quinta-feira, 7 de julho de 2016

[Resenha] O Segredo da Caveira de Cristal #1, Mallerey Cálgara

Título: O Segredo da Caveira de Cristal
Autora: Mallerey Cálgara
Série: O Segredo da Caveira de Cristal #1
Editora: Mundo Uno
Páginas: 326
Onde Comprar: Americanas
Livro cedido em parceria com a autora.

O Segredo da Caveira de Cristal conta a história de Heilland, um reino que, apesar de pequeno, possui boa localização vez que faz fronteira com todas as demais nações e, por conta disso, faz com que a paz reine.

Alphonsus e Arápia são rei e rainha, respectivamente, desse lindo e próspero reino. Arápia teve dois filhos: Sulco e Hein. A personalidade dos dois não poderia ser mais diferente. Enquanto Sulco é duro, egoísta e ganancioso, Heian é um amor de pessoa e não vê maldade nas pessoas. Por Sulco ter nascido primeiro, o trono é dele por herança, mas o rei percebe que, se nomear seu filho ganancioso como seu sucessor, terá grandes problemas e é ai que Hein é nomeado rei.

Obviamente Sulco não aceita isso e vai em busca de vingança. A primeira pessoa que quer morta é o mago, Heimdall, que plantou a semente da dúvida na mente de seu pai, depois irá um por um até assumir o trono.

Hein possui a ajuda de Mongho, filho de Heimdall e mago. Os dois são muito amigos e a sintonia entre eles é perfeita. Mas, a paz está prestes a terminar e Sulco irá mostrar que pode entrar numa batalha, mas será que ele consegue vencê-la?

Já li outro livro da autora, Beco da Ilusão, que conta uma história na Segunda Guerra Mundial e que me marcou demais. Por conta desse precedente estava bastante curiosa para ler esse livro, mas com medo da transição de gêneros que a autora fez. A única coisa que posso dizer em relação a isso é que tudo foi perfeito. Ela se moldou muito bem nesse novo gênero e parece que nasceu para escrever sobre ele.

A personalidade de todos os personagens foi extremamente bem construída e é impossível não se encantar com Hein e sua personagem amável e sentir medo e ódio de Sulco. As atitudes desse irmão são terríveis. Ele é aquele típico vilão que você vai odiar em todos os sentidos e com todas suas forças.

Mongho foi o personagem que mais gostei de todos. Ele é destemido e inteligente, apesar de, em alguns momentos, eu ter tido vontade de entrar no livro e sacudi-lo. Há, no livro, o aparecimento de uma personagem que é bastante controversa, pois, no início, o leitor sente raiva dela, mas, quando conhecemos a personalidade dela passamos a entender suas atitudes, mesmo que não possamos aceitar.


Enfim, é uma leitura muito indicada para quem gosta de fantasia e, para quem nunca leu nada do gênero, é um bom livro para começar a ler.

Classificação:

 

19 comentários:

  1. Oi Bruna
    Que post maravilhoso! Eu estou muito ansiosa para ler essa história, especialmente por já ter lido tantos comentários positivos a respeito. Acho essa capa linda, e como já conheço a escrita da autora imagino mesmo que deve ser um ótimo enredo.

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oie, que bom saber que esse livro é bacana e que a autora conseguiu escrever bem em outro gênero, adorei ver que temos tantas personalidades diferentes, pessoas destemidas, corajosas, e parece uma fantasia pouco complexa, eu daria uma chance.

    ResponderExcluir
  3. Adoro livros de fantasia e fico muito contente quando é de autoria nacional. Temos que mostrar que nossos autores escrevem e muito bem, por sinal!
    Logo pela capa já me interessei, é linda!!!
    Não conhecia esse livro, mas o enredo parece ser super interessante. Fiquei bem curiosa. Já coloquei na lista!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bruna. Eu ainda não conhecia o livro e pela capa eu jamais esperava que o enredo fosse tão interessante, não que a capa esteja feia (não mesmo) mas me passou uma outra visão. Eu gostei bastante de ler a sua resenha e conhecer um pouco sobre a obra. Fiquei curiosa e acredito que seja uma leitura bem agradável e que se eu for ler, posso gostar muito.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Bru!
    Mais uma série a entrar na minha listinha de séries que tenho de ler.
    Heimdall só me lembrou mitologia nórdica. Será que tem alguma influência?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  6. Bruna, esse livro é uma delícia! Fiquei muito surpreendida quando o li, essa é uma daquelas histórias que deixa agente absorta nela a cada página virada. Não vejo a hora de ler a sequência.

    Um grande beijo,

    Dai | Blog Virando a Página

    ResponderExcluir
  7. Acho bacana quando a primeira experiencia com um autor, nos leva a querer conhecer mais do seu trabalho. Melhor ainda, quando a leitura é boa também. Não curto muito fantasia, mas como você indicou para quem não conhece muito o gênero, pretendo ler em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ei, Bruna!
    Agradeço novamente o carinho e apoio.
    Uma história bem diferente do Beco da Ilusão. E mais uma vez fiquei super feliz por você ter gostado e indicado.

    Bjusss

    *-*

    ResponderExcluir
  9. Amei a premissa!
    Adorei saber que os personagens são bem construídos. Se a autora criou um vilão que nos faz odiar com todas as forças, então ela fez um ótimo trabalho!
    Que bom que autora fez a transição de gênero de forma brilhante!
    Fiquei muito curiosa pra ler!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. Eu teria o mesmo que você em relação a mudança de gênero da escrita da autora, mas quando a pessoa tem o dom acho que isso vai facilmente. Achei linda a capa do livro, apesar de que a história não é muito a minha praia, mas mesmo assim teria um lado de curiosidade.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  11. Oii Bru, tudo bem????
    Já tinha visto esse livro por aí, mas não sabia bem do que se tratava. Gostei de conhecer :) Adoro livros de fantasia. Inclusive estou lendo dois agora heheh. O Senhor das Almas e O Senhor dos Anéis :3
    Acho a capa desse livro maravilhosa e amei a foto que você tirou =D
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Bruuu

    Já tinha visto esse livro e como amante de fantasia fiquei bem curiosa em ler, até porque todo mundo só tem falado maravilhas do livro, assim como você. Acho essa premissa sensacional e muito instigante, espeor mesmo poder ler e só por essa capa maravilhosa já leria <3

    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Oi, Bru!
    Confesso que apenas pela capa esse livro não me conquistaria e apesar de gostar de fantasia, não é meu tipo preferido de leitura. Não sei se essa obra seria a certa para mim, apesar de que fiquei bastante curiosa acerca da personagem que no inicio se tem ódio e depois se entende, mesmo que não dê para aceitar o que ela fez. Então bateu aquela duvida e aquela vontade de ler a obra para saber se ela me conquistaria ou se eu estou certa e não é a mais adequada. Você conseguiu me atiçar com sua resenha e isso não é fácil, parabéns! Se eu tiver a oportunidade de pegar esse livro irei dar uma chance e lerei sim, vamos ver qual será o veredito depois.
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  14. Confesso que fantasia não é meu estilo preferido, mas, de uns tempos para cá tenho arriscado e curtindo bastante. Isso me faz pensar em dar uma chance a esse livro, ainda mais depois de ler sua resenha e ter a sensação de que a autora acertou na mão. Claro que além da premissa, saber que ele pode ser interessante também para quem está iniciando no estilo também me deixa querendo muito ler. Acho super interessante quando os autores se aventuram por outros estilos, mais ainda quando o resultado final é positivo :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Não conhecia este livro antes. Mas gostei desse mundo alternativo com reinos diferentes e um em especial que faz fronteira com os outros. Nossa... quando eu li que o pai nomeou o filho bonzinho, já senti que ia dar merda :( é sempre assim. Deu pra perceber que o livro tem uma trama muito bem desenvolvida e acho que eu adoraria realizar a leitura dele.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  16. Oi Bruna
    Não sou muito fã de fantasia, mas gostei das suas impressões sobre esse livro. Adoro personagens bem construídos e história com reinos.
    Melhor ainda saber que é nacional.
    Anotei a dica para quem sabe ler um dia.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  17. Oie Bruna!!!
    Ainda não conhecia a autora, mas achei bem interessante a história! Gostei da sua resenha, pois contou aquele "tantinho" a mais que a sinopse me fez morrer de curiosidade!
    Achei que a capa (meio dark e enigmática) combina bem com o enredo!
    Fiquei curiosa também por essa obra anterior da autora "Beco da Ilusão", pois amo histórias envolvendo as primeira e segunda guerras mundiais!
    Valeu pelas Dicas!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Http://www.caminhandoentelivros.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu não sou muito fã desse gênero, leio poucos livros assim, sabe? E esse livro eu já tinha visto por aí, mas ele nunca chamou muito a minha atenção. Lendo sua resenha deu para perceber que se trata de uma boa história com personagens ótimos, especialmente o Mongho, que tem uma personalidade bem bacana. No entanto, não é uma leitura que quero fazer no momento, mas gostei da dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  19. Oi Bruna, tudo bem?
    Eu li o livro recentemente e gostei muito dele. Sabe que não sou muito chegada em fantasias e me surpreendi em como gostei desse livro. Estou bem animada com a continuação e espero que venha logo! haha eu também gostei muito do Mongho, impossível não se encantar!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir