quinta-feira, 21 de abril de 2016

[Resenha] Shingaling, R.J. Palacio

Título: Shingaling
Autora: R.J. Palacio
Editora: Intrínseca
Páginas: 136
Onde Comprar: Livraria Cultura

Shingaling, um conto do universo de Extraordinário, nos apresenta à história de Charlotte, uma das meninas que foi convidada pelo diretor para recepcionar Auggie, quando ele começou no colégio.

Charlotte é uma menina que se preocupa muito com as pessoas que estão a sua volta, principalmente, os menos favorecidos. Ela é esforçada e estudiosa e parece estar sempre em uma linha neutra em relação a tudo. Após a chegada de Auggie no colégio, muitas coisas aconteceram com todos. Os alunos precisavam se acostumar a ter um colega de escola com um ‘defeito facial’.

“Sei que as pessoas dizem que sou muito certinha. Não sei por que falam isso. Porque não sou tão certinha assim. Mas também não sou o tipo de pessoa que vai ser má com alguém só porque outro alguém disse que eu deveria ser. Odeio quando as pessoas fazem coisas assim.”

Nessa idade, a popularidade perante os outros é muito importante e Charlotte quer muito entrar para o grupo da Savanna, composto por Savanna, Ximena, Gretchen e Elle, sua melhor amiga. Desde que a amiga foi para o grupo das populares se afastou de Charlotte.

A vida de Charlotte muda quando ela é selecionada pela professora Atanabi a fazer parte de um grupo de dança junto da Ximena e da Summer, a única pessoa que fala com o Auggie. A partir daí sua perspectiva das pessoas muda. Ela nota que Summer é uma pessoa muito boa, boa até demais e que Ximena não é tão ruim, quando está longe de seu grupo. A amizade entre as três cresce e coisas maravilhosas acontecem.

“É estranho como você pode conhecer uma pessoa a vida toda sem realmente conhecê-la.”

Assim como todos os livros da autora, Shingaling, foi um livro que me encantou em todos os sentidos. Ele foi muito bem escrito e, como sempre, possui uma boa lição: formar novas amizades é essencial. Acredito que todos os livros escritos pela autora deveriam ser aplicados nos colégios, pois acredito que mudaria muito a perspectiva de todos os alunos, afinal, é muito fácil ficar julgando os outros pela aparência, sem conhecê-los de verdade.

“Mas, conforme vamos ficando mais velhos, começamos a perceber que, às vezes, as histórias não têm finais felizes. Às vezes, os finais inclusive são tristes. Claro, isso torna a narrativa mais interessante, porque você não sabe o que vai acontecer. Mas também é meio assustador.”

Classificação:


27 comentários:

  1. Oi, Bru!

    Outro livro que preciso ler. <3
    Eu amo o universo de Extraordinário e já li Plutão também.
    Ler sua resenha me fez sentir saudade e eu concordo muito contigo quando diz que esses livros da autora deveriam ser aplicados na escola.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Oi Bruna, tudo bem?
    Eu ainda não li nenhum conto do universo de Extraordinário acredita?! Mas tenho muita vontade em conferir, pois sei o quanto a autora desenvolve bem seus personagens e é muito fácil se envolver com cada um deles. Apesar de não ter lido, concordo com você sobre o fato de aplicar as obras nas escolas, especialmente por conta das lições repassadas. Julgar é fácil demais, mas é difícil reconhecer quando estamos errados sobre nossas opiniões ou quando não damos nenhuma chance de conhecer as pessoas novas que surgem ao nosso redor. Muitas coisas ainda precisam mudar em nossa sociedade.
    Boas leituras!
    Beijos, Fer ♡♡♡

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oiiie
    Esses livros da R.J. Palácio são uns amores não é? Eu ainda não comprei o livro com os contos. Mas vejo que preciso mudar isso o mais breve possível. Adorie conhecer esse personagem, mas o conto que eu estou mais curioso é o do Capitulo do Julian esse sim está me matando. Adorie as suas considerações. Até masi vê
    Bjsk

    ResponderExcluir
  5. Oi Bruna, tudo bem?
    Eu sou apaixonada pelo livro Extraordinário! É uma história tão linda e tão emocionante!
    Infelizmente ainda não tive nenhuma oportunidade de ler esses livros com personagens de extraordinário que a autora tem escrito, mas é algo que quero muito fazer.
    A história de Shingaling parece ser muito fofa e me deixou ainda mais curiosa pra ler.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Oie. Gostei da temática desse conto e concordo que se os alunos lessem algo assim talvez fossem mais receptivos. Sou deficiente visual e sempre tive esse problema do preconceito dos colegas, e que bacana que no fim elas ficaram amigas e que auggie foi bem recebido. Adorei esse quot: “É estranho como você pode conhecer uma pessoa a vida toda sem realmente conhecê-la.”

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu ainda não consegui ler esse conto, devido a falta de tempo. Até agora, só consegui ler Extraordinário, e gostei bastante do ensinamento que o livro transmite. Espero conseguir me organizar melhor para continuar a leitura dos contos.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Oi, não conhecia esse livro, e na verdade ainda não li Extraordinário, um livro que quero muito ler, mas sempre deixo para depois, e saber que tem contos sobre o universo de Extraordinário, me deu mais vontade de ler. Gostei da sua resenha e também vai para minha lista de desejados.
    bjus

    ResponderExcluir
  9. Oii,

    Já li extraordinário, e como o próprio nome diz, é muito bom. Já conhecia esse livro, mas ainda não tive a oportunidade de lê-lo , mas foi muito bom pela sua resenha, para conhecer um pouco mais da Charlotte.

    beijos
    http://apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Bruna ! Extraordinário foi um livro que me encantou de uma forma que nem sei explicar. Muito interessante um livro sobre a expectativa da Charlotte , com certeza um livro que vai para minha lista de livros para ler. Parabéns pela resenha, beijos.
    http://umparadoxoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Assim que vi a capa lembrei de Extraordinário mas vi que é um conto desse universo. Fiquei super interessada, ainda não li o livro mas esse conto me deixou super curiosa, ainda mais porque são poucas páginas =D

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Por incrível que pareça, eu não li Extraordinário. Sei que é um ótimo livro, e se esse segue a linha, deve ser tb, só n tive muito interesse (meus gêneros literários são mais terror e fantasia). Achei o título do livro bem inusitado! ;)

    ResponderExcluir
  14. Gostei muto da citação “Mas, conforme vamos ficando mais velhos, começamos a perceber que, às vezes, as histórias não têm finais felizes. Às vezes, os finais inclusive são tristes. Claro, isso torna a narrativa mais interessante, porque você não sabe o que vai acontecer. Mas também é meio assustador.”
    A vida é isso mesmo, cheio de reviravoltas e momentos (afinal não há "finais" na vida) ora felizes e ora tristes. Devemos aprender a aproveitar os felizes para ter boas lembranças e a superar os outros e a tirar bons aprendizados, e sim, se formos parar pra pensar na realidade, a perspectiva de uma vida é meio assustadora, com tantos problemas e desafios ainda mais para um jovem que ainda está começando em sua jornada.

    ResponderExcluir
  15. Eu amo o livro Extraordinário e tô louca pra ler esse livro do mesmo universo! Que bom que ele te encantou também, só li um livro da autora, mas sei como a escrita dela é maravilhosa, e não tenho dúvida de que me encantarei com esse também. Seria bem legal as escolas trabalharem livros como esse, com essas lições. Ótima resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  16. Olá preciso ler 'Extraordinário' logo para poder conferir esses extras, tenho a impressão que sou a única que não li a obra ainda. Adorei a resenha!

    Abraços
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  17. Que bom que esse livro te encantou, assim como os outros da autora. Não li nem Extraordinário ainda, mas acho que me apaixonarei por ele e aí com certeza vou querer me aventurar por contos como esse. Realmente julgar os outros pela aparência é muito fácil, mas nada legal, tudo que puder ajudar a mudar isso é bem-vindo.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  18. Oi Bru!
    Ainda não li extraordinário, mas ouvi críticas super positivas e por esse motivo ele está na minha lista de desejados! Gosto de livros que nos passam muito mais que história! Adorei a resenha e vou incluir os dois na lista de desejados!!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  19. Consegui Extraordinário em uma troca e não vejo a hora de ler. Parece ser uma história tão sensível. E acho muito bacana ter vários contos de outros personagens. Fez um sucesso danado essa obra, né?
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Bruna!
    Sou apaixonada pela historia de Auggie, o livro Extraordinário é maravilhoso e concordo com você, deveria ser trabalhado em escolas, iria fazer uma diferença enorme com as crianças. Estou com esse livro de contos aqui e não vejo a hora de ler, lendo essa sua resenha, me bateu uma saudade e acho que irei ler um dos contos.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/2016/04/filme-uma-longa-jornada.html

    ResponderExcluir
  21. OI!

    Ainda não li esse livro e fiquei curiosa:Charlotte tem uma cicatriz, é isso?
    Enfim o enredo parece meio adolescente, da menina que corre atras da ex amiga que se tornou popular e a despreza, mesmo tendo um ótimo coração. Enfim, não sei se leria, mas tem o se "Q" de interessante e ressalta o valor da amizade. Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Li extraodinário a algum tempo e simplesmente me apaixonei.
    Ainda não tive a oportunidade de ler os outros livros da autora, mas pretendo ler todos assim que for possivel.
    Me lembro bem da Charlotte, e fiquei interessada na versão dela, adoro isso dos autores darem um livro para um personagem. Amei a premissa e estou encantada nos quotes.
    E concordo completamente com você. Os livros da autora deveriam sim ser aplicados em todos os colégios, seria algo maravilhoso.

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Até hoje só li "Extraordinário" e sou completamente apaixonada pela hsitória, mas infelizmente ainda não li nenhum outro livro da autora, o que espero mudar logo, porque quero todos na estante e imagino que vou ser conquistada fácil pelos outros também. Enfim, esse parece ser um livro muito fofo também e a mensagem é maravilhosa, realmente deviam ler nas escolas as obras dessa autora.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bem?

    Eu não li Extraordinário, acho que me sentiria perdida lendo esse conto.
    Ambos, pela sua opinião, parecem passar menagens importantes, mas, por ora, deixo a dica passar.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  25. Oi Bruna, da autora eu li apenas Extraordinário e me encantei com o livro, todo mundo me fala muito bem desses outros livros que fazem parte, mas nunca tive oportunidade de conferir. Pela sua resenha parece ser muito cativante mesmo e já me animei bastante para ir atrás o mais rápido que eu puder!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  26. Oi Bruna... não li nada da autora... e não pretendo haha.. li tantas resenhas de Extraordinário que preferi ficar somente com elas... mas parece que esse livro é bem fofinho e conta uma história cativante... eu graças a Deus não me prendo as aparências... eu gosto de pessoas, não olho para elas como algo que vou comprar no supermercado... gosto da essência que elas podem me transmitir... adorei sua resenha xero!

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bom?
    Ainda não li "Extraordinário" mas pretendo! Li muitas resenhas positivas, mas sairam tantas coisas após o livro que já me perdi. Espero gostar tanto quanto você dos livros da autora. Adorei a resenha, mal posso esperar para começar a ler todos!

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir