segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Sobre os presentes de Natal e as intenções

Olá pessoal! O Natal está quase aí e, como se espera, os websites estão recheados de matérias a respeito desta data tão especial. O texto de hoje está é uma reflexão sobre os presentes de Natal que damos, e também, a intenção que temos ao dar o presente. Espero a opinião de vocês.


Recentemente me deparei com uma matéria feita por um website de notícias (não acho necessário revelar qual é). O conteúdo desta matéria me fez refletir. Tratava-se de presentes que ninguém gostaria de ganhar no Natal. Mais especificadamente, a matéria continha uma lista de presentes ruins que não deveriam ser dados, segundo especialistas (risos). 

Brinquedo barulhento, CD, DVD, eletrodomésticos, peças de roupas baratas, maquiagem falsificada, livros de autoajuda, produtos religiosos, etc. Bom, a lista era bastante variada. Agora, então, entra a questão: Quem são esses especialistas para saber o que eu vou gostar de ganhar ou não? De modo geral, a matéria me deu náuseas de tão ridícula.

Qualquer presente, se feito com amor, é um bom presente. Eu adoraria ganhar um bíblia, por exemplo. E se você, diferente de mim, não gostaria de ganhar, certamente a pessoa que irá presenteá-lo saberá disso. Não preciso ler uma matéria para ter conhecimento desses fatos.

Maquiagem: Eu adoro maquiagem. Reconheço a qualidade de algumas marcas, mas se a pessoa me presentear com uma paleta simples, vou ficar igualmente feliz. Eu valorizo a intenção. Sou dessas e pronto. E os eletrodomésticos? Segundo a matéria, as mulheres não gostam de ganhar presentes para a casa. Por favor, não generalize. Conheço mulheres que gostam sim. 

Não vou comentar sobre a lista toda para o texto não ficar muito grande. Antes de concluir, vou destacar o único ponto que foi favorável para a matéria. Um dos presentes desagradáveis, segundo o jornalista que escreveu, eram animais de estimação. Com isso eu concordo plenamente. Só presenteie alguém com um animal, se você tiver conhecimento do desejo da pessoa. Afinal, animais são vidas, e não, objetos.

Não ligo para valores, nem marcas. Ligo para a intenção. O melhor presente é aquele dado com amor, idealizado com carinho. Queria não ter me deparado com essa infeliz matéria. Estou até agora tentando entender o motivo que leva alguém a escrever o que escreveu, generalizando do jeito que generalizou.

Por Thamiris Dondóssola, blog Historiar.

31 comentários:

  1. Oi Thami!! Lendo seu post tomei um baita susto, pois comprei pro meu filho um brinquedo barulhento (e ele adora... e eu tb... rsrs), para um amigo secreto comprei um livro de auto ajuda (é o livro q a pessoa sugeriu) e na minha lista de presente tá cheio de CDs... kkkkkkk.... se eu fosse seguir esta matéria tava ferrada.... kkkkk... Concordo plenamente com vc... o q vale é a intenção... amooo o natal e dar presentes e claro q não posso comprar presentões para todos q quero presentear... Fico feliz qdo a pessoa lembrou de mim, se tá me presenteando é pq tem no mínimo carinho por mim.. é isso q vale... ótimo texto!!!

    Livros terapias / Fan page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laila, querida.
      Fico feliz que tenha gostado do texto. E que tenha concordado com ele. Sim, o ato de ser lembrado já é de grande valor. É isso o que importa.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Thamiris!
    O significado do Natal, nos dias de hoje, virou consumismo. Ninguém mais se preocupa em passar entre família e amigos. Só querem saber do que vão ganhar e que roupa usar.
    Eu acho um abuso essa matéria sobre piores presentes. Se alguém me dá algo, eu fico feliz pelo fato daquela pessoa ter pensado em mim.
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza,
      "Absurdo" é uma boa palavra, certamente.
      Beijos

      Excluir
  3. Oie!
    Lendo a matéria que comentou deu para notar que para a pessoa que escreveu, o importante é ganhar do melhor, e não saber que alguém lembrou de você e comprou algo. Eu também me importo com a intenção, com o carinho, com o ato de lembrar de mim. É o que mais me importa \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Carla. E essa pessoa está totalmente equivocada no que escreveu.
      O ato de ser lembrado é o que vale a pena.
      Beijocas

      Excluir
  4. Oi
    Tudo bom?
    Concordo com vc, essa matéria só incentiva um consumismo que já é absurdo!
    Não tem como dizer o que não se dar de presente no geral, cada pessoa tem um gosto, uma preferencia. E o mais importante de tudo, receber um presente de natal quer dizer que alguém lembrou de vc, alguém se deu ao trabalho de perder um tempo do seu dia para pensar no que lhe presentear e gastou dinheiro para isso.
    A intenção é o que conta, com certeza! As pessoas precisam ser lembradas disso com mais frequência.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laura,
      Exato. Cada pessoa sabe do que gosta. E muitas vezes o que eu gosto é completamente diferente do que você gosta.
      Beijos

      Excluir
  5. Olá.

    Concordo com você, o que vale é a intenção da pessoa e não o custo do presente, não importa se for um chaveiro ou uma bolsa da Chanel, a pessoas deveria ficar feliz pelo presente, mas muitas das vezes o que as pessoa fazem é criticar e torcer o nariz, infelizmente.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniela,
      Sim, infelizmente algumas pessoas não sabem reconhecer o valor da intenção.
      Beijos

      Excluir
  6. Como dizia minha vó: "o que é de gosto é regalo da vida". E convenhamos, gosto não discute. Ele depende de tantos fatores, que é impossível listá-los em um post. Eu sou artesã de paixão, digo isso porque nunca vendi nada, mas já dei muito de presente coisas que eu faço. E como gosto, vira e mexe tô em alguma feira de artesanato. Aí já viu, tudo que vejo é um possível presente.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Concordo contigo. Sobre animais, sou contra a compra ou presente. Animal de estimação se adota e se for selvagem, não compre, deixe na natureza. Eu, se fosse você, daria o site. Eu quereria saber quem escreveu isso. E se você quiser, pode me dar Cds, pois adoro!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Hello!
    Nossa, realmente a matéria é ridicula, acho que nao tinham mais oq escrever e resolveram discutir os presentes que provavelmente eles nao gostariam de ganhar e generalizaram tudo.
    Eu tb acho que vale a intensão e a pessoa que vai presentear sempre vai pensar em vc na hora de dar o presente, por exemplo, se eu torço pra o time 1, é obvio que eu nunca ganharia algo do time 2, a nao ser q seja para zuar e tal.
    Acho que vale o bom senso e concordo com seu ponto de vista.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzzy,
      Pois é. Digitei mais ou menos o título da matéria no google e o mesmo site já tinha feito posts semelhantes em outros anos.
      Que bom que você concorda com meu ponto de vista.
      Beijos

      Excluir
  9. Minha mãe adora ganhar presentes para casa, sempre gostou. Acho que as pessoas são todas muito diferentes para que se criem fórmulas. O que é bom ou ruim para um pode ser o oposto para outro. Eu também não gosto desse tipo de lista. Melhor do que seguir uma lista dessas é prestar atenção na pessoa a quem queremos presentear. Muito boa a sua reflexão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha mãe também gosta! É um absurdo essa generalização.

      Excluir
  10. Oiii!

    Adoro seus textos!
    Eu amo ganhar presentes, mas não por causa das coisas em sí, e sim pela lembranca. Tenho uma parte no meu quarto com chaveiros que ganhei de presente e sempre lembro quem me deu.
    Até uma bala vale a pena quando a intenção é boa. Uma pena que algumas pessoas valorizem mais o material do que o valor sentimental.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula!
      Obrigada querida ♥
      Exato. Só de saber que houve uma boa intenção por trás, já vale a pena.
      Beijos

      Excluir
  11. Oi...

    Nossa como concordo contigo!
    Se damos um presente ou ganhamos conhecemos a pessoa não é? O problema é que hoje tem especialista demais pra tudo é que no fim não sabem nada

    Belo post

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  12. Oi...

    Nossa como concordo contigo!
    Se damos um presente ou ganhamos conhecemos a pessoa não é? O problema é que hoje tem especialista demais pra tudo é que no fim não sabem nada

    Belo post

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  13. Oi...

    Nossa como concordo contigo!
    Se damos um presente ou ganhamos conhecemos a pessoa não é? O problema é que hoje tem especialista demais pra tudo é que no fim não sabem nada

    Belo post

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  14. Oi...

    Nossa como concordo contigo!
    Se damos um presente ou ganhamos conhecemos a pessoa não é? O problema é que hoje tem especialista demais pra tudo é que no fim não sabem nada

    Belo post

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  15. Oi,

    Adoro dar e receber presentes. Acho que temos que dar de bom coração e não se preocupar muito com o que recebemos, porque muitas vezes não é o que sonhamos. O que vale é a intenção.

    Beijos,
    Juci Pauda
    jusemfrescura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Eu concordo com vc, o que vale é sempre a intenção. o amor com que a pessoa comprou.
    abraços.
    feliz 2016.

    ResponderExcluir
  17. Oie.
    Caramba!
    Sério mesmo que tem postagens assim por aí?
    Eu adoro ganhar livros, minha família sabe e vem logo me dando, assim como roupa e sandália, mas como você disse, todo presente dado se coração eu amo e guardo com todo carinho.
    Concordo com o lance dos animais, pois você dá pra pessoa, não sabe se ela quer e o bichinho pode sofrer depois.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelle,
      Se você procurar, vai encontrar várias. Já pesquisei e encontrei.
      Eu tenho uma caixinha de cartinhas que recebi como presente. Eu tenho um carinho imenso por todas elas! ♥
      E sobre os animais: É isso mesmo!
      Beijão

      Excluir