo desse livro, juro que esperava muito mais de uma autora tão aclamada como a Thalita Rebouças é.

Apenas um garoto
Logo que esse livro foi lançado, fiquei curiosa para conhecer a trama. O personagem ter se assumido homossexual aos 13 anos e nunca ter sofrido bullying era algo bem inovador para mim, mas, como os outros foi decepcionante. Rafe tinha uma espécie de vida perfeita, mas nós sabemos que ela não existe, não é? Seus pais aceitavam ele da forma que era. Ele era bem recebido na escola e tinha até uma espécie de namorado, mas ele não aceitava ser definido por sua orientação sexual, então, ele queria ser uma pessoa sem rótulos. Obviamente, sua escolha não deu certo, pois as pessoas – e até nós mesmos – precisamos nos rotular para nos encaixar e foi aí que a trama não funcionou para mim. Para se livrar do rótulo que tinha, ele deixou de ser quem realmente era. Acho que se o autor tivesse feito uma abordagem um pouco diferente a obra teria funcionado, é uma pena, pois a ideia dele é muito boa.

O segredo do meu marido (Resenha)
Por fim, mas não menos decepcionante, esse livro. Acho que a principal decepção que tive foi que o segredo foi descoberto logo no começo e revelado antes da metade do livro, o que me fez perguntar, o tempo todo, sobre por onde a autora levaria a história e foi assim: na decisão da Cecilia – mulher do marido com segredo – se relevaria para as pessoas ou não. E, desculpem, essa dúvida dela não colou para mim. Entendo que ela queria proteger a família e não queria que uma bomba caísse sobre a cabeça de todos, mas chega, né, gente? Tem momentos que precisamos assumir nossos erros e fazer o certo. Outra coisa que não me agradou foi Tess, ela está sofrendo e resolve isso praticando sexo loucamente, não, amiga, deixa disso e vamos aprender a viver né não? Enfim, apesar de o livro ter sido cheio de altos e baixos, essa foi uma decepção que, de certa forma, não foi tão desagradável.

Essas foram minhas decepções do ano. Obviamente, tiveram alguns outros livros que não gostei, mas, por não ter criado expectativa antes, eles não foram decepcionantes. Lembrando que essa opinião é pessoal e porque um livro não funcionou para mim, não quer dizer que não vai funcionar para você, ok?

Me conte se já leram esses livros e quais as impressões de vocês. Não esqueçam de falar, também, quais foram suas decepções.

Beijos, 

29 comentários:

  1. Oi, Bru!
    Nossa! A sua impressão de "A geografia de nós dois" foi bem semelhante a minha. Bom, de modo geral, eu não gostei nada do livro, não consegui entrar na história de jeito nenhum.
    Ainda bem que eu larguei "Ele está de volta", pelo visto não perdi nada. Eu já não estava conseguindo me adaptar no estilo de escrita do livro logo no início.
    Espero ler algum dia "Carrie, a estranha", para ver se nossas opiniões se diferem ou não.
    E "O segredo do meu marido" eu amei :( Fiquei triste por não ter gostado, mas é assim mesmo, um livro desperta as sensações mais variadas.
    Os outros dois livros mencionados eu não tenho muito interesse em ler.
    Vou dar uma olhada na minha lista e ver quais foram as minhas decepções também.
    Amei o post!
    Beijos
    Historiar

    ResponderExcluir
  2. Olá Bruna!
    De todos os livros escolhidos o único que li esse ano foi 'A geografia de nós dois' e nossas impressões forma bem diferentes kkkk eu por outro lado gostei bastante da história, acho ótima a escrita da autora e achei o não uso da tecnologia bem diferente e me agradou. 'Apenas um garoto' está na minha lista de leitura do ano que vem, vamos ver o que viu achar.
    Adorei a ideia do post =)
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  3. Desses livros, o único que tenho muita vontade em ler é "a geografia de nós dois". Entendo você pois após ler "a probabilidade estatística do amor a primeira vista", achei tão fofo e quis ler tudo da escritora. Mas você não é a primeira que não gostou de livro. Aliás, acho que a maioria não gostou. :( Uma pena. Já o livro "o segredo do meu marido" nunca me chamou atenção, só me chama a atenção mesmo são as promoções que sempre o encontro.

    Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  4. Oi Bru
    É tenso quando criamos muitas expectativas e elas acabam não se cumprindo. Dá uma sensação ruim, de que perdemos tempo com uma leitura ruim. Esse ano, me decepcionei muito com O morro dos ventos uivantes. O lado bom é que, acredito eu, essa foi minha única grande decepção.
    Beijos


    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  5. Oii!

    Confesso que não li nenhum desses livros, mas já tive interesse em ler o de Hitler. Bom, sempre fiquei um pouco na dúvida sobre essa história e depois de ler o teu comentário sobre ele, desisti de vez em ler hehe. Também tive algumas decepções literárias esse ano, mas confesso que a maioria dos livros lidos foram ótimos.

    beijos

    http://mecontanoblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oooi!
    Ainda não li nenhum desses livros, mas é bom saber caso eu venha a ler algum o que esperar e o que não esperar!
    Beijão,
    https://teattimee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, flor!

    De todos os livros citados acima, eu li somente A Geografia De Nós Dois,mas nossas opiniões foram diferentes,já que adorei o livro.
    Vale ressaltar que compreendi o seu ponto de vista abordado nas demais resenhas.
    Beijos!!

    https://www.instagram.com/sonhadorap/

    ResponderExcluir
  8. que pena, flor, mas não se pode vencer todas, nem na vida nem na leitura :/
    que tenha um 2017 mais feliz
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Desses eu ja li A geografia de nós dois, e não achei aquilo tudo, mas também, não tinha muitas expectativas. Sobre Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática já tinha visto outra pessoa dizendo que havia se decepcionado. Apenas um garoto é o único dessa lista que tenho vontade de ler no momento.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Bruna,

    Adorei esse post, justamente porque me decepcionei com alguns livros esse ano também. "A Geografia de Nós Dóis" também está na minha lista, não consegui me conectar com a história, achei o romance pouco convincente e como você tinha expectativas altas para esse livro, mas todas foram por água abaixo. Eu até gosto muito das obras do King, mas ainda não lido "Carry", por isso não imaginava que era baseado em estudos e não era realmente a história apresentada no filme.Acho que ainda tenho uma curiosidade para ler, mesmo com suas ressalvas. Esse livro da Thalita, nem tive coragem de ler. Primeiro porque o tema já está muito em uso, segundo porque li várias críticas e impressões que não me agradaram, por isso prefiro passar. "O Segredo do Meu Marido" também foi um pouco decepcionante para mim, mas recomendo o segundo livro da autora, que é bem melhor do que este.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  11. Sorte que nunca me interessei em ler nenhum desses livros, rs.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
  12. Bru, desses todos li o da Thalita Rebouças... realmente a protagonista tem tudo de ruim, mas achei que o livros deixou sua mensagem... agora, se decepcionar com King!!! Preciso ler pra ver o que acho dele!
    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Meu Deus,eu quase tive um enfarto quando vi o baner do começo e tinha Extraordinário,;e eu achei que ele ia tarde na lista, kkkk, ainda bem que era meramente ilustrativa ♡♡. Eu li o livro da Thalita e compartilho do oposto da sua opinião, achei bem legal, apesar de ser meu primeiro contato com a autora. E minha opinião continuou o contrário o da sua com o livro A Probabilidade Estatística do amor a Primeira vista, pois achei aquele livro bem água e sal e por isso nem fiquei com curiosidade nessa nova obra da autora. Até mais ver
    Bjk

    ResponderExcluir
  14. Da sua lista só li Carrie, e o resto estava na minha lista e tô aqui repensando se irei lê-los...
    Tava cheia de expectativas pra "Ele está de volta", mas saber que o livro trata com humor algo sério e como se o que ele tivesse foi algo bom... nossa, vou passar longe.
    Também pretendo passar longe desse livro da Thalita, que apesar de ter adorado o último livro que li dela, sei que o fato dela ser sem filtro vai me irritar (como aconteceu em um outro livro).
    A geografia de nós dois vai me irritar também, porque querer complicar uma coisa que já é complicada já basta eu KKKKKKK.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  15. Oi Bru,

    Eu fico triste por ter colocado A Geografia de Nós dois na sua lista, snif, snif, mas lembro da sua resenha e apesar de ter adorado, te entendo haha. Muita gente se decepcionou com o da Rebouças né? Incrível como tenho visto o livro nas listas de piores do ano. Os outros eu ainda não li, então não posso opinar. Mas espero que ano que vem tenha poucas decepções haha

    beijos e boas festas!

    ResponderExcluir
  16. Infelizmente todo ano temos a nossa cota de decepções, não é mesmo? Não li nenhum dos livros que você citou, mas alguns já estavam na minha lista de desejos, como Carrie e o livro da Thalita. Agora estou com receio de acabar me decepcionando também.
    Os motivos que você citou com certeza acabariam me irritando bastante. Talvez eu até me arrisque depois, não sei.
    Já estou ansiosa para a retrospectiva das melhores leituras do ano.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    É tão ruim quando pegamos algumas leituras e elas não funcionam tão bem pra gente.
    Tenho o livro da Liane mas ainda não li e espero que eu goste, mas de qlq forma adorei teu post.

    Beijos,

    Camila de Moraes - Blog Book Obsession

    ResponderExcluir
  18. Oi, lindinha! Achei teu blog pelo acaso lá no Google+ e simplesmente me apaixonei! Aliás, se não te importares muito, adoraria fazer um post como esse teu, sério, achei demais, uma ótima ideia! Fiquei bem interessada em saber das tuas decepções literárias e, acredite, fiquei com vontade de lê-los para saber se terei as mesmas sensações que tu descrevestes aqui. E quanto aos melhores do ano, estou no aguardo, haha! Sério, tô xonada, +1 seguidora ❤

    Beijos!
    https://blogcarolnasnuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oie!
    De todos os livros só tenho vontade de ler Carrie, A estranha e Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática; ao ler eles vou ter menos expectativas; que pena eles não terem dado certo para ti, mas acontece de ás vezes um livro que todo mundo ama, a gente não amar tanto assim. Quero saber agora quais foram os melhores livros do seu ano viu?
    Beijos, Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Oie Bruna
    Nossa!! Eu sou louca pra ler A geografia de nós dois... fiquei triste em saber q não gostou... agora, vou dar uma procurada pra saber como está sendo avaliado pra eu tentar fazer uma média e descobrir se vale a pena ser lido ou nao.
    Outro q estranhei foi O segredo do meu marido, já que tenho visto a maioria de comentários positivos.
    Apesar de estranhar, acredito que essas opiniões diversas são bem comuns pq os gostos e impressões podem divergir, né?
    Vamos ver o q eu vou achar... rsrsr
    Bjo

    ResponderExcluir
  21. Oi Bruna, tudo bem?
    Fiquei feliz por ter visto alguns livros aqui na sua lista, especialmente porque muita gente adora eles. Eu amo o Stephen King, mas tenho de concordar com você sobre Carrie, A Estranha. Li em algum lugar que ele tinha jogado o manuscrito no lixo e que a mulher, Tabitha, pegou de volta. Erro terrível, não acha? O pior é que a ideia do livro é muito boa e de todos os poderes, telecinesia é o que mais me encanta. Só que a forma de narrar é péssima e muitas coisas não fazem sentido mesmo. Apenas um garoto eu já tinha visto várias resenhas por aí e lembro de ter pensado o mesmo que você, que a ideia de se livrar de rótulos não funciona, nós precisamos deles.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  22. Oieee
    Tudo bom?
    Desses livros que você apresentou Cárie eu nem consegui terminar de ler, mas o dá Talita eu gostei muito, uma pena não ter gostado.
    Amei o post.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oi oi Bruna,
    Li a maioria dos livros da sua lista. Não me decepcionei com o livro da Thalita Rebouças, uma pena que não tenha gostado. Eu quero ler A Geografia de Nós Dois, na verdade queria, pois percebi que não tem muita coisa na história... Você foi mais que sincera nos fatos apresentados.

    Beijos, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  24. Nossa, opinião difere muito viu, Carrie A Estranha nesta lista? Eu gosto de como o livro mostra a história da garota e ao mesmo tempo relatos da telecinesia, para mim foi um ponto forte do livor, que inovou mais uma vez a escrita do autor.

    ResponderExcluir
  25. Esse livro da Thalita Rebouças conseguiu bastante crítica negativa, eu como nunca quis ler nada nela não fiquei surpreso com as críticas. Fiquei surpreso com A Geografia de Nós Dois e Apenas Um Garoto pois já vi ele como os melhores do ano de muitos.

    ResponderExcluir
  26. Olá Bruna, tudo bem?

    Dentre esses livros, o único que tenho em casa é Carrie. Sei que comecei a ler ele logo que o ganhei, mas não fluiu e eu acabei deixando-o de lado, para que pudesse fazer isso mais pra frente. Até hoje não tive coragem, rs. Quem sabe não é esse ano? HAHAHAH

    ResponderExcluir
  27. Olá, dos livros que você citou eu só li o do King e confesso que fiquei um pouco perdida com o caminhar dos acontecimentos, aquela cronologia me deixou confusa.

    Os demais são obras em que na maioria das vezes só vejo comentário positivos e por isso me assustei, kkkk

    Abraços

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Chocada que A geografia de nós dois foi decepcionante, eu tava super animada para ler esse livro :o (mas vou ler pra tirar minha opinião mesmo assim).
    Eu gostei bastante de Carrie quando li, apesar de reconhecer que não é um dos melhores livros do King.
    Adorei o post!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir