terça-feira, 10 de maio de 2016

[Resenha] Esperando por Doggo, Mark B. Mills

Título: Esperando por Doggo
Autor: Mark B. Mills
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Onde comprar: Livraria Cultura

Daniel, protagonista de Esperando por Doggo, tinha uma vida pacata e boa até tudo mudar quando sua namorada, Clara, o abandona deixando uma simples carta. Na carta, Clara lhe faz um pedido: Que deixe Doggo, o cachorro que ela adotou, de volta no abrigo.

Dan não conseguirá cuidar de Doggo e encontrar um emprego ao mesmo tempo, então, ele tenta cumprir o pedido feito por Clara. Entretanto, ao chegar no abrigo, Dan não consegue deixar Doggo, pois, a primeira coisa que farão, é castrá-lo. Ele se sente mal por Doggo e decide ficar com ele. Aos trancos e barrancos, Doggo e Dan aprendem a conviver e a se gostar.

A vida de Dan parece estar melhorando, ele tem Doggo, que começou a gostar dele, e, finalmente, encontrou um emprego ondem, pasmem!, Doggo é aceito para trabalhar com ele. No trabalho, Dan faz amigos, inimigos e, quem sabe, pode encontrar um amor.

"- Uma palavra. Amor.- Amor?- Ela sempre procura o amor no lugar errado.- E onde é o lugar certo?- Onde quer que seja que você não está procurando."

Essa leitura despertou vários sentimentos em mim. Primeiro, pensei que era um drama, pois o rapaz é abandonado pela namorada e que ficaria se remoendo, mas não foi isso que aconteceu. Dan lidou muito bem com a separação. Depois pensei que tratava-se de uma história sobre um cachorro, mas também não foi isso. Esperando por Doggo é um lindo livro sobre amizades e sobre adaptação às adversidades apresentadas pelo mundo.

Dan foi um personagem muito bem construído, com pensamentos coerentes e engraçados. Doggo me encantou em todos os sentidos. Ele é aquele cachorro feio que ninguém quer, mas que você pode se apaixonar, basta ver o que há por dentro. Edie, colega de trabalho de Dan também me encantou, é uma moça cheia de ideias extraordinárias, engraçada, mas muito ciente do seu papel no mundo.

Minha única ressalva é em relação a dois personagens do trabalho de Dan e a Clara. Simplesmente detestei todos, quis entrar no livro e mata-los. Não porque eles tenham sido mal construídos, não, minha raiva foi porque as atitudes deles são detestáveis mesmo. O que mais me chateia é constatar que o mundo é cheio de pessoas assim.


Enfim, é uma leitura muito recomendada, mas, devo alertar, não é um livro que mudará sua vida radicalmente, ele te fará pensar em algumas coisas e é um bom entretenimento.

Classificação:

 

11 comentários:

  1. Olá Bruna!
    Adoro livros com animais! Já vi que também não vou gostar desses personagens huahua mas o Doggo parece ser um fofo.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - Participe do nosso SORTEIO do DIA DO ORGULHO NERD

    ResponderExcluir
  2. Nossa, Bru. Que curiosidade! Quero descobrir o que tem nesses personagens que fizeram você ficar tão irritada.
    Ah, amei a resenha, como sempre. Eu morro se vontade de ler esse livro, e agora conheço um pouco melhor dele. Mesmo o Doggo não sendo o centro, eu suponho que ele tenha um papel fundamental na história, como um termo integrante. :)
    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Só não entendo qual o problema de castrar autor foi bem mal informado. O.O

    Mas, ainda que seja ficção, fico feliz que não tenha se desfeito do cão. :D
    Parece ser um passatempo legal.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Sabe o que me irritou profundamente nesse livro? Essa história da castração. O protagonista trata o assunto como se fosse algo absurdo e completamente errado, mas quero só ver se vai cuidar de todos os cachorros que nascerem graças ao Doggo por aí... a questão de animais abandonados é algo que mexe muito comigo. Tem uns personagens detestáveis na história mesmo, mas no geral curti a leitura. Curti o fato do Doggo ser feio mas acabar conquistando todo mundo.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Aff, que raiva dessa Clara! Além de terminar com o namorado por carta, uma baita falta de respeito, o mínimo que se espera de alguém quanto acaba o relacionamento é uma conversa franca pessoalmente, ainda fala pro cara devolver o cachorro pro canil? Esse é o pior tipo de tutor de animal (os defensores evitam a palavra "dono" justamente porque o bichinho é um membro da família, não uma posse) é uma coisa absurda, é um ser vivo que sofre com a ausência dela, que tem fome, frio e medo e que pode acabar sofrendo maus tratos porque ela tratou como um lixo, que precisa ser jogado fora. Bruxa!

    ResponderExcluir
  6. Nossa senhora, já começaria o livro com raiva dessa namorada idiota, termina por carta, deixa o cachorro na responsabilidade do coitado do largado e ainda manda devolvê-lo. Não sei se leria esse livro, por ene motivos. Mas quem sabe me anime mais pra frente.

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu estou fugindo de leituras que não me acrescentam em nada. Essa já tem toda uma problemática com relação à premissa da história (namorada que termina por carta? Larga o cachorro adotado nas mãos do ex? Manda devolver pro canil? Cadê a responsabilidade da garota??? E que tem de mais castrar o cãozinho? É até questão de saúde!), ainda por cima é só entretenimento, sem mais nada?... Sei lá... Acho que o autor é meio conservador p os tempos atuais...

    ResponderExcluir
  8. Gente, sempre que leio uma resenha dessa obra fico me perguntando, que tipo de pessoa é essa garota que abandona um cãozinho com o ex e manda devolver pro canil? Ai que dó!
    Estava com muita vontade de ler essa obra, mas tenho medo de me decepcionar.
    Gostei bastante da sua resenha.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Que legal! Pela capa, assumo que pensei algo como "criança ama cachorro, cachorro some, é atropelado, morre, e criança passa o resto da vida pensando no cachorro". Assim como o livro te surpreendeu com o conteúdo, surpreendeu a mim também. Gostei de saber que o foco é na amizade e de ver a beleza que é a história.

    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  10. Oi Bru,
    Esse livro está na minha estante desde que lançou, mas ainda não consegui ler kkkkkkk mas só o fato de ter cachorro já me encanta!!!
    Adorei a resenha e me ajudou a ter ideia do que me espera

    Beijokas

    ResponderExcluir