domingo, 6 de março de 2016

[Resenha] O Vilarejo, Raphael Montes

Sempre vi muitos elogios para o autor Raphael Montes e quis conferir se tudo o que diziam sobre ele era verdade. Por esse motivo, decidi pegar O Vilarejo para ler e, fiquei espantosa em confirmar que, sim, tudo o que dizem dele é verdade.

O Vilarejo é um livro composto por 7 contos, cada um sobre um pecado capital: Luxúria, Gula, Ganância, Preguiça, Ira, Inveja e Soberba. Logo no prefácio o Raphael nos conta que recebeu um caderno com muitas ilustrações em uma ligação morta e, por conta de sua curiosidade, foi atrás de uma tradução. Ao longo da leitura, somos apresentados aos moradores desse lugar.

Não vou me estender falando da história, pois poderia firmar-me em um conto e deixaria outro de lado. O Vilarejo é classificado, para mim, como um livro sangrento, mas que retrata muito bem a humanidade. Todos os contos são ligados pela aparição de alguém, após, o qual, o pecado é cometido. Temos a impressão de que essa ‘pessoa’ é quem instiga os pecadores a cometer, mas, será, que esse pecado foi instigado ou já fazia parte do homem e foi apenas aflorado?

O livro me fez refletir bastante sobre o ser humano e tudo o que ele é capaz de fazer em prol de si mesmo, além disso, como é capaz de arrumar desculpas para tudo de ruim que faz. Por exemplo: Matei, porque a pessoa me pareceu ruim; Roubei, porque precisava comer e aquela pessoa tem mais do que merece, e tantas outras coisas.

A leitura foi bem fluida e consegui concluí-la em pouco tempo (menos de 4 horas), além da fluidez da leitura, sentimos vontade de saber como a história será concluída, pois muitas coisas vão acontecendo, mortes e atrocidades e ficamos boquiabertos. O Raphael conseguiu me surpreender muito com o final, sério, conclui a leitura e fiquei uns 5 minutos olhando para parede e pensando: Meu Deus, que autor incrível.

A diagramação está impecável, conta com algumas fotos que dão aquele ar tenebroso. Só não dei 5 estrelas para o livro, pois esperava me assustar mais, vi muitas pessoas falarem que não conseguiu dormir após a leitura que esperava mais nesse quesito, acho que não sou tão medrosa assim. Leitura mais do que recomendada.


Classificação:



29 comentários:

  1. Nossa eu adoro esse livro ja li, e amo <3
    http://www.atrasdpenteadeira.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bru!
    Esse livro foi uma das minhas melhores leituras do ano passado. Fazia algum tempo que não lia terror e esse não me decepcionou.
    Aquele posfácio foi um tapa na cara.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  3. Amo livros sangrentos! Mesmo você não nos dando muitos detalhes sobre os contos, você conseguiu me fazer ficar morrendo de vontade de ler, pra me surpreender com o final também. Não leio muitos livros de terror, mas quero conhecer mais esse gênero. Vou começar por esse!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  4. Toda vez que leio uma resenha de qualquer livro do Raphael Montes, morro de orgulho, porque ele não apenas nos conquistou com sua escrita impecável, mas está conquistando o mundo também!!! Orgulho. Esse livro é forte, tenso e me deixou com medo, mas gostei bastante, igual você!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, nunca ouvi falar do autor, nem bem nem mal... que bom que o livro atingiu todas as suas expectativas. Eu não costumo ler livros de contos, na verdade evito ao máximo, mas depois de tudo que li em sua resenha admito que daria uma chance a esse. Não sou fanática por livros de terror e tals, mas de vez em quando dou uma chance ao gênero e o fato do ter um fundo realístico me chama mais atenção ainda. Gostei da resenha e fiquei curiosa pelo livro.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  6. Oi Bru..... Só vejo resenhas positivas deste livro.... acreditas q já segurei ele na loja por 3 x e todas estas vezes devolvi o livro a estante e não comprei... confesso q tenho medo... hahahaha.... quero muito ler, mas qdo folheio e vejo as ilustrações q são fantásticas,já fico com medo.... kkkkkkk.... mas ainda quero ler este ano....

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu li Dias Perfeitos desse autor e gostei demais, mesmo achando o final meio caído. Quero muito ler O Vilarejo, só ouço coisas boas sobre!
    =D

    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Esse livro!!!
    po leio coisas boas dele! Já tenho e ainda não consegui ler!!!... Pra ler terror, tenho que estar com mente aberta.. agora t´meio atolada, não ia curtir decentemente.
    Achei a tática de escrever interligando contos e personagens muito bacaba. Belo texto!
    bj!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, você esperava se assustar mais??? eu morro de medo de ler ou ver filmes de terror. Já conhecia esse e tenho vontade de ler, mas cadê a coragem? kkkk acho muito instigante o fato de sempre aparecer alguém após o pecado ser cometido e a maneira que os contos estão ligados. Um dia eu ainda crio corarem e leio esse livro.

    ResponderExcluir
  10. Olá, eu também fiquei admirada com o talento do Raphael de fazer de 7 contos uma experiência tão intensa, que nos fez refletir sobre a verdadeira face da humanidade, cada conto me dava mais certeza de que ele merece tudo de bom que está acontecendo em sua carreira, agora quero muito ler dias perfeitos.
    Beijos e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  11. Olá Bruna,
    Eu não li esse livro, mas depois da sua resenha e vendo como você ficou... Olha que nem gosto de livros sangrentos :( morro de medo, mas é muito bom ler livros que mexem com o nosso psicológico.
    Vou colocar na minha lista e conhecer um pouco mais desses contos.
    Sei que vai ser uma leitura intensa e preciso de um momento só para ele.
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Bruna! Tudo bom?
    Não tive uma experiência muito boa de leitura com o outro livro do Raphael, Dias Perfeitos :P portanto, fico com os dois pés atrás com as outras obras dele. Acho a narrativa excelente, tho.
    Não vou ler O Vilarejo, mas vi vários elogios a respeito dessa trama envolvendo os pecados e os pecadores e como ele trabalha a psique dos personagens. Adoro essas coisas!
    Excelente resenha.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br/
    Vem participar do nosso Desafio "Mulheres da Literatura" <3 https://www.facebook.com/events/1564014080586237/

    ResponderExcluir
  13. Oi *---*

    Só vejo maravilhas sobre os livros do Rafael. Ainda não tive oportunidade de conferir alguma obra dele, a que mais me chama atenção é Dias Perfeitos. Acho que o que me impede de ler é essa pegada sangrenta, mesmo assim sou bem curiosa e quero ler. Esse que você resenhou não conhecia mas a premissa não me chamou atenção ao ponto de querer ler. Quem sabe se eu gostar do livro dele parta para o próximo.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Adooooooooooooro o Montes! Ele é incrível. Li o Vilarejo em uma tarde e quando ele veio em um evento em BH eu fui ver de novo haha Tenho todos os livros autografados. Ele é fantástico mesmo, né? O Vilarejo foi perfeito, tudo, ilustração e narrativa. Parabéns pela resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oiiê!!
    Esse livro foi o primeiro E-Book que baixei e li ate o fim. Achei os contos bem legais, e o prologo foi muito bem elaborado. Sem falar que aquela foto na ultima pagina me deu um medo danado. Não gostei de todos os contos, mas o que eu menos curti foi o Primeiro.
    Bjks

    ResponderExcluir
  16. Oiie Bruna, tudo bem?

    Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro do Raphael, apesar de achar a capa lindíssima e vê tantos elogios na blogosfera, confesso que eu não tenho coragem de lê-lo rs Sabe, eu morro de medo de tema de terror, e também não sou muito chegada em contos rs Mas gostei pelo fato que faz a gente pensar sobre o ser humano.

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oiee Bruna ^^
    Esse é um livro que eu tô doida para ler, acho que todo mundo está gostando dele, e eu estou começando a me sentir excluída kkkk' Parece mesmo ser uma história incrível, gosto quando os livros nos fazem pensar sobre quem somos e até que ponto o ser humano chega para benefício próprio. Sem contar que eu estou doida para conhecer a escrita do Raphael *-*

    ResponderExcluir
  18. Oiii... Já vi falar bastante nessa livro, e sempre críticas positivas, então tenho uma curiosidade enorme em lê-lo... espero que consiga em breve. Parabéns pela resenha ;)

    ResponderExcluir
  19. Eu sou avessa a qualquer tipo de terror, mas agora to me coçando pra ler esse rsrs. O jeito como você descreveu o livro me deixou angustiada pra ler rsrs. Adoro quando os autores transcrevem a essência humana sem mascará-las, e o Raphael tem o dom de fazer isso com uma facilidade incrível.
    Ps: Eu comprei Dias Perfeitos depois de ler uma resenha, acho que vou comprar O Vilarejo também rsrs
    Parabéns pela resenha, deixarei a minha opinião aqui depois de lê-lo.

    ResponderExcluir
  20. oi flor, tudo bem???
    O Ultimo livro da temática que li ouvia o sorriso do super vilão... mas olha que esse livro tem despertado demais o meu interesse e olha que não curto muito livros de contos, mas quando soube que os contos são intercalados, resolvi arriscar... agora só falta a grana para comprar... adorei a sua resenha... que bom que o medo não te consumiu, porque quando acontece... menina do céu é osso rs... Xero!

    ResponderExcluir
  21. Olá

    Nunca li nada do autor, esse livro por exemplo só conheço de ouvir falar e ouvi muito viu, a maioria foram críticas , é bem difícil eu ler um livro desse gênero, sou medrosa,mas acho que leria por ser contos, pois adoro então talvez eu consiga ler, só tentando pra ver se consigo, porque a premissa é interessante e a capa também eu achei bonita.


    Bjss

    ResponderExcluir
  22. Oiê, adoro o gênero ejá faz tempo que quero ler essa obra, ainda mais quando descobre que se trata de um livro de contos <3

    Beijokas da Quel ¬¬

    ResponderExcluir
  23. Eu também quero demais ler esse livro, tá na minha lista desde o lançamento. E foi muito bom ver que você gostou dele, isso só aumenta o meu interesse. Dificilmente algo me tira o sono, como você talvez não seja muito medrosa. Vamos ver o que acharei quando ler.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  24. Olá!

    Que livro interessante com contos baseados nos 7 pecados capitais. Muito mais fácil colocarem a culpa em outra pessoa do que assumir o próprio erro ne? Apesar de ficção, acho que isso retrata bastante como a humanidade, em sua maioria, realmente é. Acho que da pra refletir bastante com essa leitura.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  25. Oii Bru, tudo bem ?

    Eu já havia visto este livro em um vídeo do "Mundo Paralelo" e fiquei muito curioso para saber mais sobre ele, agora com a sua resenha tenho certeza que devo ler o livro o mais rápido possível rsrs.

    Bjs,
    Túlio.

    ResponderExcluir
  26. Uau, que livro é esse? 7 contos sobre os pecados capitais não é lá a novidade do século, muitos autores já usaram esta temática, mas conseguir fazer uma leitura experiente ficar olhando para a parede por cinco minutos após terminar a leitura da obra não é para qualquer um.
    Fiquei curiosa agora.

    ResponderExcluir
  27. Raphael é um autor muito elogiado e tenho imensa curiosidade em conferir suas obras, em especial Dias Perfeitos, que está ganhando fama internacional. Porém, ultimamente tenho lido tantos comentários positivos sobre O Vilarejo!! Já quero muito ler. Gostei muito da sua resenha! Vou catar um tempinho para poder realizar a leitura. Espero gostar tbm :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Eu sempre quis ler esse livro, e ainda quero, ainda não pude comprar, mas está na minha lista! Gostei bastante da sua resenha, confirmou o que tenho lido por ai sobre o autor e seus livros. Quero começar por esse, a premissa dele é muito interessante.
    Beijos!

    ResponderExcluir