terça-feira, 22 de dezembro de 2015

[Resenha] Morreu e não sabia - José Manuel Fernández

Mais difícil do que falar de um livro que você gostou é falar de um livro que não te agradou em praticamente nada L

Morreu e não sabia é um livro que, pelo título e sinopse, despertou muito minha curiosidade e foi uma grande decepção.

O livro conta a história de João, um jovem, que, ao descobrir que o melhor amigo está namorando sua amada, sente-se absurdamente incomodado e, com isso, começa a cometer loucuras, tais como seguir os amigos e não se ater ao caminho. Essas loucuras o levaram de encontro a morte, mas ele não sabia que havia morrido, daí o título, Morreu e não sabia.

A partir dessa morte, ele segue a vida por um dia, vai para casa, dorme e tenta falar com pessoas, mas nota que ninguém mais o vê e conversa com ele. O desespero toma conta dele e é nesse momento de desespero que ele conhece um militar que lhe apresenta à sua nova condição: de morto.

Resumidamente, essa é a história, então, não consigo entender o motivo do título do livro, é bastante incoerente. Bem, o personagem descobre que está morto nas primeiras 20 páginas dos livros e o resto é sua busca, bastante louca, por vingança contra o amigo que lhe causou isso.

O livro não é de todo ruim, ele fala sobre a busca de se encontrar, de perdoar, mas tudo acontece muito rápido. Em uma página o personagem está louco para se vingar e em outra perdoou o amigo e está tentando convencer as pessoas que devem fazer o bem (??), isso, em minha opinião, não tem lógica. 
“- Está bem, mas leve em conta – Observou Gonçalves – que tudo o que semear, mais tarde produzirá o fruto correspondente. Nesse sentido, não há diferença entre o plano físico e o espiritual. Trata-se de uma lei antiga que sempre, e em todas as circunstâncias, funciona. Ao menos precisa saber disso. Por isso não vou acompanha-lo em sua missão. Apenas se lembre de que frutos doces nunca brotam em sementes amargas.”

Por fim, não posso dizer que não recomendo o livro eu recomendo, mas, em comparação a outros livros que seguem a mesma linha ele é bastante fraco e deixa muito a desejar. 

Classificação:

2 comentários:

  1. Oi, Bruna!
    Eu já conhecia o livro e sabia que não me agradaria... Não faz muito meu estilo.
    O título me chamou atenção porque eu falo muito que morri e não sabia hahahahah
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
  2. Hummm, estou para iniciar esta leitura nesta semana...sua opinião veio bem a calhar, assim não vou com tanta sede ao pote, hehe.

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir