segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Você gosta de ler livros clássicos?


De escritores brasileiros renomados como Machado de Assis, José de Alencar e Manuel Antônio de Almeida. Você já leu algum livro que foi escrito por escritores que marcaram a história da nossa literatura? Se você não leu, não sabe o que está perdendo. Há uma variedade enorme de opções.


Não tenho nada contra qualquer tipo de livro. Eu leio de tudo! Se você quiser dar uma conferida na minha estante, vai ver que estou sendo sincera, pois lá tem de tudo mesmo, inclusive, clássicos da literatura brasileira. E não, não é porque eu sou estudante de Letras. Eu já lia tais livros antes de começar a faculdade.

Estou querendo chegar ao seguinte ponto: não consigo compreender as pessoas que dizem não gostar de clássicos nacionais, mas nunca pegaram um livro sequer para ler. É aquela mesma questão que envolve comida, você diz que não gosta de uma coisa que nunca comeu antes. Peraí, mas se você nunca comeu, como sabe que não gosta? 

Tudo bem para aqueles que já fizeram tentativas, mas para aqueles que nunca fizeram, por favor, parem com o preconceito. Sim, a palavra é essa mesmo, preconceito. Costumamos ouvir o seguinte: “são cansativos”, “são chatos”, “a linguagem é difícil”. Sim! É claro que existem livros que se encaixam nessas categorias, mas não somente os clássicos. Cada livro carrega em suas páginas a sua essência. O grande problema é essa generalização que existe. E eu sei que algumas pessoas se traumatizam quando são obrigadas a ler pela escola, mas isso não o impede de procurar um livro do seu interesse para fazer a leitura.

Vivemos em tempos em que as pessoas vivem dizendo que devemos valorizar o livro nacional, mas nunca pegaram um clássico para ler. Tem algo de errado aí. Deveríamos começar pela história para chegar ao presente. Mas, infelizmente, isso acontece muito pouco. E é algo que me entristece bastante.

E você? Qual a sua opinião acerca dessa questão? Não deixe de me contar nos comentários!

Beijos e até a próxima.

Por Thamiris Dondóssola, do blog Historiar.

37 comentários:

  1. Olá Thamiris!
    Infelizmente fui uma das traumatizadas pela escola. Na época em que fui obrigada a ler os classicos nacionais para o vestibular não gostei de nenhum deles. Um dia ainda quero adquirir alguns e tentar ler com mais calma, sem pressão, e ver como lido pois gosto bastante dos clássicos ingleses.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - Participe do nosso SORTEIO do DIA DO HOBBIT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thalita.
      Fico feliz em saber que você ainda vai tentar ler algum livro com calma.
      Eu também adoro clássicos ingleses!
      Beijos

      Excluir
  2. Olá Thamiris
    Li poucos livros clássicos, mas gostei dos que li, apesar de não serem considerados inesquecíveis por mim, ou que eu gostaria de reler. Acho que, a escola pode mesmo ter influencia sobre isso, e é por isso que acredito que deveria haver uma mudança. Quem sabe assim, deixando o caminho mais livre aos alunos, poderia despertar mais o gosto e hábito pela leitura..
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fer.
      Sem dúvida alguma deve haver uma mudança. E digo mais: ela está acontecendo, aos poucos. ^^
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Thamiris, só li os obrigatórios por causa da escola e confesso que não gostei mesmo. Deve ser por causa da obrigação é falta de maturidade ou de vocabulário mesmo, alguns são mais difíceis. Acredito que a maior parte não lê hoje em dia por causa dos trabalhos escolares mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, coloquei isso no texto, a obrigação dificulta as coisas.

      Excluir
  4. Oi Thamiris, eu leio clássicos e releio também. Os nacionais foram minha verdadeira paixão na éoca da escola, viro o nariz apenas para um deles, O Ateneu do Raul Pompeia, porque realmente, a história não me envolveu. O restante, mesmo leituras obrigatórias, me "ensinaram" a ler. Gostaria de ler mais clássicos universais, e espero conseguir!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda!
      Eu ainda não li O Ateneu, mas tenho aqui em casa.
      Beijos

      Excluir
  5. Ola amore...
    Gosto sim de alguns clássicos...
    Quanto aos clássicos da literatura brasileira... até curto alguma coisa, mas, acho que as escolas quando obrigam tal leitura fazem com que as pessoas comecem a criar uma certa repugnância à leitura, e isso não é bom...
    Valorizo sim a literatura nacional, independente dos tempos... mais acho que as atuais ainda são deixadas de lado.
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você acha que os livros atuais são mais deixados de lado do que os clássicos? Bom, eu não creio muito nisso. Há um preconceito com o brasileiro atual, mas o preconceito com o clássico se sobressai.
      Beijos

      Excluir
  6. Olá!
    Quando fui obrigada a ler no Ensino Médio, simplesmente odiei. Acho que foi por causa da abordagem que os professores fazem, nos obrigando a ler a obra e contando muito pouco sobre tudo o que está por trás dela e sobre o momento histórico em que ela se encontrava, já que literatura e história andam juntas. Agora que estou na faculdade de Letras, simplesmente estou amando e fico me perguntando porque não dei uma outra chance antes.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Thamires!

    Muito legal o seu post. Eu sempre penso que a literatura na escola deveria levar em consideração a opinião dos alunos sobre livros clássicos. Eles são ótimos, e importantes para a literatura nacional, mas serem apresentados para adolescentes não é nada interessante. Eu tive que ler na escola (como quase todo mundo) e não gostei. Após uns anos, quando li novamente, percebi que eram muito bons. Só que essa percepção vem também com maturidade. Não adianta apresentar um livro que adolescentes de 15 anos vão ler por obrigação e falarem mal por aí... uma pena, mas é uma realidade. Por isso tem muita gente que fala que não gosta de ler, o pouco que teve que ler na escola, foram livros complicados e de difícil compreensão.

    Abraços, Helô

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez a abordagem que te foi apresentada não foi agradável, mas há muitas formas sim, de apresentar clássicos para adolescentes.
      Beijos

      Excluir
  8. Hey!
    Seu post é de fato bastante pertinente. No entanto, por ter uma linguagem mais difícil, não chama a atenção de todo mundo, e outro fato é que é uma leitura obrigatória nas escolas, o que atrapalha um pouco. Eu mesma tive bastante dificuldade em gostar de clássicos, e li poucos. O meu preferido é Capitães da Areia, que me emocionou bastante. Parabéns pelo post, incentivar a leitura é sempre ótimo.
    Um abraço!

    https://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Gosto bastante da literatura clássica, embora elas não sejam a maioria na minha estante. Acontece que alguns livros realmente me marcaram e me enriqueceram culturalmente, mas outros que li por obrigação no ensino médio, me deixaram muito insatisfeita, as vezes por ter um final cru, outras pela linguagem demasiadamente rebuscas e outras por eu simplesmente estar lendo por obrigação, o que não tornava a leitura tão agradável. Ainda assim adoro as histórias de Machado de Assis dentre outras figuras.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  10. Eu leio de tudo assim como você aqui em casa fica facil ler livros clássicos por causa da minha mãe que acumulou esses livros durante a vida dela a maioria dos clássicos que eu li foram por indicação dela, na época da escola eu não lia era bem difícil eu estar em casa com tempo para leitura como sempre gostei de sair passava a maior parte do dia na rua e chegava em casa só para dormir então a partir do momento que a literatura entrou na minha vida foi uma enxurrada de livros antigos tanto nacionais como estrangeiros (já que eu não comprava) um dos meus livros prediletos é do Gabriel García Márquez, e os primeiros capítulos dele foram terríveis o que eu sempre digo é que leio até receita no fundo de embalagem no final tudo fica bom.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  11. Oi, tamiris, acho que é pura verdade o grande preconceito das pessoas. Eu mesma fui alguém que teve muito preconceito, e por isso esse ano me propus a ler clássicos da literatura, nacional e internacional e descobri coisas maravilhosas, como por exemplo o clássico capitães da areia, que me deixou apaixonada. Também acho que a valorização da literatura nacional deveria começar de baixo, lá dos clássicos e não da atualidade, embora esta também seja muito importante. Adorei a reflexão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu só? Que bacana!
      Que bom que gostou do post.
      Beijos

      Excluir
  12. Olá,
    Eu não tenho nada contra aos clássicos, embora faça um certo tempo que não leio algum.
    E sou bastante eclética quanto ao que leio também, a obra simplesmente precisa me cativar e lá estou eu lendo. Um dos livros que mais gosto e sempre gostei mesmo antes de ter que ler para prestar vestibular é Vidas Secas! Acho simplesmente uma leitura que todos deveriam fazer e sou apaixonada por Baleia e os preás rsrs

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu amo livros clássicos, brasileiros e estranheiros. Mas esse gosto foi algo que adquiri mais na minha fase adulta, justamente por causa da escola, fica muito difícil se interessar por Machado de Assis quando se tem 14 anos e mais outras 8 provas para estudar. Depois que passei dessa fase já li vários clássicos brasileiros, só ainda não consegui perder a implicância com o Machado, acho que ficou um trauma. Enfim, concordo totalmente com você de que devemos valorizar nossos clássicos! Acho que posso dizer que Lucíola é um dos meus favoritos!

    Beijos,
    Mariana Baptista
    umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é só o Machado que é clássico, há uma enorme variedade. Eu acredito que o problema é a abordagem.
      Amo, amo, amo Lucíola. ❤

      Excluir
  14. Concordo com você! Não sou muito de ler livros clássicos, mas já li e estou com um aqui em casa para ler. Também sempre ouço pessoas falando sobre valorizar a literatura nacional e é importante não esquecer também desses livros. Realmente tem algumas pessoas que ficam traumatizadas quando os professores obrigam a ler, mas vale a pena dar uma segunda chance! Amei o post.
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Eu tomei muita birra dos clássicos por causa da escola, pois estudava em um curso técnico integrado, e a professora de portugues cismava e nos obrigar a ler e produzir um mini filme sobre um livro a cada bimestre, e com várias tarefas de cálculos pra fazer isso acabava se tornando uma coisa terrívelmente desagradável.
    Então desde então nunca mais dei uma chance a esses livros

    ResponderExcluir
  16. Olá
    Nossa, eu super te intendo quando é esse assunto. O famoso preconceito literário sempre é mais focado em clássicos nacionais, creio que tenha a ver com o trauma de ler obrigado na escola! Meu primeiro contato foi assim também. Mas tem várias história super bacanas pegando essa linha. Uma dica para quem diz "não gostar" dos clássicos é pegar um e ler sem ser obrigado! Creio sem dúvidas que a leitura vai ser bem proveitosa e eles vão pegar gosto pra coisa! Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bom? Eu gosto de livros clássicos nacionais sim inclusive meu livro preferido é o Guarani do José de Alencar que é um livro maravilhoso que eu acredito que todos deveriam ler.Assim como Senhora e Iracema. Já Machado de Assis a única coisa que li foi Dom Casmurro e eu odiei imensamente. Concordo com você temos que experimentar antes de saber se gostamos ou não isso inclusive nos livros.
    Bj

    ResponderExcluir
  18. Adoro clássicos, nacionais e internacionais. Acho que o pessoal da minha sala na escola me odiava, rs,porque eu sempre amava quando era "obrigada" a ler algo assim, as histórias me fascinavam. Muita gente tem preconceito mesmo, mas tenho certeza que cada um é capaz de encontrar algo que agrade no meio de tantas opções, basta tentar.

    ResponderExcluir
  19. Olá
    Bom eu já li muitos principalmente Machado de Assis para a escola e as vezes era uma leitura forçada pela escola, mesmo eu gostando dos clássicos aos poucos fui me afastando por que ja não sentia vontade de ler, mas os que eu li eu amei.

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Eu não costumo ler livros clássicos, isso porque não é meu gênero favorito, mas ja li alguns, gostei e outros não gostei. No entanto, eu ainda pretendo ler mais clássicos, simplesmente porque acho importante e interessante ler. E justamente por achar isso acredito que todo mundo deveria ler, mas o pessoal tem esse preconceito mesmo e o problema começa na escola, acho que se a mesma tentasse passar a leitura de alguns clássicos de uma forma diferente, não obrigando o aluno que não gosta de ler livro algum ler um clássico de cara talvez mudasse um pouco isso. Mas não dá pra culpar só a escola mesmo, é muito da pessoa, hoje em dia muitos não gostam de ler, logo um clássico é praticamente uma leitura impossível pra pessoa. Mas tem os que gostam e torcem o nariz para os classicos, oque é uma pena :/

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  21. Já li muitos clássicos, hoje estou lendo bem menos. Acho que a pessoa que diz não gostar de clássico sem nem ao menos ter lido um não deve ter a opinião levado em conta. Da mesma forma que os que dizem que apenas clássicos contam como leitura. Há espaço para tudo. Já li clássicos que amei e outros que odiei, como todos os gêneros. Espero que as pessoas mantenham as mentes mais abertas e aceitem pelo menos ler um ou quem sabe dois para conhecerem e falarem melhor.
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Eu penso que o mundo está muito chato e isso está se estendendo para a literatura também. Quer dizer, se você não lê nacional, você não apóia os autores da sua região. Se você gosta de ler romances ou eróticos você é mal amada. Se você lê históricos é metido a cult e por aí vai...
    Eu não sou a maior fã dos clássicos, principalmente por não me identificar muito com as histórias e é o que eu procuro quando resolvo ler alguma coisa.
    Agora, eu amo os clássicos do teatro. Para mim, Moliere é incrível em suas peças - e gosto muito mais de Beckett e Pirandelo do que de Shakespeare - embora também o adore...
    Na minha opinião, mais importante do que ler clássicos é ler. Então se as pessoas que falam mal dos clássicos usassem esse tempo para encontrar seu estilo de leituras, o mundo ficaria muito mais interessante.
    Adorei sua postagem e o levantamento da questão :)
    Até porque mesmo entre blogueiros literários - que deveriam ter a mente mais aberta - já vi muitos falando mal dos clássicos... Enfim...
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  23. Oie...
    Sempre tive o hábito de ler clássicos e quando comecei a investir na blogosfera me assustei com o quão os leitores andam preconceituosos com relação á esses exemplares... Fico indignada, porque, principalmente os clássicos nacionais, são a verdadeira essência da nossa literatura e quando a gente os deixa de lado é o mesmo que deixar pra trás uma longa estrada da literatura.
    Beijos

    ResponderExcluir