segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Críticas na internet

Olá, meus amores! Tudo bem com vocês? O assunto de hoje é bastante comum. Quem aí nunca recebeu críticas pela internet? Pois é. Vamos discorrer sobre isso:



Antes de qualquer coisa, a crítica que revolvi abordar hoje, é aquela avaliação negativa sobre você ou algo ao seu redor. Aquela que você recebe por um comportamento, por uma escolha, estilo de vida, etc., só pelo fato de que alguém não concorda com você, nada além disso. Chamei de crítica, mas você pode chamar de recalque, se quiser. 

Somos bastante inteligentes e flexíveis e precisamos aceitar as críticas construtivas que as pessoas nos fazem por aí. Porém, quando o negócio já vai se mostrando pessoal e sem fundamento, precisamos imediatamente ativar o botão to discard e ignorar completamente. Caso contrário, aquilo que você não quer de jeito nenhum que aconteça, vai acabar acontecendo: sua paciência vai voar com o vento.

A internet se mostrou uma arma para muitas pessoas. Atrás da tela de um computador ou celular, as pessoas se transformam. Elas falam aquilo que pessoalmente, jamais falariam. Elas criticam de uma forma que pessoalmente, jamais conseguiriam. Incrivelmente absurdo, não é mesmo? Mas é tão comum e está se tornando quase normal.

O que fazer? Você já sabe. Provavelmente já recebeu uma crítica. Rebater não é a melhor escolha. Você pode e deve expôr a sua opinião ou descontentamento diante dela, mas não deve nunca perder seu equilíbrio e integridade. Caso perca, infelizmente, estará se igualando a quem o criticou. Saiba respirar fundo, contar até dez, respirar novamente e escrever com consciência.

Não perca tempo com quem não te acrescenta nada de positivo e não se expõe de forma limpa. Perca seu tempo com quem, de fato, se importa com você e quer o seu melhor. As críticas fazem parte da nossa vida, todos recebemos igualmente. O que muda, é a forma como você vai lidar com elas.

Por Thamiris Dondóssola, do blog Historiar.

9 comentários:

  1. Muito bom, Thamiris. Lembrei daquela conversa que tivemos lá no grupo sobre críticas grosseiras.

    Eu felizmente consigo manter a calma e responder educadamente, apesar de ser ariana, haha. Mas eu acho que se a pessoa se torna agressiva e não demonstra que, de fato, está fazendo uma crítica construtiva e tentando ajudar, aí é melhor deixar para lá.
    A palavra crítica tem uma conotação negativa, atualmente, contudo, o seu verdadeiro sentido não o é e as pessoas acabam temendo muito receber críticas.

    Adorei o texto, beijos!

    Leituras & Gatices

    ResponderExcluir
  2. Oi, Thamiris!
    Adorei seu texto.
    Vira e mexe eu entro numas discussões por conta de algo que falei e foi contra a opinião geral. Quando tenho paciência, eu até explico meu ponto de vista. Porém, na maioria das vezes, eu deixo a pessoa ficar falando porque não tenho saco pra discutir com gente de mente pequena.
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza!
      Muito obrigada.
      Concordo plenamente com seu comentário.
      Beijos

      Excluir
  3. A internet, ao mesmo tempo que dá espaço à discussão e problematização de ideias (o que é muito bom), também acaba acomodando pessoas ruins que se aproveitam da impessoalidade online para disseminar ódio. Devemos ter cuidado com esse tipo de pessoa.
    Acredito que, talvez, a melhor opção seja ignorar mesmo, pois discutir é apenas dar bola para quem não tem mais o que fazer e utiliza o tempo livre para perturbar hahaha

    Abraço,
    http://magoevidro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto! Relevar é a melhor saída. Já passei por várias experiências parecidas.

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir