domingo, 29 de maio de 2016

ESM #12 - O que meu quarto pode dizer (ou não) sobre mim

Olá leitores,

Hoje estou aqui para fazer mais um texto para o Projeto Escrevendo sem Medo. O tema escolhido pela Thami foi: “O que o meu quarto pode dizer (ou não) sobre mim. Da forma que desejar, fale um pouco sobre o seu quarto. Descreva algumas partes dele e escreva a respeito delas: elas possuem alguma ligação com você ou são meros enfeites? Algo no seu quarto reflete quem você é? Enfim, fique a vontade para falar sobre o seu quarto e as suas características, com base nele, é claro.”


Meu quarto resume-se ao meu paraíso pessoal. Gosto de colocar lá dentro apenas coisas que me trazem alegria e, de alguma forma, paz. Divido o quarto com meu irmão, então, ele não é muito pessoal.

A primeira coisa que a pessoa vê ao entrar no meu quarto são três nichos com livros, muitos livros. Após essa visão, a pessoa pode olhar pela janela e ver árvores e um céu azul límpido. Quando seu deleite por essa visão termina, ela encontra uma mesa de computador com todos os aparelhos do meu irmão e mais livros empilhados ao lado de sua cama. Então, ela é capaz de ver nossas camas e um guarda roupas com ursos de pelúcia em cima alegrando nossa vida.

Obviamente, além disso tudo, quase sempre encontramos meu irmão lá dentro e um dos meus cães, o Pingo, seu paraíso é embaixo da mesa ou deitado sobre o edredom com frio (risos).

Acredito que as pessoas confundem um pouco quem sou ao entrar no meu quarto, mas isso não me assusta. A única coisa que meu quarto diz de mim é que amo ler, pois para qualquer lado que você olhar terá um livro. O quarto também diz que sou uma pessoa organizada, mas isso não é a verdade. Poucas coisas na minha vida são organizadas (risos).

Apesar de meu quarto dizer – e não dizer – coisas sobre minha pessoa, é um lugar que não gosto que ninguém invada, portanto, se vier em minha casa, peça permissão (risos)


Este texto refere-se ao décimo segundo tema do Projeto Escrevendo sem Medo criado e organizado pela Thamiris Dondóssola do blog Historiar.


4 comentários:

  1. Eu não divido quarto, mas a única coisa que me define no meu são minhas estantes repletas de livros. Também possuo um mural de fotos, mas pretendo tirar, pois não acho que combine mais comigo...
    Sobre o Pingo: awwwn. Eu iria amar ter um animalzinho que ficasse comigo enquanto eu faço algo hahah. Sortudos!
    Que tema de projeto legal, Bruna! Adorei. Nossos quartos realmente refletem(pelo menos um pouco) quem somos,

    xoxo
    Fora do Contexto

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bru!
    Eu também divido quarto com meu irmão. Por isso, acho que ele não fala muito de mim.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oiii Bru, tudo bem?
    Adorei o texto =D No meu quarto também tem muitooooooooooooooooos livros kkkkk
    O que ele diz de mim é que eu sou muito desorganizada :P e tenho um marido mais bagunceiro que eu :3
    E que uma gata dorme no quarto, pois tem pelo para todo lado kkkkk
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bru!
    Eu adorei a forma como você descreveu o seu quarto. Fiquei imaginando detalhadamente e até me pareceu que eu era uma visitante, rs.
    Adoraria conhecer suas pilhas de livros e seus animais.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir