terça-feira, 23 de agosto de 2016

[Resenha] A Garota de Treze, Lilian Reis

Título: A Garota de Treze
Autora: Lilian Reis
Editora: Mundo Uno (cortesia)
Páginas: 220
Onde Comprar: Saraiva

A Garota de Treze é um livro infanto-juvenil que nos apresenta a Lucinda, ou Luce, para os mais próximos. Ela acabou de completar treze anos, mas odeia ter essa idade. O motivo? Não tem liberdade, nem peitos, não é popular e ela nunca foi beijada. Na mente dela, se ela tivesse dezesseis anos todas essas coisas não mais seriam problema e ela será feliz.

“Por muito tempo, desejei que todos me notassem. Queria ter dezenas de amigos e ser popular; queria que os carinhas mais velhos me convidassem para as festas, e, acima de tudo, sonhava em ser beijada (ainda sonho). (...)”

Seus pais são separados e sua mãe é uma pessoa extremamente rígida, ao passo que seu pai prefere deixa-la livre apenas com algumas restrições. Como presente de aniversário a mãe de Luce diz que ela pode ir ao shopping e comprar o que quiser. Na companhia de Rafa, sua amiga que tem horas que não curte ter treze também, ela compra um kit de maquiagem que a faz parecer ter dezesseis. Isso é um máximo, mas sua mãe não pode nem sonhar, ou a mataria.

Luce tem uma festinha de aniversário e ganha um presente de Bruno, o carinha vizinho, lindinho, que é apaixonado por ela, um presente muito fofo, que todos sabem que demonstra que seu sentimento vai além da amizade. Por conta desse presente, a mãe de Luce pede que ela se afaste do rapaz, pois ela não está preparada para um relacionamento e, por conta disso, nossa protagonista se mete e uma enrascada que não pode imaginar.

Além dessa enrascada em relação a Bruno, Luce se vê numa teia de mentiras para manter uma pessoa por perto. Será que as coisas podem ruir de uma hora para outra? Será que Luce fez mal em querer crescer antes do tempo?

Esse livro é meigo, rápido e muito gostosinho de ser lido. Me senti como se tivesse treze anos e passando por tudo o que a Luce passou, mas, a diferença é que nunca quis ser mais velha do que era, eu tentei, ao máximo, aproveitar cada fase da minha vida.

Bem, voltando a história, no começo, achei a personalidade da Luce bem fraquinha e muito cheia de mimimi, mas conforme a trama foi desenrolando, pude ver que ela foi amadurecendo e isso me agradou. A Rafa é uma ótima amiga, aquela que está ao seu lado para tudo e segura sua mão nas situações mais complicadas, mas é, igualmente, descabeçada. O Bruno é um personagem apaixonante, ele é aquele namoradinho que queria ter tido com treze anos.

Mesmo com personagens cativantes, alguns acontecimentos me incomodaram, o primeiro foram as mentiras da Luce, sei que, sem elas, não haveria livro, mas eu senti vontade de dar um chacoalhão nela e falar: Acorda pra vida, garota!, mas não pude fazer isso, claro. E outro está mais ligado ao final, mas não posso dizer ou seria spoiler.  

Notem que esses fatos não fizeram com que eu gostasse menos da leitura, apenas imaginei como uma menina de treze anos lendo esse livro poderia pensar. Sim, eu ando extremamente crítica em relação a isso e não sei por que.

A leitura, em si, foi muito agradável, a escrita da Lilian é incrível, muito direta e envolvente. É impossível parar de ler, pois você quer saber o que vai acontecer com a personagem e como ela vai se livrar das enrascadas que se meteu. Além disso, a revisão está impecável, não me recordo de ter visto nenhum erro e a diagramação também contribuiu com um bom tamanho de fonte e espaçamento. Super indico esse livro para meninas de quatorze ou quinze anos depois que já passaram dessa fase de “quero ser mais velha” para que sintam saudades.


Gostaria de deixar um apelo para a Lilian: Escreva um livro com a Luce com dezoito anos, por favor!

Classificação:


19 comentários:

  1. Oi, Bru.
    Sua resenha está impecável! Eu adoro o jeito como tu consegue expor sua opinião sincera de forma educada.
    Fiquei bastante perplexa com os detalhes desse livro e só por isso não o leria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Bru, tudo bem ?
    Pela sinopse, seria um livro que eu não leria. No entanto, a sua resenha me fez repensar sobre isso. Acho interessante o fato da protagonista ir amadurecendo no decorrer do livro, isso é muito legal e acaba nos envolvendo.
    Acho que ela mais velha, seria realmente uma boa pedida.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Bruna
    Deve ser uma leitura bem agradável pelo que pude perceber. E que bom que a protagonista amadurece. Fiquei bem curiosa sobre todos os personagens, especialmente Bruno. Ah, seria legal mesmo se a autora escrevesse outro volume com ela mais velha. Achei a capa bem bonita!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna, o que mais me chamou a atenção da sua resenha foi você falar que a escrita da autora é envolvente e que não dá pra largar o livro. Estou bem precisando de algo assim... Imaginei você chacoalhando a personagem.... hahahahaha Acho que sentirei a mesma vontade!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá amore...
    Adorei a capa... e a história parece ser bem divertida... típico da idade mesmo rs.
    Esses livros deixo pra ler quando estou com ressaca literária sabe...
    Adorei o apelo rs!!!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Bruna. Eu quero muito ler esse livro, primeiro que a capa é super linda e fofa, segundo porque tenho visto bons comentários sobre ele e acho a história bem interessante. Eu não sei o que falar sobre as mentiras que você mencionou porque ainda não li o livro mas algumas adolescentes quando fazem a leitura podem se espelhar mesmo, mas daí é preciso ver como essas mentiras se encaixam no enredo (claro que não devemos incentivá-las) e se fica a impressão de que é errado ou não. Só sei que quero muito ler e espero que até o final do ano eu consiga matar minha curiosidade.

    ResponderExcluir
  7. Olá, também ja li a garota de treze , inclusive fiz um post no meu blog, senti o mesmo que você quando a Luce fazia algumas coisas.Também gostei muito do livro

    beijos

    www.brilhou.com

    ResponderExcluir
  8. Olá! Quero muito ler este livro.
    Resenha incrível, parabéns!!

    Um beijo!
    www.becodasleitoras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. A capa do livro é bem teen. Não conhecia o livro até o momento, mas pelo o que você contou deu vontade de ler. Gosto de ler as vezes coisas teen por causa das lembras que possa vir junto. Não me lembro que querer ser mais velha quando criança, mas acredito que toda criança costuma pensa nisso pelo menos uma vez. Adorei a resenha. Beijos' www.sejaamavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!! :)

    EU já ouvi falar um pouco sobre este livro, mas confesso que não faz o meu género, nem gostei muito da premissa...

    Mas ainda bem que gostaste e que achaste uma leitura fluida e que gostaste da escrita da autora! :) E que ficaste bem presa na leitura! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Bru!
    A sinopse do livro não me chamou muita atenção, porém você conseguiu expor tão bem o livro que me deu até vontade de ler. Quero saber quais as mentiras que Luce contou.
    Parabéns pela resenha !
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Bruna,
    Já tinha visto uma divulgação desse livro e já tinha vontade de ler, agpra cpm sua resenha quero mais ainda. Apesar de os personagens serem bem novinhos, adoro esse tipo de narrativa.
    Fiquei curiosa para saber mais sobre a mãe da Luce e que presente foi esse que o Bruno deu. rsrsrs
    Ainda tendo uma narrativa envolvente, já gostei. Adoro livros assim, pois geralmente leio bem rapidinho.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  13. Oi, flor.

    Apesar de não conhecer o livro, achei a proposta da trama bem legal. Eu gosto de livros infanto-juvenis e já estou curiosa p ler o livro. Fico feliz q teve um amadurecimento da protagonista no livro e isso é muito animador. Saber que a leitura foi cativante me deixa com mais vontade ainda de ler. Amei!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Eu diferente de você usei muitas vezes a frase "queria ter logo 18 anos" AHHHH se eu soubesse.
    Já estou vendo esse livro por ai a um tempinho e não é uma leitura que me deixe muito animada apesar de parecer muito útil para passar o tempo.
    Um mundarel de mentiras em um livros teoricamente indicado para pré-adolescentes não é muito legal não ein.
    Bju gostei da sua resenha
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu, diferente de você, sempre quis ser mais velha e agora me arrependo amargamente hahaha Achei essa história muito interessante e fiquei com bastante vontade de ler, só acho que essas mentiras da protagonista me irritariam um pouco também, por causa dessa urgência em querer crescer.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Já li algumas resenha desses livro e adoro essa capa, só posso dizer uma coisa, ele esta na minha meta de leitura a algum tempo, mas infelizmente ainda não tive grana pra comprar ele. A sua resenha só me deixou ainda mais curiosa quanto ao enredo haha

    ResponderExcluir
  17. Oie, tive uma fase que só lia juvenil , era um vicio louco, ainda gosto um pouco mas não leio com tanta frequência como antes pois como estou mais velha os personagens tendem a me irritar com algumas atitudes, mas tenho uma irmã de 14 anos e estou tentando coloca-la no mundo da leitura e essa foi uma ótima dica.

    ResponderExcluir
  18. Oi Bruna, conheci a autora ontem e ela me apresentou um pouco do livro dela. Pelo visto nossa protagonista tem os mesmo dramas que a maioria de nós teve nesta idade. Achei a capa uma fofura e já tinha ficado interessada no enredo. Agora que li uma resenha, acho que vou dar uma chance sim.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  19. ótima resenha Bruna, e a capa do livro é linda *-*
    é uma ótima indicação para as meninas de 12 a 14 anos, são atitudes tipicas da idade, talvez as fizessem pensar um pouco a respeito das suas ações e as consequencias das mesmo, sabendo que essa é a idade do "eu sei o que eu to fazendo" kkkkk. Mas enfim, não me despertou nenhum interesse na leitura e nem em no filme , mas é de fato uma ótima indicação para os adolescentes de plantão ^^ bjs.

    ResponderExcluir