quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

[Resenha] Meu coração e outros buracos negros, Jasmine Warga

Título: Meu coração e outros buracos negros
Autora: Jasmine Warga
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 312
Onde comprar: Saraiva | Submarino

Meu coração e outros buracos negros foi o primeiro livro selecionado para o clubinho, Sociedade secreta das blogueiras anônimas, comporto por mim, pela Tay, Tahis (Loves, Books and Cupcakes) e Bruna. A Bruna que escolheu esse livro – que ela já tinha lido e amado, então, esperava que poderíamos gostar – e, bem, ela estava completamente certa.

Nessa linda – e essencial – obra a autora, Jasmine Warga, decidiu abordar um tema amargo o suicídio e a depressão. Somos apresentados, inicialmente, à história de Aysel, uma menina de apenas 16 anos que vê sua vida desmoronando após o pai cometer um grave crime. Ela se sente culpada, deslocada e acredita que ninguém a ama, então, nada melhor do que acabar com a própria vida
“O problema do suicídio, que a maioria das pessoas não percebe, é ser algo realmente difícil de concretizar. Eu sei, eu sei. As pessoas sempre ficam de mimimi dizendo que “o suicídio é uma saída covarde”. E acho que é mesmo… quer dizer, estou desistindo, me rendendo. Fugindo do buraco negro que é meu futuro, me impedindo de crescer e virar a pessoa que tenho pavor de me tornar. Mas o fato de ser uma saída covarde não garante que vá ser fácil.”

Ela está em um site de suicídio (“Passagens Tranquilas”) – onde as pessoas encontram parceiros – e conhece RobôCongelado, um garoto que mora perto de sua pequena cidade e que quer se suicidar no dia 07 de abril. As coisas não poderiam estar melhor, eles querem morrer, tem uma data e podem fazer isso juntos, mas será que conhecer Roman – nome do RobôCongelado – não fará Aysel ver como é a vida e tentar, de alguma forma, ser feliz de novo?

Assim que conclui a leitura – há exatos 27 dias – pensei como escreveria a resenha e julguei, naquele momento, não ter palavras para descrever a obra. Eis que hoje ainda não as encontrei, mas preciso, pois o mundo precisa saber que esse livro existe e ler. 
“Qualquer um que já esteve triste de verdade pode dizer que não há nada de bonito, literário ou misterioso na depressão.”

É impossível você não torcer para que os personagens descubram alguma coisa que os façam mudar de ideia, ao passo que você acredita nisso, você entende que eles não querem mais viver, entende o que passa na mente deles e até acha certo. Então, é uma leitura bem ambígua nesse sentido, isso porque, a autora expôs muitíssimo bem a depressão e foi como se eu sofresse dessa doença e quisesse fazer o que os personagens queriam, conseguem entender meu lado? 
“Ultimamente, tem fingido que nunca aconteceu. Como se apenas deixar de falar sobre uma coisa a fizesse desaparecer. Posso contar um segredo? Não faz.”

A autora conseguiu mostrar muito bem que a depressão não é algo simples como muitos pensam e não é só deixar a pessoa lá quieta que as coisas irão passar. A depressão não é uma questão de dar tempo ao tempo, pois esse tempo pode te fazer perder uma pessoa que você ama. Então, se você conhece alguém que sofre dessa doença – ou você sofre com ela – consulte um especialista, diga para as pessoas, elas podem te ajudar. 
“Depressão é como um peso de que não se pode escapar. Ele esmaga você, faz até as menores coisas, tipo amarrar os tênis ou mastigar uma torrada, parecerem uma corrida de trinta quilômetros montanha acima. A depressão faz parte de você; está nos ossos e no sangue. Se sei alguma coisa sobre isso, é o seguinte: é impossível escapar.”

Por fim, já que não existem mais palavras capazes de descrever esse sentimento, recomendo essa leitura para o mundo, pois, mesmo que você não goste da história em si, concluirá a leitura entendendo o que se passa na mente das pessoas que sofrem dessa doença e quererá pegar cada um deles, dar um abraço e dizer que eles são importantes, que são amados. 
“Não se pode viver de milagres.”

Classificação:

34 comentários:

  1. Oi, Bruna!
    Sempre fui muito afim de ler essa história julgando essa capa linda e essa sinopse angustiante.
    Sua resenha é a primeira que leio a respeito e já me imagino morrendo de amores pelos personagens e por toda a história. Comprarei e lerei, sem dúvidas!
    Beijos,
    Carol | Fantasma Literário
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oiii Bruna

    O tema é pesado e bem atual, não dá pra ignorar e dizer que não, porque a verdade é que vem acontecendo bastante. Acho interessante a premissa da história e tenho curiosidade em conhecer como a autora desenvolveu a história. Esse vai pra listinha, parece ser ótimo.

    Beijos

    resenhaatual.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Bruna, gostei do título do livro e o compraria por isso. Pela sua resenha parece ser bem reflexivo. Vou colocar na minha lista.
    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna, tudo bem?
    Estou em choque agora! Eu me lembro de ter visto esse livro e me apaixonado por ele logo de cara sabe, mas acabei esquecendo da existência dele... até agora.
    Adorei sua resenha, e valeu por me lembrar dele.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  5. Oi! O livro aborda um assunto muito sério, infelizmente é uma doença que acaba com muitas vidas. Temos que nos atentar mais as pessoas, para socorrê-las. Não é fácil lidar e muitos as julgam. Com certeza essa história deve ser lida com consciência. Bjos ♥️

    Click Literário 

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Eu nunca participei de clube de livros e coisas do tipo, mas acho bem legal a idéia. Eu já conhecia esse livro mas nunca li resenhas, não que eu lembro. Falar sobre suicídio e etc é uma tarefa bem difícil eu mesmo não conseguia. Ainda não li nada que aborde esse tema, e achou que esse livro seja uma pedida. Acho essa capa muito linda e o título super fofo. Enfim, dica mas do que anotada e até mais ver.
    Bjks

    ResponderExcluir
  7. Ola
    Apesar de conhecer o titulo, sua resenha é a primeira que leio a respeito e nao poderia ter me interessado mais. A tematica é importante demais e eu gosto de me aprofundar nesse tipo de desenvolvimento. Realmente gostaria de ler e ja acrescentei na minha meta de leituras para o ano que esta iniciando.
    beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Bruna,

    Gosto muito de obras que abordem esse tema psicológico e tenho certeza que iria gostar desse livro. Achei a premissa bem interessante e fiquei curiosa pelo rumo que a vida da protagonista irá terminar e como será esse desfecho. Vou anotar a dica e espero ler futuramente.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  9. Olá Bruna, tudo bem?

    Não conhecia o título, mas gosto de livros que exploram o lado psicológico dos personagens. Acho que é por isso que acabo lendo sempre tantos clássicos, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Bruna,

    Esse livro esta entre minhas próximas leituras. Eu gosto muito de ler histórias com depressão, porque eu sempre tiro alguma lição, principalmente porque até hoje eu faço tratamento para meu transtorno depressivo recorrente. Então é bem difícil mesmo, e a maioria das pessoas julgam um monte, acham que é frescura, que é preguiça.. Quando definitivamente não é. Adorei sua resenha, bem delicada. :D

    bjs!

    ResponderExcluir
  11. resenha otima fiquei curiosa e é um dos livros que quero ler

    ResponderExcluir
  12. Olá. Eu sou Psicóloga, trabalho com saúde e estudo mecanismos de enfrentamento de pessoas com doenças crônicas no mestrado. Não costumo falar com frequência minha formação e nem costumo falar de minha pesquisa por aí por ser um tema bem pesado, mas eu precisava dizer para que você entenda o quanto me contempla quando há livros que falam de assuntos sérios como depressão e suicídio de uma maneira que não se compara ao senso comum como parece ser esse livro. Depois disso eu nem preciso dizer o quanto eu quero ler né? Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Nossa eu achei a capa muito bonita e diferente, e saber que a obra fala sobre a depressão despertou ainda mais curiosidade em mim. Você soube falar bem das suas impressões e tornou a leitura agradável e preciso ler o livro!

    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Nossa, eu não conhecia o livro, mas fiquei muito afim de lê ele por causa da tematica, do assunto que trata. Vou anotar a dica e espero poder lê ele em breve. Adorei conhecer essa obra aqui no seu cantinho, e fico feliz que tenha gostado.

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bom? Eu já queria muito ler o livro, mas agora sinto que preciso fazê-lo, e espero ter a oportunidade muito em breve. Acho que irei me identificar bastante com os personagens, especialmente pelo assunto abordado: depressão. Já passei por isso e é uma luta contínua. Sua resenha ficou maravilhosa!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá! Realmente o livro é muito bom! Li ele já faz um tempo e sua resenha me lembrou o quanto eu gosto desse livro! Parabéns pelo blog... Se tiver um tempo, entra no meu... https://mycutebubble.wordpress.com/ Feliz ano novo! Tomara que consiga ler os livros da sua 'meta literária' (li esse post tbm) ahahaha bjos

    ResponderExcluir
  17. Oi.
    Eu não conhecia o livro e achei a premissa interessante. Legal que expõe e nos faz entender o que uma pessoa com depressão sente.
    Interessante saber que você teve sentimentos ambíguos, de entender as motivações, sentir o que os personagens sentiam, isso é sinal de uma boa narrativa.
    Despertou meu interesse.

    ResponderExcluir
  18. Oieee
    Tudo bom?
    Nossa a temática do livro é bem forte e infelizmente bem atual, mas só vemos que alguém está passando por esse problema quando não podemos mais ajudar.
    Acho que a leitura dessa história deveria ser obrigatória.
    Achei bem interessante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Ainda não tinha visto um enredo que trabalhasse a depressão de uma forma tão clara e delicada assim. Obrigado por nos trazer suas impressões do livro, e o quanto ele conseguiu te tocar a cada página. A trama forte e cheia de momentos emocionantes, me faria ler o livro em poucas horas.

    ResponderExcluir
  20. Oi Bruna,
    Ainda não conhecia esse livro é meu Deus, quanta intensidade vi nessa resenha. Com certeza os temas abordados são bem fortes, e imagino a emoção descrita em cada palavra dessa história. Adorei sua resenha. Parabéns!
    Bjim,
    Tammy

    ResponderExcluir
  21. Oi, Bru

    Não conhecia o livro e adorei essa capa. O que você sentiu lendo esse livro foi basicamente o que eu senti lendo Como Eu Era Antes de Você. Eu queria que a Lou fizesse o Will mudar de ideia, mas ao mesmo tempo eu entendia o que ele estava sentindo.
    Gostaria sim de fazer essa leitura!

    Beijo

    ResponderExcluir
  22. Oi Bruna, tudo bem?
    Acho que ler a resenha desse livro hoje veio bem a calhar sabe.. ontem eu simplesmente estava tão triste que desejei morrer....E as vezes só não levo esse desejo adiante porque tenho meus filhos que sei que precisam de mim. Mas no dia seguinte eu acordo e vejo que foi só um dia difícil... Um dis ruim...
    Acho que a história desse livro deve ser realmente linda mas acredito que no momento que estou se eu o ler talvez mergulhe mais para baixo ainda uma vez que você disse que ele faz com que você entenda os motivos dos personagens e sente como eles.
    Vou deixar a dica anotada para quando eu estiver mais tranquila.
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Oiii!!
    Ainda não conhecia esse livro. Eu já passei por depressão e sei o quanto é difícil. Quando não se tem ajuda de ninguém é pior ainda, a pessoa vai se afundando mais ainda nesse poço sem fundo. Gostei de conhecer esse livro, acredito que seja uma excelente reflexão para todos que passam, já passaram ou que conhecem alguém que está passando por isso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá,
    Já tinha visto algumas coisas sobre o livro por ai, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha.
    Fiquei bem intrigada para saber mais sobre como aqui é abordada a depressão e como ela é uma doença complicada ao contrário do que muitos acham por ai e até mesmo dizem que é frescura! Sério já vi gente chamando a doença de frescura e que era falta de ter o que fazer!!
    Adorei saber suas impressões e espero ter a oportunidade de ler.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Já tinha visto o livro por aí, mas nunca tinha me interessado em ler a sinopse ou procurar uma resenha. Achava que era um romance cheio de clichês. Que surpresa a minha ao ler a sua resenha. Estou totalmente apaixonada por essa história.
    Depressão é uma doença tão poderosa e ao mesmo tempo tão ignorada. Muitas pessoas não conseguem entender e acreditam ser apenas um estado de espírito, como se no dia seguinte tudo estivesse melhor. Mas não vai estar.
    É sim uma leitura super válida, já que precisamos que todos entendam o que é a depressão e o que as pessoas que a tem pensam.
    Já quero esse livro pra mim.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. Olá!!
    Já tinha ouvido falar desse livro mas nunca tinha visto nenhum resenha sobre ele,e fiquei bem curiosa com essa leituras,percebi ser um livro com a leitura bem fluida apesar de ter um tema pesado.Já incluído na minha listinha!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/12/resenha-sombra-do-passado-sylvain.html#comment-form

    ResponderExcluir
  27. Eu já tinha ouvido falar do livro, ele até está na minha lista de leituras mas ainda não tinha lido nenhuma resenha. ele tinha ido para a lista só pela capa e título, que eu adorei muito.
    Saber um pouco mais da premissa me deixa com medo de ler (por causa do tema) e com muita vontade de ler (por causa do tema!). Acho que deve ser uma leitura mais do que interessante, daquele tipo que a gente não consegue ficar indiferente e que trás muito o que se pensar...
    Adorei sua resenha!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  28. Primeiramente. EU AMEI SUA RESENHA.
    Cara esse livro é tão incrível que eu,voc e as outras meninas fizemos resenhas completamente diferentes, essa leitura é uma experiência de vida cara.
    “Não se pode viver de milagres.” É uma frase que eu levo pra vida.
    E que venha o beijo da decepção

    ResponderExcluir
  29. Oi Bruna, tudo bem?
    Já vi algumas críticas desse livro e pelo que percebo ele divide muitas opiniões. Ou você ama ou odeia. E sempre os pontos destacados são os mesmos, seja para o lado positivo ou negativo. Eu lendo a resenha percebo que você gostou e espero ficar nesse time também pois quero muito ler o livro.

    ResponderExcluir
  30. Oi Bruna, tudo bem? Acho muito interessante livros que abordam essas temáticas, até porque a depressão é uma doença silenciosa que precisa de tato para ser abordada e observada, mas achei meio macabro um site onde pessoas marcam data para se suicidar. De toda forma, qualquer obra que vise nos fazer entender melhor esse tema é válida e portanto, é uma leitura que eu faria sim ! Bjossss

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Olá, não conhecia essa obra, adorei o título e a capa <3
    Gosto da temática e acredito que essa séria uma ótima leitura para mim nesse momento, vou anotar a dica!

    Abraços

    ResponderExcluir
  32. oi!

    não conhecia Meu coração e outros buracos negros ainda e ja entrou para lista de desejados!

    Gosto muito enredos que nos trazem acontecimentos sobre suicídio e ja criei expectativas para a obra.

    Sua resenha esta incrível e amei saber sobre a Sociedade secreta das blogueiras anônimas kkk

    Abraços!

    ResponderExcluir
  33. adoro livros que ajudam a conscientizar as pessoas sobre problemas sérios que as pessoas geralmente ignoram, depressão é coisa séria e pode levar anos até que a pessoa melhore, infelizmente não dá p fazer/melhorar sem ajuda, mas não é todo mundo que aceita receber ajuda
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  34. Oie,
    As pessoas não entendem que a depressão não tem nada haver com religião, falta disso ou daquilo. A pessoa mais saudável está propensa a passar por isso com um simples stress. Aprendi isto e mais um pouco convivendo com meu noivo (psicologo). Amei sua resenha, e já sinto ressaca literária por ai. Além de trabalhar com uma temática atual, que poucos tem acesso.
    Beijos

    ResponderExcluir