sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

[Resenha] Sorte ou Azar?, Filipe Salomão

Título: Sorte ou Azar?
Autor: Filipe Salomão (cortesia)
Editora: Chiado
Páginas: 300
Onde comprar: Saraiva 
"Fracasso em pessoa. Prazer, meu nome é Pedro."

Pedro nunca teve referências. Seu pai bebia todos os dias e não tinha respeito por ninguém. Sua mãe já vivia a própria infelicidade para se preocupar com a do filho. Seu primeiro e único amigo, Ricardo, era mais um inimigo que qualquer outra coisa - usava Pedro para alimentar o faminto e monstruoso ego dele. Sua primeira namorada, seu primeiro amor, o traiu. Sua oportunidade de ir para faculdade estava mais distante do que nunca. Seus esforços para manter o emprego pareciam não ter retorno.

As drogas e o sexo sempre foram uma válvula de escape para Pedro, até o dia em que ele começou a achar que um Deus existia. Um Deus sádico que gostava de fazê-lo sofrer, que gostava de sabotar todas suas chances. Pedro nunca conseguiria nada. Pedro nunca teria nada.

"E eu sei que tem alguém que olha por mim e resolveu brincar. Como se fosse uma formiguinha, e esse alguém estava com a lupa queimando minha antenas para me deixar desnorteado. (...) Um pesadelo. Seria um labirinto sem saída. Uma casa de espelhos que, por onde eu olho, me vejo, sem saber se estou ou não estou. Se sou ou não sou."

Pedro é um personagem tão problemático que, diversas vezes, senti uma imensa dificuldade de compreendê-lo. Não conseguia torcer para que as coisas dessem - mais - errado para ele, mas também não fui capaz de sentir compaixão. Algumas de suas atitudes e de seus pensamentos eram tão desprezíveis que, às vezes, sentia raiva e nojo. Uma raiva interessante de se sentir porque é proposital; o própria autor te induz a isso. 
"Azar, azar é você ser traído, ser substituído e perceber que você não faz tanta diferença quanto pensava que fazia."

Sorte ou Azar? é um tapa na cara. É um livro que mostra o pior lado da vida. Mostra que a sorte pode existir, mas que um dia o azar vai bater na sua porta, pode ter certeza. Embora possa doer, ouvir verdades é bom, mesmo sendo elas o oposto do agradável.

Ainda assim, mesmo tendo devorado o livro, alguns detalhes me incomodaram: a linguagem por vezes é bem baixa; não há uma página no livro que não seja carregada de sexo - ou coisas relacionadas a ele; os erros são abundantes - erros gramaticais, de digitação, pontuação, falta de coesão e de coerência. É um bom livro, confesso! Mas que poderia ser melhor, poderia. 
"Sorte, sorte é ter a realidade maior que a expectativa. Azar, azar é ter a expectativa maior que a realidade."



Classificação:

18 comentários:

  1. Olá, Gabrielle! Livro interessante, afinal, esse assunto é muito questionado por todos. Muito boa a sua resenha. Abraços!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Gabrielle!
    Amei o blog de vocês *-*
    Não conhecia esse livro, e vendo sua opnião, acho que não curtiria ler... Gosto de livros bem emocionais ou intensos, mas que produzem uma transformação ou algo do tipo sabe... Não sei... Acho que esse não entraria na minha lista.
    Sua resenha foi ótima!
    Meu blog está fazendo um sorteio de Natal, passa lá para conferir ;)
    Bjos
    http://www.kelenvasconcelos.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei a temática do livro e eu me interessei demais!!! Mesmo com o lado negativo que você falou, acho que eu arriscaria ler sim...

    Próxima Primavera
    Participe do projeto "Grandes e pequenas conquistas de 2016"!

    ResponderExcluir
  4. Oie...
    Você me jogou um balde de água fria :(
    Estava bastante interessada em ler esse livro e ao você mencionar essa linguagem baixa super carregada de sexo me desanimei completamente, pois, não curto livros assim... Apesar de tudo, achei interessante o autor ter mostrado esse lado diferente, mais sombrio, que é fora do comum ser encontrado por aí.
    Infelizmente, não é uma leitura que pretendo realizar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, flor.
    AMEI sua opinião. Gosto de livros assim, que nos incomodam, que nos dão um tapa na cara e que nos apresentam um personagem difícil de engolir. Parece ter um pouco de Bukowski do autor. O tipo de autor que cria um personagem que nos faz rejeitá-lo como a vida parece também fazer. Mas é uma pena que tenha tantos erros e excessos. Espero gostar mesmo assim.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  6. oie
    aiii que capa linda e fiquei muito interessada por saber que é um belo tapa na cara, precisamos de leituras assim as vezes, muito legal mesmo sua dica, espero poder ler em breve e gostar muito

    BEIJOS
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Impossível não ee interessar por um livro que tem esse coelhinho Fofo na capa e essa sinopse que parece que conversa conosco. Para terminar sua resenha me tocou. Muito divertida e reflete muito suas emoções sobre esse livro. Quero muito ler em breve. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, fiquei sabendo do lançamento dessa obra e já queria ler para ontem...achei o enredo super bacana e sua resenha aumentou ainda mais a minha vontade de ler.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Oie! Nossa, eu tinha visto algumas divulgações dessa obra e, pela sinopse, tinha achado bem interessante. Assim como a capa, que eu amei. Mas, para ser bem sincera, eu não sei se leria. Claro que achei interessante esse negócio de o livro nos transmitir poucas e boas, mas essa história de ter tantas palavras e cenas baixas me incomoda. Vou anotar a dica, mas não tenho certeza se um dia vou ler... Adorei a sua resenha e o modo como transmitiu todos os pontos altos e baixos do livro. :3

    Beijos,
    Fernanda Goulart
    Psiu, vem ler! | @psiuvemler

    ResponderExcluir
  10. Oi, Gabrielle!

    Achei a capa um amorzinho! Fiquei curiosa porque creio que é o tipo de leitura que eu estava procurando. A proposta do livro parece ser bem interessante e criativa. Adorei sua resenha, parabéns! Vou anotar a dica com certeza!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Que pena existirem tantos erros na obra! A premissa é muito instigante e a capa também. AMEI saber tua opinião sobre ele, tão sincera. Com certeza os erros vão me incomodar imensamente, mas ainda assim quero ler. Ótima resenha!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Gabrielle!

    Achei a proposta do livro interessante, pois sorte e azar são assuntos bem discutidos na sociedade. E gostei também do fato do autor mostrar o lado ruim da vida, pois é a realidade de muitas e muitas pessoas. Ninguém vive um mundinho cor de rosa, afinal.
    Pena a obra ter tantos erros.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  13. Oi querida, tudo bem?
    Já tinha ouvido falar que esse livro estava sendo lançado e muita gente andava falando nele.
    Vendo a resenha, DAMN, O.o. Gente que é isso? Como se não bastasse a capa tensa e a sinopse que mais parece coisa de filme drama oitentista, ainda me vem esse texto falando desse livro. Jesus!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Caramba, eu acabei de ver uma divulgação desse livro e fiquei mega curiosa com a história. Depois de ler sua resenha e descobrir que tem tantos erros assim, desanimei total. Mas, eu sei que o livro pode ser bom, apesar dos erros. Minha atual leitura, também é assim. É um livro maravilhoso, mas tem tanto erros que me matam. Não sei se leria esse livro, mas quem sabe?
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  15. Se tem uma coisa que me irrita demais nos livros é a quantidade de erros. Eu leio muito, então sei que vai acontecer de passar um aqui, outro ali... Mas quando são muitos e de vários estilos, é falha na revisão e isso me deixa ainda mais irritada.
    Concordo com vocÊ que muitas vezes precisamos ouvir verdades, por mais que doa. E que a sorte pode ser uma boa, mas como tudo na vida tem os dois lados....
    Curiosa com esse livro.... Mesmo com os erros e sabendo que irei ficar mais que irritada, ainda pretendo dar uma chance :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu nao conhecia esse livro é confesso que de início ate estava animada com a história, mas conforme fui lendo sua resenha fui desanimando. O protagonista parece ser um personagem bem complicado mesmo e não acho que eu iria gostar dele. Tambem nao curto livros com linguagem baixa. Enfim, apesar de ser um bom livro, eu dispenso a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Logo quando vi esse livro pela primeira vez, achei a capa super interessante e a sinopse mais ainda. É uma pena que você tenha encontrado tantos erros e falta de coerência na história. Tenho certeza que esse enredo tinha tudo para ser ótimo, é uma pena que tenha deixado a desejar.

    Abraços, Lara.
    Psiu, Vem Ler!

    ResponderExcluir
  18. Nossa, acabei de vê a divulgação e já me deparo com esse velho problema da Chiado: revisão.
    Desde que tive contato com a editora eu me via nessa situação. Mas as obras são mt boas, o que me intriga é Pedro se considerar um fracasso.
    Vou ter que ler esse livro!
    Gostei da tua sinceridade, mesmo sabendo que vou encontrar esses erros quero ler!

    ResponderExcluir