quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

[Resenha] Boa noite, Pam Gonçalves

Título: Boa noite
Autora: Pam Gonçalves
Editora: Galera Record
Páginas: 240
Onde comprar: Saraiva | Submarino

Boa noite nos apresenta à história de Alina, uma moça que sempre viveu perfeitamente, era boa aluna, boa filha, boa menina e, mesmo que isso não fosse ruim, ela não quer mais ser essa menina. 
“Não tenho nada contra a minha família. Eu só gostaria de aproveitar a oportunidade de começar tudo de novo. Onde ninguém me conhece de verdade. Onde posso ser quem eu quiser.”

Alina foi aprovada no curso de Engenharia da Computação e decide fazer disso uma mudança em sua vida, mas logo nos primeiros dias ela começa a ver qual é a realidade do curso escolhido: numa sala repleta de homens e aceitação de mulheres na turma é bastante ruim e ela se vê indignada com isso. O único lugar onde se sente bem recebida é na república que mora, junto de Manu, uma menina louca, o casal apaixonado Talita e Bernardo e o lindo do Gustavo
“(...)
– Você escolheu porque os outros disseram que era melhor? – Manu pergunta com os olhos arregalados.
Faço que sim, e ela balança a cabeça.
– Espero que você aprenda a ter mais opinião, mocinha. (...)”

Eles a adotam como caloura e começam a levá-la para várias festas, onde conhece algumas pessoas e passa a beber. Alina começa a se sentir mal por usar o dinheiro que seus pais lhe enviam e quer parar, mas seus amigos conseguem ser persuasivos, até ela descobrir algumas coisas que fará com que ela veja as coisas de uma outra forma e, principalmente, que a mudança pode não ser tão boa.   
“Muita gente fala que a faculdade é a oportunidade ideal para escolher quem você quer ser. E não é que já estou vendo alguma verdade nessa afirmação? Minhas aulas nem começaram, mas me sinto diferente.”

Logo que esse livro foi lançado, quis fazer a leitura, mas perdi a vontade quando comecei a ler algumas opiniões negativas. Quando vi o livro em promoção na Black Friday não pensei duas vezes e comprei meu exemplar, fazendo a leitura logo que chegou.

No começo, achei que não fosse gostar do livro, não estava conseguindo me envolver com a Alina e não via muito sentido na trama ser apenas embasada na mudança de uma aluna nerd para uma menina antenada. Foi muito gratificante ter visto que a trama não gira em torno disso apenas. 
“Pela primeira vez em muito tempo desejo ser a Alina do passado de novo. Tentar ser diferente não está sendo uma boa experiência.”

Alina é uma menina que passou por algo que eu passei: a não aceitação na turma da faculdade por ser uma mulher e o curso ser masculino e achei muito legal a forma como a Pam trabalhou isso, pois ela soube retratar como é se sentir nessa situação, ela mostrou muito bem que, muitas vezes, o preconceito não vem apenas dos colegas de classe, mas dos professores. Tive inúmeros professores que, no primeiro dia de aula, disseram que nós, mulheres, não concluiríamos o curso, pois era muito difícil e não era para nós. Esse preconceito está enraizado na mente de muitas pessoas e acredito que não conseguiremos nos livrar dele tão cedo.

Gostei muito do tema trabalhado na obra – que não divulgarei para não estragar a surpresa – e, apesar de ter achado algumas coisas previsíveis, a forma como a Pam empoderou a mulher foi sensacional.

Apesar de eu ter achado a escrita da Pam um pouco crua e que ela precisa amadurecer um pouco nesse quesito, é uma leitura muito rápida e recomendada, mas não pense que é uma leitura despretensiosa, ela tem uma lição muito bonita para passar.

Por fim, o lugar da mulher é onde ela quiser.

Classificação:

24 comentários:

  1. Oi, Bruna! Fiquei curioso com a mensagem que o livro tem a passar, para aquele que o lê. Livros com mensagens por trás é sempre válido, porque além de nos entreter, tem algo a nos ensinar, e isso é gratificante para o leitor. Bela dica e um feliz natal e um 2017 repleto de realizaçôes. Até mais ver.

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bru.
    A sua resenha ficou bem gostosinha de ler.
    Agora entendi o porquê da foto do livro com o notebook, hahaha, estava me perguntando o motivo.
    Eu não leria o livro, você sabe, até te pedi uns spoilers, mas acho que pode agradar várias pessoas, pelo seu comentário. E a mensagem a ser passada é muito boa.
    Beijocas
    Historiar

    ResponderExcluir
  3. Oi Bruna, ainda não li nada da Pam e tenho curiosidade. Eu desconfiava que a escrita dela precisaria ser trabalhada, mas acredito que isso vai se resolver com o tempo. Quero ler Amor nos tempos dos likes e Boa Noite.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Como você também estava interessada nesse livro e vi algumas resenhas negativas, por isso fiquei com o pé atrás. Sem contar que também fico um pouco desanimada ao pensar que a trama gira em torno de uma garota que mudou de cidade. Mas fico mais aliviada lendo sua resenha, pois quero saber qual a reflexão que traz essa história. Confesso que não é muito o meu gênero literário, mas fico muito curiosa pelo livro e espero em breve poder embarcar nessa história.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro. Eu já fiz essa leitura e gostei, apesar de não ser aquilo tudo que imaginava. Talvez eu comecei lendo pensando que ia ser uma coisa e foi outra, de qualquer maneira vale a pena ler sim. Realmente há passagens bem previsiveis, mas ainda assim a temática foi bem desenvolvida, concordo com sua opinião.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Bru!
    Eu quero muito ler esse livro justamente porque a Alina faz um curso quase igual ao meu. Diferente dela, no meu curso os professores e os colegas de classe apoiam bastante as mulheres do curso.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário
    Participe da promoção de três anos de Um Oceano de Histórias
    Participe do Sorteio de Final de Ano

    ResponderExcluir
  7. Oi, Bruna. Quero muito conhecer a escrita da Pam e enfim saber mais sobre essa história. Não concordo com a atitude da Alina de mudar da água para o vinho somente para se encaixar, acho isso bem ridículo, mas com as decepções da vida, acredito que ela irá aprender. Espero gostar também.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do Sorteio de Natal

    ResponderExcluir
  8. Hi baby, tudo bem? confesso que não estava dando muita bola para esse livro mas a premissa é bem legal, esse preconceito relacionado ao tipo de áreas de atuação é bem presente na nossa sociedade e é legal ver um livro abordando esse tema! vou ler com certeza! excelente resenha <3

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Oii Bruna,
    Já li muitas resenhas e achei a proposta da Pam bem interessante! Pretendo ler em breve!

    https://leituraecappuccino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Já vi algumas pessoas falando sobre esse livro, mas ainda não estava com muita vontade de ler ele. Sua resenha me animou um pouco, vou tentar ele esse livro em breve.

    Epílogo em Branco

    ResponderExcluir
  11. Oie bru, que bom ver que o livro te surpreendeu. também desanimei quando comecei a ver as opiniões negativas, mas é um livro que tem uma temática que me atrai. Gostei de saber que a autora trabalhou bem no empoderamento da mulher, e como é uma de suas primeiras obras, certamente ela terá muito a amadurecer ainda nos próximos livros.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu lembro desse livro quando saiu, e acredito que essa escrita crua é motivo de não ter prática, não se escreve da noite para o dia um romance e já se joga para publicar, isso tudo das editoras que querem apenas público comprando, e para isso usa os youtubers, porque fala sério, a maioria dos autores nunca publicam o primeiro livro e quando publicam já tem vários contos e textos escritos. Não sei ela, mas não vejo como jogo de marleting da editora. Vendas. Pelo menos você soube escrever uma excelente resenha! Parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Oie Bru,
    Conheci a Pam pela divulgação de sua obra na Bienal, mas não consegui me apegar ao enredo pelos comentários negativos de outras resenhas. Por outro lado, eu leria a obra por ter uma linguagem crua, pena que não é amadurecida. Mas acredito que nada como outros livros para amadurecer.
    Beijos,
    Amanda M.

    ResponderExcluir
  14. Oiee, tudo bom?? Adorei a resenha!! Eu acho que lerei esse livro só pelos temas abordados, que são muito importantes e deveriam ter mais espaço na nossa literatura. Minha irmã leu recentemente e adorou. Espero gostar! :D A capa é lindíssima!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá! Tudo bem por aí?

    Eu acompanho a Pam há bastante tempo e fiquei muito curioso para saber o que esperar dela em seu livro. Acho que já até sei qual o tema meio previsível que você falou que é abordado, mas eu quero ler para confirmar. Eu também li algumas críticas negativas, mas algumas positivas também. Está nas minhas metas do ano que vem lê-lo e espero que ele não me decepcione. Adorei a sua resenha e adoro o seu blog <3. É sempre gratificante dar uma passadinha aqui.

    Beijão!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Olá. Assim como você acabei vendo resenhas bem nagativas desse livro e acabei desistindo. Ainda vi essa promoção na Black Friday e não fui esperta. Não comprei, mas depois de sua resenha quero muito ler. Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oiee Bruna ^^
    Eu ainda não li esse livro, mas estou curiosa, pois li o conto da Pam em "Amor nos tempos de #likes" e gostei. Fico feliz em saber que você gostou da obra, e que a história possui um assunto mais profundo do que aparenta. Mas é uma pena que algumas coisas sejam previsíveis, né?
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  19. Oi Bru,

    A premissa é bem boa e tem uma lição importante no livro, mas achei bem infantil e crua a escrita da pam e foi isso que me incomodou no livro. Mas no geral foi uma história bacana de acompanhar. Tenho certeza que ela vai melhorar muito em sua escrita.

    Parabéns pela resenha e boas festas! <3

    ResponderExcluir
  20. Olá Bruna,
    Concordo com você que a Pam precisa amadurecer ainda mais sua forma de escrita, ela ainda é falhas em muitas coisas, principalmente no desenvolvimento dos seus livros. A premissa deste livro me chama atenção e realmente vi muitas coisas negativas sobre, mas depois dessa sua resenha vejo que merece uma pequena chance.

    ResponderExcluir
  21. Oie!!!!!
    É chato quando estamos interessados em fazer certa leitura e nos deparamos com uma resenha negativa, né? Normalmente eu avalio os pontos negativos que o resenhista levantou para ver se concordo ou não com o seu ponto de vista.
    Que bom que você aproveitou as ofertas, comprou, leu e gostou da obra. Eu gostei desta mensagem que sua resenha passa do livro, pois considero uma barbaridade o pensamento que certas carreiras não podem ser executadas por mulheres. O pior foi ler que professores difundem esse absurdo!
    Fiquei curiosa pela leitura e agradeço a dica!
    Bjinhos;)
    Elaine M. Escovedo
    Caminhando Entre Livros
    Http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Ja li varios comentarios sobre Boa Noite!

    Apesar de ter um orgulho e tanto quando vejo obra nacional eu tenho medo de me decepcionar, pois varios autores iniciantes imitam sem escrúpulos o enredo de grandes obras internacionais que fizeram sucesso!

    No geral eu gostei bastante de "Boa Noite", mas não sei se leria por hora! Saí há pouco de uma grande decepção literária e justamente com livro nacional! Preciso me recuperar. A dica ficará anotada!

    Abraços, Amanda M.

    ResponderExcluir
  23. Oi Bruna!
    Já faz vários anos que acompanho o canal da Pam e sempre gostei muito dos vídeos que ela faz. Porém, ainda não tinha conseguido me interessar muito pelo livro dela. Mas agora lendo a sua resenha - e mesmo apontando alguns pontos negativos - o meu interesse por ele duplicou. Gosto demais quando a história trata de algum tipo de preconceito e o presente nesse é algo que todo dia acontece com as mulheres na faculdade.
    Pretendo ler ele em breve...
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/12/critica-animais-fantasticos-e-onde.html

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Eu já li um conto da Pam e confesso que não fui muito cativada, mas eu tenho curiosidade com esse livro, porque quero cursar engenharia e achei interessante a autora abordar como é difícil a aceitação de mulheres na turma, porque infelizmente ainda vivemos em um mundo muito machista :/ Enfim, não parece uma grande obra, mas ainda parece valer a pena ler.

    Beijos :*

    ResponderExcluir