domingo, 14 de fevereiro de 2016

[Nova Coluna] Eixos temáticos #01

Olá, amantes dos livros!

Hoje, é com o maior prazer que trazemos aqui para o blog uma nova coluna: eixos temáticos. A cada mês selecionaremos três livros que apresentam um tema, personagens ou características em comum e os apresentaremos a vocês.

Neste primeiro post, vamos tratar do eixo Romances Exóticos - entendam exótico, neste caso, como livros que possuem ideias e trazem estórias extremamente distantes do convencional. 

Vamos, então, aos selecionados da vez:

1º: Proibido, de Thabita Suzuma

Como eu já havia dito na resenha, este é um livro sem igual. Além de tratar do incesto consensual - algo nada comum - a estória me conquistou e me fez colocar em cheque todas as crenças preestabelecidas. Proibido é questionador: afinal, você vai julgar errado, pecaminoso o amor entre irmãos porque mandaram você acreditar? A sociedade tem razão? O Papa? 

Embora a autora faça você se perguntar se o amor entre Maya e Lochan era fruto da situação anormal na qual se encontravam ou se era destino, é impossível não ir contra a moral social e religiosa depois de ler Proibido

2°: Raj, de Gita Metha  (resenha)

Sim, tenho quase certeza de que você nunca nem ouviu falar deste livro. Isso se deve a grande redoma invisível que o mundo das editoras nos coloca: reparem, 95% do que lemos é literatura americana, inglesa ou nacional. E a América Latina? A Europa? A Ásia? A África? O Oriente Médio? Já pararam para pensar nisso? 

Bem, Raj é literatura puramente indiana... de época. Ou seja, a cada parágrafo lido é algo novo que se aprende. Apesar de ser uma leitura com a a qual eu estava complemente desacostumada, eu amei de paixão. É um livro para ser estudado, para ser lido com muito esmero.

3º: A Cidade do Sol, de Khaled Housseini  (resenha)

Mesmo sendo bem conhecido, vocês devem concordar que os tipos de livros escritos por ele também estão totalmente fora do habitual, principalmente por focar no Oriente Médio. Assim como dito sobre Raj, o mesmo vale para este livro que dá destaque para mulher muçulmana

Além de aprender sobre essa cultura tão pouco conhecida e, muitas vezes, erroneamente demonizada pelo ocidente, A Cidade do Sol é  um romance profundo e entristecedor. 





O que acharam da nova coluna? Comentem quais livros são romances exóticos para vocês!




14 comentários:

  1. Oi, Gabrielle!
    Gente, realmente Proibido é bem questionador. Ao mesmo tempo que eu fiquei achando aquilo errado, eu torcia. Eu fiquei super mal depois que terminei de ler esse livro.
    Raj realmente eu não conhecia e O Caçador de Pipas ainda não li por conta de falta de vergonha na cara.
    Beijos
    Balaio de Babados | Sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
  2. Gostei da coluna, bem interessante. Eu não conhecia nenhum desses livros, até mesmo porque nunca fui muito de ler romances, mas Raj me pareceu bem interessante!

    Abraço,
    http://magoevidro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    O único que conheço é A Cidade do Sol. Raj eu realmente não conhecia. Aliás, se você me perguntar sobre qualquer coisa a respeito da literatura indiana, não saberei te responder :/
    Achei Proibido bem interessante e de certa forma, polêmico. Com certeza é aquele tipo de livro capaz de mudar nosso ponto de vista (ou não, dependendo do quanto o leitor se permite). É algo que nos faz pensar sobre determinado assunto e entender, o que sem sombra de dúvidas é muito interessante.
    Abraços!
    https://blogladoescuro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li Proibido, mas está na minha lista para ser ido ainda este ano. A Cidade do Sol é um dos meus livros favoritos da vida, agora Raj, como você mesma disse, nunca tinha ouvido falar e fiquei mega curiosa. Já li alguns livros indianos ou que se passem na India, mas acho que vou apreciar bastante esse. Será que é muito dificil de ser encontrado??? Quero ler!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá... tudo bem???
    Bom eu adorei a sua coluna... ainda não meio me veio um tema incomum para citar, mas concordo com você sobre Proibido e fui pega de surpresa com o desenrolar da história, mesmo já sabendo do que se tratava... eu me envolvida na vida desses dois de uma forma completamente inesperada e me coloquei no lugar deles várias vezes... eu mudei minha maneira de enxergar muita coisa e aceitas as coisas como elas são... se é certo ou errado não cabe a mim julgar... Deus é melhor nesse papel do que eu... Sobre A Cidade do Sol... nunca tive vontade e nem curiosidade de ler... esse livro foge completamente de minha zona de conforto e riscos de leitura... então é algo que deixarei passar, mas sempre gosto de saber as opiniões dos leitores, porque sempre falam coisas incríveis... e sim falar das mulheres deste país é algo bem desafiador... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiee Gabrielle ^^
    Já gostei dessa coluna ♥ hehe' ver "Proibido" ali em cima já me fez gostar da ideia, estou curiosa para saber quais livros aparecerão por aqui no próximo mês. Gente, eu não consegui nem mesmo pensar em julgar os personagens de "Proibido", o amor deles parecia tão puro, inocente, sensível ♥ É, sem dúvidas, um dos melhores livros que eu já li na vida. "Raj" eu ainda não conhecia, mas coloquei na listinha já...hehe' estava mesmo querendo conhecer livros de literaturas que eu ainda não li, como as que você mencionou. "A cidade do sol" é o meu livro favorito do Khaled, me emocionei tanto com a história.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Amei a nova coluna, acho bem bacana quando um blog faz algo diferente.
    Dos três livros só li A Cidade do Sol e sou completamente apaixonada. Ganhei de uma amiga o livro, depois que li O Caçador de Pipas e só falava dele rsrs. Estávamos em uma loja Americanas (não sei se tem na sua cidade rsrs deve ter) e quando passamos pelo caixa, ela viu e pegou. Claro que devorei e sempre indico.
    Parabéns e aguardo a próxima coluna
    beijos
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  8. Olá!!!
    Amei a nova coluna e muito bem bolada. Já conhecia os livros citados, sendo que ainda não li e este tema é muito interessante por fugir do convencional. Parabéns.

    Beijos
    Carla Fernanda
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, adorei a ideia dessa coluna =D
    Desses livros que vocÊ separou eu só conhecia o Proibido e não me sinto à vontade de fazer essa leitura, até tenho curiosidade para saber o porque de as pessoas gostarem tanto de um ato insano como esse, o relacionamento entre irmãos é impensável para mim e não gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  10. Adorei a coluna!! Com certeza irei querer acompanhar os novos temas!
    Fiquei bem interessada em ler Raj, pois me pareceu um livro bem diferente e até desafiador. Gostei. Do Khaled eu li o O Silêncio das Montanhas, que é maravilhoso. Por não me lembrar muito bem dos detalhes, provavelmente irei reler esse ano.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Gabrielle!
    Adorei suas escolhas! "Proibido" é sensacional, eu li e gostei muito! A autora soube levar a história de forma que eu não fiquei enojada, nem abandonei o livro, como muita gente me alertou.
    Esse "Raj" me interessou muito. Ainda não tinha ouvido falar dele, mas me encantei pela capa.
    Com relação ao "Cidade do Sol", adoro esse tipo de leitura, ele inclusive está na minha lista, pois há tempos me apaixonei pela resenha dele. No mesmo estilo, indico "Tuareg", que me emocionou demais!
    Parabéns pelo post!

    Abraço!

    Karla Samira
    http://www.pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie! Adorei a ideia da coluna. Com certeza foi algo muito bem elaborado e bem pensado :3 Já li várias resenhas de Proibido e minha maior curiosidade a respeito do livro é saber o motivo de as pessoas amarem tanto a trama, pois eu não consigo pensar em um relacionamento assim, mesmo entendendo as circunstâncias que fizeram os irmãos realizarem isso. Os outros dois livros eu não conhecia, mas fiquei mega empolgada para ler A Cidade do Sol, porque o assunto tratado é realmente interessante. Nunca havia parado para pensar nisso, mas gostei do seu comentário sobre editoras trazerem livros apenas de lugares específicos. A variedade de culturas na literatura não é muito explorada aqui no Brasil, infelizmente. Sucesso com a coluna! ♥

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
  13. Oii, tudo bem?
    Eu adorei a sua coluna! Eu ainda não tive a oportunidade de ler nenhum desses livros, mas já ouvi muitas pessoas falando bem de Proibido e de A Cidade do Sol, e confesso que o Proibido está na minha lista faz tempo rsrs

    ResponderExcluir
  14. Olá.

    Dos livros citados eu só conheço Cidade do Sol, livro que eu ainda não li, achei a coluna bem interessante.

    Abraços, Heitor Botti
    shakedepalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir