sábado, 5 de novembro de 2016

[Resenha] O Erro, Elle Kennedy - Amores Improváveis #2

Título: O Erro
Autora: Elle Kennedy
Série: Amores Improváveis #2
Editora: Paralela (cortesia)
Páginas: 279
Onde comprar: Saraiva | Submarino

O Erro, segundo volume da série Amores Improváveis, é, como o primeiro volume, uma obra clichê. Neste volume somos apresentados à história de Logan e Grace.

Logan parece ter a vida que todos gostariam, ele tem um talento incrível para o hóquei e conquista mulheres muito facilmente, mas, como nem tudo são rosas, ele tem dois segredos, o primeiro é estar apaixonado pela namorada do seu melhor amigo e o segundo, após a formatura, sua vida será enterrada debaixo da terra.

“Mas a família vem em primeiro lugar, e eu dei minha palavra. Não posso voltar atrás agora, não importa quão tentador seja.”

Grace é virgem, mas não do tipo que quer se guardar para o resto da vida. Ela também é a típica aluna perfeita, gosta de estudar, tem uma amiga – Ramona -, e vai à muitas festas, mas parece que ela não está aproveitando muito seu primeiro ano na universidade, pois vive sempre às sombras da amiga. Ela é tímida e vibrante, mas nunca se viu chamando a atenção de um aluno mais velho, até ele bater à sua porta.

“Por que não posso me divertir com um cara no banheiro? Estou na faculdade, droga. Deveria estar aproveitando a vida, fazendo besteira, “me encontrando”, mas não fiz merda nenhuma durante o ano todo. Vivo através da Ramona, que se arrisca e tenta coisas novas, enquanto eu, a santinha, fico aqui, me agarrando ao ideal de vida regrada que meu pai me impôs desde quando eu ainda usada fralda.Estou cansada de ser cautelosa. E boazinha. (...)”

Logan estava em casa, não queria mais sair e ficar em festas com várias mulheres e bebendo, mas também não quer ficar em casa e ver sua paixão nos braços de seu melhor amigo. É por conta disso que ele parte para uma festa, mas esqueceu-se do celular e não se lembra do número do apartamento, forçando a mente, ele bate à porta de Grace. Obviamente, ela se surpreende e eles acabam passando um tempo juntos e começam a se aproximar, mas Logan não tira a outra pessoa da cabeça e se surpreende com uma revelação de Grace, o que os afasta durante as férias.

Como disse no começo, o livro é clichê, você começa a leitura já sabendo o que vai acontecer no final, mas esse livro foi diferente, pois, para o segundo problema do Logan eu não via solução enquanto ela não aconteceu.

Acho que as coisas aconteceram um pouco rápido demais no primeiro encontro deles, mas gostei do desenrolar que a obra teve, principalmente, porque o maior drama nessa obra é do lado do mocinho e estamos acostumados a ver apenas mocinhas dramáticas. A questão da resolução do problema um do Logan foi bem trabalhada, porque ele não cobiçava a namorada do amigo, mas o que o amigo tinha com a namorada. Ele cobiçava o relacionamento e acho que muitas pessoas fazem isso sem nem ao menos perceber.

Uma coisa que incomodou um pouco foi a Ramona, amiga de Grace – se é que podemos chama-la assim. Ela é o tipo de mulher perfeita que quer ficar com vários rapazes, mas cobiça um especial. Só que tudo o que ela faz parece ser deixar a Grace para baixo e duvidar do que sua amiga é capaz e o que já fez. Não gostaria de ter uma amiga como a Ramona.

Entretanto, apesar de ressaltar isso como ponto positivo a leitura foi muito agradável e foi impossível não torcer pelos protagonistas, para que eles corrigissem seus erros e ficassem juntos, para que pudessem ter uma chance de ser feliz e o final encheu meu coração de alegria. Se a obra tivesse mais umas 30 páginas e algumas coisas fossem melhor explicadas, a leitura seria, ainda mais, prazerosa.

“Pertencimento. É a única forma de descrever a onda de sensações que me invade. Seus lábios pertencem aos meus. (...)”

Recomendo para quem quer uma leitura leve e envolvente que fará o leitor torcer demais pelos protagonistas. Agradeço o grupo Companhia das Letras pela oportunidade de ter nos enviado o livro para resenha, foi muito gratificante ter lido.



Classificação:


13 comentários:

  1. Oi Bruna. Já li algumas análises à respeito desse livro e, apesar de ele nunca ter me chamado à atenção, gostei pelo fato de você dizer que, é uma leitura leve e envolvente, quem sabe eu dê uma chance para a obra. Abraços!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. é uma trama que me atrai, espero ler em breve
    estou realmente muito curiosa, o enredo me é atrativo e principalmente eu curto os clichês que percebo na trama
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá! Confesso que não gosto muuuito de romances, muito menos esses tipos clichês, como você disse, que você começa a ler e já sabe o final. Gosto daquelas obras bem surpreendentes, com finais que nem passam pela minha cabeça. Mas de qualquer forma, gostei da sua análise do livro, ressaltando pontos positivos e negativos. Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oiee Bruna ^^
    Também não gostaria de ter uma amiga como a Ramona *-* ainda não li o primeiro livro, mas tenho o segundo aqui. Estou enrolando para comprar o primeiro...haha' principalmente por ter visto que muita gente achou a história um tanto fraca e clichê *-* Quero conhecer esse final que te deixou feliz!
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  5. Eu estou lendo no momento, estou quase na página 100, e me surpreendo em como a escrita da autora é envolvente, li muito rápido essas páginas! A trama pode ser clichê, mas já estou apaixonada por tudo, assim como no anterior. *-* Ansiosa para continuar!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Apesar de eu ver uma leve semelhança com a história de After, eu fiquei bem interessada nesse livro, primeiro pela capa e segundo pelos bons comentários que a obra vem recebendo. Ainda não li o primeiro livro, mas já está nos meus planos, e espero ler o mais breve que conseguir, pois estou bem curiosa para essa série.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Pessoas como a Ramona eu quero distância. Não li o livro ainda, mas estou bem interessada. Não tinha lido críticas a esta suposta amiga, que para mim tem e ciúmes e inveja.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. olá,flor...
    ah, clichÊs me incomodam demais...quando percebo que a trama é construída sem inovação acabo desistindo...
    Ramona deve ser uma personagem detestável, já imaginei uma dessas na vida... credo...

    tinha visto o lançamento mas nao solicitei por realmente não ser o ttipo de livro que eu curta...
    bjs....

    ResponderExcluir
  9. Ai, clichês...
    Por mais que eu já tenha lido muitos livros parecidos com esse, e até mesmo gostado, dessa vez vou passar.
    Já tinha ouvido falar do primeiro livro e também não havia gostado. Você até conseguiu desperta um pouco da minha curiosidade, mesmo assim o fato de eu já ter imaginado o final e da Ramona ser uma péssima amiga me desanimaram.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nossa que diferente mesmo o drama por parte do personagem masculino, achei bem interessante e curioso, me chamou a atenção esse detalhe. Realmente só de ler a resenha já parece ser algo previsível, mas ao mesmo tempo adoro uma leitura leve e que tira a ressaca de tramas mais darks, então com certeza eu gostaria de lê-lo.
    Bjos.

    www.euvoceeoslivros.com

    ResponderExcluir
  11. Ramona acabou sendo uma das personagens que marcou em sua resenha. Seria ela uma das personagens principais ou apenas Grace? Confesso que o Logan é o canalha de belo desastre, mas nada que Grace não possa resolver. Lá vou eu falar de novo, não gostaria em hipótese algumas ter uma miga como a Ramona.
    Amanda Melo

    ResponderExcluir
  12. Olá. Não curto muito esse tipo de livro clichê justamente pelo final ser previsível e eu gostar de ser surpreendida. Achei o enredo envolvendo os protagonistas interessante e um pouco diferente do que costumamos ver nesse tipo de livro, mas não sei se chegaria a ler a obra apenas por este motivo.

    ResponderExcluir