terça-feira, 20 de setembro de 2016

Livros difíceis

Olá leitores!

Recentemente os canais Minha Vida LiteráriaPalavras RadioativasQueridinhos da EstanteLivros & FuxicosSegredos Entre AmigasResenhando Sonhos e Equalize da Leitura criaram um projeto chamado Minha Vida de leitor. Nele, cada booktuber, fará uma postagem sobre determinado tema e o primeiro tema escolhido, Livros difíceis, me fez pensar em quais leituras achei difíceis e, por isso, decidi apresentar para vocês, confiram:

O Diário de Anne Frank, Anne Frank
Acho que é impossível pensar em difícil e não associar, imediatamente, a essa obra. Como muitos sabem, temos o relato de uma criança sobre o período da Segunda Guerra Mundial e sobre tudo o que ela sentiu na época e pelo que passou. Sei que seu sofrimento não foi tão grande como de muitos outros, mas ela sofreu e foi uma leitura muito difícil.

Papillon, Henri Charriere
Poucas pessoas conhecem esse livro – eu, pelo menos, nunca ouvi falarem dele – mas ele tem uma história tão difícil, tão sofrida, que só de lembrar sobre um arrepio pela espinha. Nessa obra conhecemos a história do autor, Henri Charriere, um homem que foi condenado, aos 25 anos, por homicídio, à prisão perpétua. Henri sofre coisas inimagináveis na prisão e ler foi doloroso. Precisei parar de ler inúmeras vezes para processar o que estava lendo.

A Casa do Céu, Amanda Lindhout e Sara Corbett
Mais um livro que foi escrito baseado em fatos reais. Nessa obra conhecemos Amanda, uma menina que sofreu quando criança – utilizava de revistar para fugir de um lar violento –, mas que conseguiu seguir sua vida e viajar pelo mundo, após tornar-se repórter. O que ela não esperava era que, numa viagem à Somália, sua vida mudaria drasticamente pois seria mantida em cativeiro por 460 dias. O que Amanda passou em todos esses dias é inimaginável. Ela viveu momentos terríveis, teve que adotar crenças para que pudesse sobreviver e bolar inúmeros planos de fuga. Assim como os outros livros a leitura de A Casa do Céu gera um sofrimento muito grande e foi bem difícil. Também foi difícil assimilar tudo o que tinha lido quando o livro terminou.

Mais um livro sobre a guerra, mais um livro com um sofrimento inimaginável. Nessa obra conhecemos a história de Sarah, mas nem sempre esse foi seu nome, ela se mudou com a família, quando mais nova, para Berlim. Por serem judeus, sofreram tudo o que se pode imaginar de pior durante a segunda guerra mundial e coisas tristes e sofridas aconteceram com ela. É uma ficção, eu sei, mas também é uma obra que chega bem perto da realidade de muitas pessoas e, apenas por isso, a leitura torna-se extremamente dolorosa e difícil.

Diferente dos outros livros, a leitura de A Geografia de nós Dois não foi difícil pelo fato de a história ser sofrida, mas, sim, por não ter me sentido envolvida com os personagens e a trama em momento algum. Infelizmente, essa obra não funcionou para mim e foi bem difícil concluir a leitura.







Me contem quais foram os livros mais difíceis que vocês já leram e o motivo. Também me contem se já leram algum desses livros.

Beijos,

27 comentários:

  1. Gosto muito de livros parecidos com o de Anne Frank (garotas que relatam o que passaram na guerra). É difícil a gente ler tudo aquilo, imaginar como deve ter sido etc. Sempre acabo me envolvendo demais emocionalmente com essas histórias. Não tive oportunidade de ler O Diário de Anne Frank, mas tenho muita vontade!

    Abraços.
    http://cantinhodaescritablog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu não conhecia o projeto mas confesso que achei ele bem legal. Sempre tem aque lê livro que é bem complexo de se ler ou o livro foi escrito cheio de adereços que deixa a leitura mais cansativa, por são mais complexas e difíceis de ser entendidas. Para você ter a idéia eu demorei 3 dias para ler um epílogo de 15 páginas rsrs. Quero muito dar uma chance a Jennifer E. Smith, pois não me agradei muito com A Probabilidade Estatística. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Poderia citar muitos livros difíceis, mas gostei das suas citações. Concordo plenamente com Anne Frank e A casa do céu. Achei a proposta dos canais maravilhosas. Impossível não pensar em um livro que não seja difícil ou complexo demais né?
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir

  4. Oi Bruna! Livros difíceis eu já li alguns, desses aí eu li o Geografia de nós dois, a leitura foi um bastante decepcionante pra mim, mas não foi difícil. Um livro que eu gostei bastante, pela historia tensa e comovente foi MALICIA da Danielle Steel. Se você não o leu, recomendo, acredito que você, caso leia irá gostar. Abraços!!!

    Marcas literárias
    leootaciano.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei as obras citadas, amo o diário de Anne Frank, foi uma das minhas leituras favoritas e realmente é uma leitura difícil.
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  6. Oi Bruna!
    Realmente "O Diário de Anne Frank" é difícil e não por causa da sua escrita, mas pelo que ela e a sua família passaram e que retratou milhares de outras vidas que sofreram tanto ou até mais na SGM.
    Eu não conhecia "Papillon" e "A Casa do Céu", mas fiquei interessada neles. E imagino que eles foram difíceis pela mesma questão do Diário... E serem baseados em fatos só torna a leitura mais angustiante.
    Parabéns pelo post, adorei!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. OI Bruna, também estou acompanhando a ação dos canais e essa temática também me fez pensar nos livros difíceis de serem lidos. Ainda não li o diário de Anne Frank, mas pretendo. Ainda quero ler A Geografia de Nós Dois, mesmo correndo o risco de não me envolver com os personagens e com a história, como aconteceu com você.
    Adorei o post!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Bruna!

    Tenho acompanhado a série de vídeos das meninas no youtube e adorei o seu post. Sério que a geografia de nós dois não te envolveu? eu adorei tanto. Uma pena mesmo. Eu nunca tive coragem de ler o diario de Anne Frank, pois eu sou muito sensível com histórias da 2ª guerra e sempre senti que lendo esse livro, eu teria um impacto muito forte. Ainda quero ler. Haha.

    Os outros livros não conhecia, mas gostei de saber suas opiniões e porque eles foram dificeis para ti.

    Adorei o post!

    bj =)

    ResponderExcluir
  9. Os textos mais difíceis que li na vida têm como ponto comum a II Guerra Mundial. O Diário de Anne Frank é de fato o mais conhecido e doloroso, não pela escrita em si, mas por tudo o que representa, especialmente quando se vislumbram os desejos da menina, os anseios acalentados que jamais se realizariam. Visitar o Museu em Amsterdã termina por elevar a experiência à potência máxima, dessas que a gente nunca mais esquece.

    Outros livros que me causaram desconforto têm a ver com o campo de concentração de Treblinka. O relato de Chil Rajchman em "Eu sou o Último Judeu" é pungente, seco e terrível, mas mesmo assim não se compara a "Inferno de Treblinka" do escritor russo Vassily Grossman, uma obra curta, brilhantemente escrita, mas incômoda e desafiadora na mesma proporção.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu sempre tive vontade de ler o livro A Geografia de nós Dois, mas depois de ver tantas resenhas negativas eu desisti de ler o livro. Mas é pra isso que vale as opiniões. O Diário de Anne Frank sempre tive curiosidade em conhecer, mas acho que a leitura seria muito arrastada.
    Os outros livros não conhecia.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  11. A casa do céu e O diário de Anne Frank são livros maravilhosos, me emocionei bastante com a leitura deles... realmente, haviam trechos que eu precisava parar, respirar fundo e seguir adiante com os capítulos... quanto aos demais, nunca li nem sinto interesse...
    curti esse tipo de postagem, bem peculiar :D
    bjs...

    ResponderExcluir
  12. Eu já li O Diário de Anne Frank, e adoraria ler Papillon e Beco das ilusões que já ouvi muitos elogios. Na verdade toda sua lista eu queria rsrs. Em relação à um livro difícil que li, acho que são tantos, depende tanto do momento e do envolvimento, mas para não cair no mesmo tema, vou falar todos os do Khaled Hosseini (O silêncio das montanhas, A cidade do sol, O caçador de pipas. Foi total envolvimento com os personagens.

    *☆* Atraentemente *☆*

    Khaled Hosseini

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bem? Adorei o post! Fiquei pensando aqui nos livros difíceis que já li... Acho que até agora o livro mais difícil e sofrido foi o Uma Vida Pequena, que coincidentemente é meu livro favorito da vida. Mas é sofrimento demais!!!!
    Quero muito ler A Casa do Céu! Parece ser um livro extremamente tocante.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Nossa, adoro as postagens relacionadas a um determinado tema, pois sempre traz livros que eu não conheço. O único que eu conheço e já li é o livro A Geografia de Nós Dois, pois li recentemente o livro e gostei bastante da narrativa da autora.

    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  15. Oi, flor. Papillon me atraiu... Fiquei intrigada para entender como o sujeito em questão conseguiu fugir da prisão (acho que fugiu, considerando o subtítulo) e como enfrentou tanta maldade lá dentro. Sabe, o tema sempre me atraiu. Eu acho que a prisão deve servir para reabilitar as pessoas à sociedade, mas as pessoas a consideram como "vingança". Vai para a cadeira "para sofrer". Complicado. Isso não é justiça e não melhora ninguém. Se todos os bandidos que temos hoje nos presídios, de repente, fugissem... sabemos que todos precisaríamos temer, porque eles carregam um ódio do mundo que é irrefreável. Tudo o que se aprende no inferno.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Bru, tudo bem?
    Ainda não li nenhum dos livros citados, mas adorei a postagem :)
    Quero muito ler Diário de Anne Frank, embora saiba que vou sofrer bastante :(
    A Geografia de nós dois tenho vontade de ler. Mas não vou mais com tanta sede ao pote hahahha
    Eu sofri muito Em Um Novo Amanhecer. Chorei do começo ao fim, mas é uma história de amor hahahhaha
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá! Já li O Diário de Anne Frank, realmente não é fácil, parece que a gente sofre junto. A Geografia de Nós Dois seria minha próxima leitura, fiquei aflita, será que também não vou me envolver?
    Um livro que eu achei difícil, não pela escrita, mas por causa da história é Simplesmente Acontece, não consigo nem ver o filme sem chorar, tantos desencontros :(
    Adorei o projeto, mal posso esperar pelos próximos posts.
    Beijos, Luana

    ResponderExcluir
  18. Oi, Bru

    Acredito que muitas pessoas conhecem sim Papillon, mas a maioria tem mais de 30 anos e não tem blog! hahahaha
    Eu tenho o livro, e realmente ele é bem denso, tanto que parei e nunca mais voltei, e olha que isso tem mais de cinco anos! hahaha
    Os outros eu ainda não li, nem Anne Frank, e para te falar a verdade nem sinto vontade, esses livros sempre me deixam muito mal, prefiro ler coisas que me deixam pra cima.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oiee
    Dos livros que você leu eu não li nenhum, mas já fiz algumas leituras difíceis também e olha eu geralmente evito, mas as vezes não dá pra fugir. Acho que uma dessas leituras foi proibido, esse é um dos livros que eu mais amo e ele entra em todos os meus tops.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oiee Bruna ^^
    Eu também não me senti envolvida com os personagens de "A geografia de nós dois", então também o colocaria nesta lista. "Beco da ilusão" partiu tanto o meu coração...haha'. Assim como "O diário de Anne Frank", ele conseguiu mexer bastante comigo.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Antes de mais nada, amei o seu post. Eu já li vários livros difíceis por inúmeros motivos. Dessa sua lista, eu li O Diário de Anne Frank, foi tá penosa a leitura que apesar de ter uma edição linda, nunca mais consegui reler. A Casa do Céu tá na minha lista de futuras leitura, tá faltando só tempo pra encaixar. Os outros eu não conhecia e não me interessei muito.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  22. Acho que qualquer livro do período das guerras torna-se uma leitura difícil, mesmo assim não costumo deixar de lado este tipo de leitura. A casa do Céu foi um soco no meu estômago. Ficava tensa pensando e imaginando o que ela estava passando por lá. Os outros eu não li ainda, mas livros com fatos reais são sempre mais complicados.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  23. Oi Bruna,
    Adorei a ideia desse post. Anne Frank também entraria no hall de livros difíceis para mim, sua temática é realmente bem difícil e forte. As outras obras eu ainda não li, mas fiquei bem curiosa em saber mais sobre "A casa do céu", me chamou a atenção.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  24. Oi Bruna,
    Que legal esse post! Adorei a ideia. Nossa, tem livros que nos marcam por motivos diversos, não é mesmo? Até os chatos e cansativos de ler. E aqueles que o final é tão mal resolvido que você tem vontade de gritar de raiva? Infelizmente já li uns assim. Gostei de ler suas impressões sobre os livros, principalmente o da Anne Frank. O li há tantos anos, e lembro de sofrer junto à personagem. Acho que foi o primeiro de muitos livros que eu chorei durante a leitura. Abraços

    ResponderExcluir
  25. Oi, Bruna! Ainda não li estes livros, mas com suas descrições posso imaginar um pouco sobre as leituras. Um livro difícil pra mim foi "O capital", que li na faculdade, e embora saiba da importância da obra, tenho que confessar que a leitura foi sofriiiida! rs Da sua lista ainda quero ler Anne Frank e sou curiosa com A geografia de nós dois. ;)

    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Aquele momento que me sinto péssima por não ter lido nenhum desses livros e o único que pensei em ler você não ter curtido tanto (a geografia de nos dois) sinceramente amiga, quero nossa sintonia literária de volta. Hahahaha. Como já sabe Paola, rainha da minha vida, então tô lgd nos desafios, adorei que entraste na onda.

    ResponderExcluir
  27. Oi Bruna, tudo bem?

    Realmente a leitura de Anne Frank é bastante difícil, tanto pela escrita quanto pelos acontecimentos que a rodearam, o que aproxima também de "A menina que roubava livros".

    Sinceramente amei o projeto! (:

    ResponderExcluir