quarta-feira, 17 de agosto de 2016

[Resenha] O ano em que te conheci, Cecelia Ahern

Título: O ano em que te conheci
Autora: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito (cortesia)
Páginas: 336
Onde Comprar: Saraiva | Submarino

Em O ano em que te conheci somos apresentados à história de Jasmine, uma moça que possui uma vida imperfeita. Ela acabou de perder o emprego e está em uma licença por um ano para que não vá trabalhar para empresas concorrentes. Agora, aquela mulher que tinha uma vida toda agitada se vê em uma fase em que não tem nada para fazer e tempo livre resulta em pensamentos confusos e atitudes confusas.  

“Não ter um emprego me forçou a encarar aquilo que mais odeio no mundo e em mim. No trabalho eu podia me esconder e me distrair. Sem um emprego, tenho de encarar as coisas, pensar nas coisas, questionar as coisas, encontrar uma maneira de realmente lidar com as coisas que venho evitando há um bom tempo.”

Suas amigas, quase todas casadas e sendo mães, a convidam para ser madrinha de seus filhos, para tomar café ou quando precisam de um tempo para elas, aqueles cinco minutos de paz. Sempre que esses convites aparecem os sentimentos de Jasmine são controversos: alegria por ter algo para fazer e tristeza porque sua vida passou a ser isso.

Além de encontrar-se com as amigas, Jasmine possui outro passatempo, observar seu vizinho da frente Matt. Ele possui um programa no rádio e faz piadas e comentários infames sobre os mais diversos temas e, em um programa, ele fez um comentário sobre algo que fez Jasmine odiá-lo. Agora, ela se vê quase que contente com a desgraça dele, mas começa a sentir sentimentos controversos. Ele chega bêbado quase todas as noites com a música no último volume e fazendo escândalo para a esposa abrir a porta para ele. Por que a esposa não o deixa? Por que ela se submete a isso?

“Por anos eu venho dizendo a mim mesma que Heather depende de mim para consertar tudo. Mas será que é isso mesmo? Ou será que eu acho que ela queira que eu conserte tudo? Agora me dou conta de que ela nunca me pediu para resolver nada, nem deu nenhum sinal de que espera que qualquer coisa seja alterada por mim; eu é que coloco essa pressão sobre mim mesma.”

Heather é a irmã mais velha de Jasmine e possui Síndrome de Down, mas, nem por isso, sua vida é estagnada, ela é bem ativa e faz mais coisas do que muitas pessoas ‘sadias’. Ela é a grande paixão de Jasmine e esta seria capaz de matar e morrer pela irmã, é extremamente protetora com ela e a ama com todas as forças. O relacionamento das duas foi incrível e muito marcante.

Matt e Jasmine precisam aprender que os dois estão em uma situação parecida e, por conta disso, pode surgir um sentimento de carinho e amizade que é muito bonito.

O principal motivo para eu gostar tanto da escrita da Cecelia são seus personagens, eles são reais, enfrentam problemas reais e são imperfeitos. A Jasmine era uma mulher que vivia para o trabalho com uma agenda ocupadíssima. Ao perder o emprego é como se ela tivesse perdido tudo, mas também é uma forma de ela se conhecer, desacelerar, avaliar suas necessidades e fazer algo para se tornar melhor.

No começo da leitura estava bem preocupada, pois não conseguia me conectar com a Jasmine, entendia as situações que ela estava passando, pois também estou desempregada, mas não conseguia aceitar o que ela estava fazendo. O Matt também foi um personagem odioso, eu o odiei desde o primeiro momento em que ele pareceu, meu ódio se intensificou por saber o que ele havia falado. Mas, conforme a leitura foi transcorrendo percebi que eu estava mais do que conectada à Jasmine, que tínhamos muitas coisas em comum e que o Matt não era uma pessoa não ruim quanto transparecia, ele tinha lá seus momentos ruins, mas era uma boa pessoa, no fundo, estava apenas perdido.

O desenrolar da história me agradou muito, pois é notável o crescimento da Jasmine e como ela se conhece nesse período em que fica desempregada, é um autodescoberta incrível. Ela começa a se sentir em paz quando mexe em seu jardim e faz disso seu passatempo, algo que a ajuda a se manter sã. O mesmo começa a acontecer com Matt e percebemos que os dois participam dessa jornada de autodescoberta porque se conheceram, eles têm muitas coisas em comum e isso ajuda um ao outro.


O ano em que te conheci foi mais um livro da autora que me conquistou completamente, que me deixou com os olhos marejados e torcendo para que as coisas dessem certo. Além de ter sido uma jornada de autodescoberta para os personagens, foi uma jornada de autodescoberta para mim, pude refletir sobre várias coisas que se passam em minha mente e analisar o que deveria fazer em relação a outras. É uma leitura mais do que recomendada.

"Milagres só crescem onde vocês os planta."

Classificação:


37 comentários:

  1. Oi, Bruna. Tudo bem?
    Sou um amante da escrita da Ahern e não há um livro da autora que eu li que deixasse a desejar. Estou com o meu aqui na estante esperando ser lido, tô ansioso para fazer a leitura. Sua resenha foi a primeira que li com pontos positivos sobre o livro e me deixou mais confortável.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Aaaah eu estou no começo dessa leitura e estou nessa fase de ainda não me conectar bem com os personagens. Mas vou continuar a leitura e esperar me apaixonar também por esse livro!!

    Beeijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rai, espero que você curta o livro.
      beijos ♥

      Excluir
  3. Bru,
    Eu gostei muito dessa relação entre a Jasmine e o jardim dela. Depois de um certo tempo eu percebi a essência do livro. Valeu muito a pena ter lido.
    Eu sei o quanto você gostou e fico muito feliz por isso. ♥
    Beijoca

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna
    as histórias da autora são sempre muito realistas e é por isso que eu adoro fazer a leitura de seus livros. Estou curiosa por essa história porque só pelos comentários já consegui me identificar com a protagonista e quero saber mais a respeito.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Então, o que eu posso dizer dessa autora que todos comentam horrores e eu nunca li nada dela? Rsrs, essa é minha relação com a Cecelia. Achei a proposta desse livro super legal, me parece ser um livro de romance bem intenso. Adorei saber o que os personagens da autora trás para você! Gosto muito dessa capa e o lápis com as sementinhas que veio no kit foi lindo! Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Manoel,
      O romance não é intenso. Nessa obra temos uma protagonista se auto-conhecendo e esse é o ponto alto da história.
      Beijos ♥

      Excluir
  6. Nossaaaa que capa maravilhosa, já quero ler !


    www.sindromedoluxo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Bru! Amei seu blog! ;)
    Namoro esse livro pela capa tem um tempo. Depois dessa resenha super preciso!*-*
    Uma beijoca,

    Resenhando por Marina e Te Conto Poesia

    ResponderExcluir
  8. Oi Bru! Amei seu blog! ;)
    Namoro esse livro pela capa tem um tempo. Depois dessa resenha super preciso!*-*
    Uma beijoca,

    Resenhando por Marina e Te Conto Poesia

    ResponderExcluir
  9. Tenho uma relação de amor e ódio para com esta autora. Amei P.S. Eu te Amo, mas odiei O Livro do Amanhã e isso me deixa indecisa se devo ler mais alguma coisa dela. Acho a capa deste livro mega romântica!!!
    Adorei suas considerações sobre o enredo e gostei de saber que a conexão com a protagonista foi se estabelecendo ao longo da leitura.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Bruna. Que linda resenha!
    Eu gosto muito da Cecelia e estou louca para ler este livro desde que ele saiu. Acho que vai ser uma leitura muito agradável, e também acho que irei me descobrir mais ainda.
    Um abraço!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Fico feliz em saber que o livro foi favoritado. Infelizmente eu não tive a mesma experiência com ele :/. Concordo que é super notável o crescimento da Jasmine, mas achei que a leitura ficou um pouco cansativa.

    Parabéns pela resenha. Beijos! * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Muitas pessoas estão achando a leitura cansativa e entendo esse lado, pois, se não fosse por minha conexão com Jasmine, também acharia.
      Beijos

      Excluir
  12. Olá Bruna,

    Li esse livro algumas semanas atrás e confesso que não tive a mesma experiência positiva que você. A escrita da autora é impecável e por isso a leitura fluiu bem, mas a história foi muito morosa, sem nenhum acontecimento significativo, só ficado nos dramas da protagonista. Sinceramente eu esperava mais, ainda assim fico feliz que você tenha apreciado.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  13. Desempregada - toca aqui o/. Acho que agora meio país está na mesma situação da jasmine, mas eu não tenho um vizinho para ficar olhando. hahahahahaha. Eu também adorei a escrita da cecelia, porque ela coloca estes personagens que são assim mesmo e ainda bem que não foi um romance, fiquei até mais feliz por isto.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. \o
      Metade do país está como nós estamos. Foi muito bom não ter sido um romance e essa questão de auto-descoberta foi incrível.
      Beijos ♥

      Excluir
  14. Ola Bruna essa capa é tão linda, o fato da protagonista crescer na trama me convida a ler o livro, a premissa em si não tem algo que me chame atenção, mas lendo sua resenha percebi como a autora leva emoção ao leitor. Com certeza irei ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu já tive contato com a escrita da Cecelia e a forma com a qual ela cria suas tramas é deliciosa de acompanhar e flui bem demais!
    Ainda não li essa obra, mas gostei de saber que os personagens são bastante "palpáveis", enfrentam problemas reais e são imperfeitos.
    Tô curiosa a respeito dessa coisa odiosa que o personagem falou e como será a relação entre os dois.
    O livro parece trazer boas reflexões após a leitura.
    Dica anotada, espero ler em breve!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Eu já havia visto esse livro na livraria, mas não me interessou na hora! Mas confesso que com sua resenha, fiquei curiosa. Quero conhecer Jasmine e Matt, saber o desenrolar do relacionamento dos dois, e principalmente, o que ele falou que deixou tanto Jasmine quando você irritadas kkkkk
    E não posso me esquecer de Heather, por ter uma irmã especial, amo quando me deparo com personagens desse tipo, e sempre acabo me apaixonando por eles!
    A capa é linda, mas não me chamou tanto a atenção, mas pretendo dar uma chance para o livro.
    "Milagres só crescem onde vocês os planta." Com toda certeza do mundo *--*

    Beijinhos...
    Desencaixados

    ResponderExcluir
  17. Oi Bruna, tudo bem?! Eu não sou adapta a muitos romances mas a capa desse livro é tão linda que por si só me conquistou. Achei o enredo diferente e louca para saber qual foi a piada que o Mat fez no rádio que deixou a Jasmine louca da vida e curiosa para saber sobre o acidente que ele sofreu.
    Pretendo ler em breve.
    BJ

    ResponderExcluir
  18. legal que a conexão com a personagem veio, mesmo que não tenha sido logo de cara... quanto ao vizinho,fiquei curiosa em saber porque ele soa tão odiável no começo mas depois a gente simpatiza com ele... acho que vou colocar o meu frente a algumas leituras... ghehehe
    bjs...

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Eu ainda não tive a oportunidade de conhecer a escrita da autora, mas só vejo elogios. Esse livro eu achei muito interessante porque passa uma mensagem que às vezes precisamos desacelerar dessa rotina doida que temos para podermos aproveitar as pequenas coisas da vida.
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  20. Olá amore,
    Que capa linda – já amei!
    Fiquei muito mais curiosa ainda com o que diz... de ter servido pra fazê-la refletir... to precisando disso ultimamente!
    Dica anotada!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Eu gostei muito do livro também, toda essa jornada da protagonista e as coisas que ela vai percebendo apartir do momento que começa a pensar corretamente e ocupar a sua cabeça com as coisas que são realmente importantes.
    Só fiquei um pouco incomodada com oa paragrafos excessivamente grandes, pois atrasaram muito minha leitura

    ResponderExcluir
  22. Oi Bru
    Olha fico feliz de ler uma resenha positiva do livro, assim me sinto mais animada de fazer essa leitura em algum momento, pois já tentei ler outro livro da autora e não apreciei tanto, o que me fez ficar com o pé atrás.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Hey!
    Tenho lido tantas resenhas de livros dessa autora que to me mordendo pra ler algo dela logo, aliás, tenho P.s. eu te amo na minha estante, está em lista de espera. Essa história em especial, o que mais me chamou a atenção foi a capa. E o que percebi da autora, é que ela costuma falar mais do dia a dia com drama e romance, e gostei muito dela por isso. Eu odeio quando demoro para me apegar aos personagens e nem sempre isso acontece, como quando li os 13 porquês, que embora tenha sido uma boa leitura, não me senti apegada a nenhum deles. Gostei da resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Bruna, a Cecelia tem este dom mesmo de embargar nossos olhos e nos envolver completamente em suas histórias. Esta parece não ser diferente, apesar de eu não ter lido ainda. Tem um bom tempo que não leio algo dela, mas este livro tem me chamado atenção.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  25. Olá.

    Eu nunca li nada da autora, mas vejo muitas pessoas falando bem da obra. Bem legal que o livro fez vc refletir sobre algumas coisas e que vc se emocionou lendo o livro. Lendo sua resenha eu fiquei curiosa e talvez eu leia mais p frente. No momento, eu não estou a procura de leituras com uma carga emocional.
    Gostei da sua resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não tinha visto nenhuma resenha sobre esse livro, logo fiquei animada de cara. Bom, é interessante a autora ter trazido um personagem com Síndrome de Down. Além disso gostei de saber que a protagonista amadurece e que ela é uma personagem real, tanto que o leitor se identifica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  27. Oie!
    Eu li esse livro, mas gostei tanto assim da ahistória. O que eu não gostei tanto foi que a protagonista fica a divagar demais em seus pensamentos, e isso cansou durante a leitura. Mas traz uma mensagem linda.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carla,
      Muitas pessoas não estão curtindo o livro por conta das divagações da Jasmine, mas foram elas que me fizeram entrar na minha mente e me conhecer melhor, sabe?
      A mensagem é linda mesmo.
      Beijos

      Excluir
  28. Olá, tudo bem? :)
    O único livro que li da autora foi P.S. Amo-te, e apesar de ter gostado confesso que preferi o filme. Por conta disso, não voltei a dar outra oportunidade, e mesmo gostando da sua resenha, ainda não me sinto preparada nem com vontade para mudar essa situação, pelo menos por ora.
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  29. Oi, tudo bem?
    Acredita que nunca li nada da Cecelia? Mas tenho vontade.
    Entendo o que Jasmine passou com a mudança na rotina, eu saí do meu segundo emprego recentemente e ainda não sei o que fazer com o tempo livre que eu imaginava fazer N coisas, rs.
    Fiquei bem curiosa sobre como irá terminar esta história, pois a premissa me interessou.
    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Oiii, tudo bom??
    Eu ando lendo muito pouco e nunca tive a oportunidade de ler algo dessa escritora, achei a capa magnifica. A sinopse deixou a desejar. Esperava um pouco mais de informação, agora sua resenha foi maravilhosa. E o quote que você escolheu é lindo. Gostei bastante e fiquei um pouco curiosa para saber um pouco mais sobre a Jasmine e sua irmã também
    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Oi Bruna! Tudo bem?
    Amo Cecelia e estou ansiosa para ler esse! Ainda não tenho e não vejo a hora de comprar! Essa autora escreve maravilhosamente bem e não tem um livro dela que li que não tenha gostado, amei todos!
    Bj

    ResponderExcluir
  32. Oi Bruna, tudo bem?
    Sabe que eu já ouvi falar muito desse livro, até sempre senti uma certa vontade em ler ele, mas não sabia exatamente do que se tratava. Adorei ver a sua resenha e descobrir que ele é um livro marcante que trás uma mensagem boa. Eu sou suspeita de falar pois amo livros assim, e sua resenha está muito bem escrita e fiquei com mais vontade de ler ainda. Com toda certeza lerei em breve.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir