domingo, 8 de maio de 2016

Cinco Mães literárias

Olá leitores, tudo bem?

Hoje é o dia delas, das mulheres que falamos serem chatas, que brigam conosco o tempo todo, mas que não vivemos sem. Para homenageá-las, escolhemos 5 personagens maravilhosas!


- Jess, de Um Mais Um

Essa mamãe inspira respeito: uma verdadeira guerreira, divertida e fez o impossível para realizar o sonho da filhinha.

- Malorie, de Caixa de Pássaros

É daquelas corajosas, capazes de lutar com unhas e dentes, socos e pontapés qualquer coisa que aparecesse a sua frente para proteger os filhos.

- Pauline, de Tudo e Todas as Coisas

É aquele tipo de mãe totalmente focada na filha e extremamente protetora. Faz o possível e impossível para não ver a filha sofrendo.

- Natalie, de Divergente

Assim como a Malorie, a Natalie é uma mãe extremamente protetora e corajosa. Ela não mede esforços para proteger seus filhos e quer vê-los bem a qualquer custo.

- Lívia, de Minha vida fora de Série

Ela é aquele tipo de mãe que está presente em todos os momentos da vida dos filhos é aquela mãe-amiga que todos gostariam de ter.

Essas são algumas mães que selecionamos para representa-las e homenageá-las. Nos contem sobre como a mãe de vocês é!

Abaixo, deixo um lindo poema de Carlos Drummond de Andreade:

Para Sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.


Beijos,

29 comentários:

  1. Adorei as cinco mães, apesar de só conhecer a Natalie de Divergente. Mas elas me deixaram mais curiosa para ler os livros. Estou bem ansiosa com Caixa de Pássaros e Um Mais Um.
    Adorei o post!
    Bjss!!!

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/04/sorteio-draco-marcadores.html

    ResponderExcluir
  2. Tô achando a coisa mais linda esses posts de mãe que tenho visto pelos blogs hoje. Não conheço nenhuma das que você citou, porque não li ainda nenhum dos livros.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bru!
    Adorei o post.
    Eu acho este poema do Drummond muito lindo!
    E sobre as mães escolhidas, só conheço a Pauline. :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Bru, dessas só conheço a Natalie, de Divergente. Mas é claro que todas, simplesmente pelo fato de serem mães, merecem todo o respeito possível. Adorei seu post, especialmente o poema, que é realmente muito lindo.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  5. olá,
    É a minha primeira vista, mas estou adorando o seu blog e além desssa linda e bela homenagem para o Dia das Mães!

    Muitos Livros e Sucesso!

    http://booksmagiclove.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oieee, adorei as mães literárias que você escolheu, embora não conheça nenhuma, mas quero conhecer Um mais um, caixa de pássaros e tudo e todas as coisas. Minha mãe é mais que especial e impossível falar dela, embora escrevi algo bonito para ela nesse dia das mães. Adorei o poema do drumond, perfeito, diz tudo.

    ResponderExcluir
  7. Oi Bruna, que post amooooooorrrrrrrrrrrrr, amo este poema!!!!
    Das mães que você citou, a Jess é a minha queridinha, por não ser perfeita, mas se esforçar pra ser!!!
    A Natalie de Divergente também, mega exemplo!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Bruna tudo bem?
    Bem legal sua postagem!
    Das mães literárias que você selecionou eu só conheço a Malorie e ela é realmente muito corajosa e enfrenta tudo que for possível pra levar os filhos a um lugar onde eles possam crescer em segurança.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  9. Que amor de post!! Adorei sua lista, e o poema do Drummond também <3 Não li nenhum desses livros, mas já quero conhecer essas mães, pois todas parecem bem guerreiras! As mães personagens principais do livro Pequenas Grandes Mentiras são incríveis! Então lembrei delas, lendo teu post.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  10. Oiee Bruna ^^
    Li o título do post e já pensei na Jess! Acho que todos concordamos que ela é uma mãe maravilhosa, né? Jojo Moyes criou uma personagem incrível! Da Malorie eu não gostei muito *-* outra mãe que me passou pela cabeça agora foi a Violet Bridgerton, da série da Julia Quinn ♥
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Bruna,
    Não conheço a maioria das mães que você citou, pois não li aos livros estou com caixa de pássaros e pretendo conhecer essa mãe em breve. Já com a Pauline não concordo com a sua descrição "Faz o possível e impossível para não ver a filha sofrendo." Na cabeça dela pode até ser assim, mas a personagem pra mim foi uma louca super protetora, tudo que uma mãe não deve ser, cuidar é uma coisa, impedir o filho de viver é inadmissível. Adorei a ideia da Dryh com Certeza a Violet Bridgerton se encaixaria na lista, beijos

    ResponderExcluir
  12. Oiii!

    Bruna, achei uma graça sua forma de inspirar em um post em homenagem as mães.
    Mesmo não lendo todos os livros, entendi muito bem o pq das suas escolhas :D
    Gostei bastante do post!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Oi!!
    Infelizmente eu não li nenhum dos livros que citou as mães, mas confesso que adorei o post e principalmente o poema. Drummond é incrível. <3 Você sempre traz posts diferenciados, é isso que adoro aqui no blog. <3

    beijo!

    ResponderExcluir
  14. Olá Bruna,

    Minha mãe é do tipo que nos gaba para os vizinhos, mas nos diz que somos a tristeza de sua vida kkkk... Bom, existe muita diferença entre mim e ela, então é normal que isso aconteça. E ela particularmente não gosta que eu leia, então compro os livros e coloco o endereço da minha irmã para ela não saber kkkk... Gostei bastante da ideia e do post em si!

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi!!


    Adorei o post, parabéns!! Uma singela, mas linda lembrança. Gostei do fato de você associar o dia das mães com personagens literários que realmente fazem a diferença no mundo em que vivem. Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Gostei do post!
    Adorei que você colocou a Pauline na lista, pois apesar do que descobrimos no final, a intenção dela era das melhores para com a filha!
    Outra que gostei da lista, a Livia. Ela dá ótimos conselhos!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  17. Oi *---*

    Adorei sua postagem e nem me lembrava do quanto algumas dessas personagens são maravilhosas. Adorei que você colocou a Livia, Pri tem uma mãe maravilhosa. A mãe da Tris também me surpreendeu bastante. Muito legal essa pequena homenagem.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Bruna, eu não li nenhum dos livros que você citou, mas sei que as mães fazem um papel fundamental dentro da literatura. Esses livros são incríveis e imagino que as personagens também. Adorei. E esse conto do Drummond é lindo!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    Adorei conhecer as mães, destas eu só conhecia a Natalie de divergente. Mães são sempre muito importantes nos livros e na vida real é claro, acho lindo quando um autor consegue passar essa realidade. Esse poema é lindo, e eu adorei <3


    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  20. A Malorie acho que realmente é uma mãe que merece ser homenageada! Quanta coragem ela precisou, tenho certeza que muita gente não teria a força que ela teve para criar os filhos como eles precisavam ser criados. Agora a Pauline... não colocaria na lista. Não posso dizer mais porque tem gente que não leu o livro, afinal... rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  21. Oie! Não li nenhum dos livros que você citou - apesar de ter muita curiosidade em conhecer "Tudo e todas as coisas" - e, consequentemente, não conheço as mamães. Não concordo com isso de "falamos serem chatas, que brigam conosco o tempo todo", pois, graças a Deus, nos entendemos muito bem; somos melhores amigas. No entanto concordo que precisamos dessas divas em nossas vidas. Adorei a homenagem e o poema selecionado para a postagem. ^^

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Nossa, nunca li nenhum dos livros que você mencionou, acredita? Acho que único que eu conheço de ouvir falar é Divergente e Caixa de Pássaros. De resto, não faço a mínima ideia de que tipo de história eles contam. Vou dar uma pesquisada aqui pra ver se algum me interessa :)

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Que bacana seu post, achei a ideia muito criativa e a homenagem muito fofa *-* Mas confesso que não conheço nenhuma das mães literárias, acredita? Mas pretendo conhecer algumas dessas e amei o poema.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  25. Que homenagem linda que você fez às mães! Adorei o post! Eu não li nenhum dos livros que você mencionou, mas alguns já constam na minha imensa lista. O poema do Drummond eu já conhecia há bastante tempo, e adoro. Inclusive, já o coloquei, anos atrás, em cartão para a minha mãe, ela adorou. Creio que as mães são eternas, mesmo quando já se forma deste mundo.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  26. Oiee, dos nomes citados conheço somente duas: Pauline e Natalie. E nossa, que mães, hein. Confesso que ao ler Tudo e Todas as Coisas Pauline me causou uma certa sensação de conforto e, apesar de tudo, eu não consegui odiar a personagem no final.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  27. Legal a postagem e uma ótima homenagem. Das mães citadas, só conheci a Pauline - e confesso que não fui muito com a cara dela e depois entendi pq, mas, sem spoilers por aqui...rs
    Quero muito ler caixa de pássaros, mas tenho um certo medo acredita?
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  28. Oi!
    Que ideia ótima de post! Eu não conheço ainda todas essas mães literárias, mas gostei muito da Jess com seu jeito divertido. Da Lívia não lembro bem, acho que tenho que começar a reler essa série haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Eu sou mãe, então amei seu posts,
    ainda mais pq conheço quase todas essas mães, menos a Livia, nunca li nenhum livro da Paula Pimenta, espero em breve ter a oportunidade! Parabéns pela postagem, ficou linda!

    ResponderExcluir