sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Elena, A Filha da Princesa - Marina Carvalho

Este não é um conto de fadas comum. Sim, existe uma princesa. Não uma donzela, mas uma jovem moderna, preocupada com os problemas de seu tempo. Há também um príncipe. Só não espere que ele seja um perfeito cavalheiro. Afinal, uma pitada de bad boy nunca fez mal a nenhum herói.Elena, filha da princesa Ana — a brasileira que se tornou herdeira do trono da Krósvia —, já não é mais a menininha apaixonada pelo primo Luka, com quem deu o primeiro beijo aos 13 anos. Cresceu, namorou, viajou o mundo. Mas uma notícia surpreendente a faz voltar para casa... justamente quando obrigações familiares também exigem a presença de Luka.O reencontro é explosivo. Luka não estava preparado para adulta que a prima tímida se tornou. Uma mulher que sabe muito bem o quer. E quem quer.


O livro conta a história de Elena, filha da Princesa Ana e do Príncipe Alexander – protagonistas dos livros Simplesmente Ana e De Repente, Ana. O prólogo do livro começa com o nascimento da filha da princesa e é narrado por Ana – o que me deixou nostálgica, pois estava sentindo falta dessa princesa querida .

Mesmo sendo filha da princesa, Elena não tem nada de patricinha. Elena puxou para sua tia-avó, Marieva, e escolheu trabalhar em causas humanitárias. Por esse motivo, ela esta na Nigéria ajudando na alfabetização das crianças e tentando convencer os pais delas que o estudo é a melhor chance deles se tornarem algo melhor.

É durante uma das aulas que Elena recebe uma ligação de seu pai, Alex, pedindo para que a filha volte para Krósvia, pois, por um milagre, sua mãe esta grávida – de gêmeos – mas, como a gestação é de risco, o pai acredita que a filha por perto pode conter a impulsiva da Ana. A volta de Elena faz muito bem à família e, para sua surpresa, ela descobre que a prima, Luce, filha de Marieva, irá se casar e que ela poderá participar da celebração.

Durante um jantar oferecido para os noivos e seus pais, a família é surpreendida com a chegada de Luka, também filho de Marieva, que cometeu muitos erros durante sua adolescência e que, por esse motivo, foi embora da Krósvia e nunca mais deu sinal de vida. No momento em que os olhares de Luka e Elena se encontram tudo muda. Aquela paixão – a primeira – que Elena tinha quando mais nova pelo primo retorna com força total e a atração entre os dois chega a ser palpável.

Os capítulos são narrados alternadamente entre a Elena e o Luka e isso nos dá uma amplitude melhor da história e dos sentimentos que os personagens desenvolveram. A história e fluída e rápida, li o livro em menos de dois dias, mas se tivesse pegado para ler na manhã e lido por um tempo teria terminado no mesmo dia. Além disso, achei a trama bastante viciante, pois queria/precisava saber o que aconteceria no desenrolar da história.

Como disse, a atração entre Luka e Elena chega a ser palpável e todos notam isso. Essa atração gera certos desentendimentos, pois Elena desconhece todas as coisas ruins que Luka já fez ao longo da vida e seu pai tenta protegê-la como se ela fosse uma boneca de vidro. Mas, infelizmente, não escolhemos por quem vamos nos apaixonar.

A princípio, achei Luka um homem bastante folgado e cheio de si. Ele se sentia como a última bolacha do pacote e era de uma rebeldia que chegava a me irritar. Ao mesmo tempo gostava dele, pois via que aquilo era fachada. O crescimento do personagem ao longo do livro é bem presente, entretanto, achei que tudo aconteceu rápido demais.

A trama também possui algumas falhas, como o fato de Elena acreditar que é extremamente madura e se mostrar bem imatura em algumas situações. Por exemplo, não julguei como correta muitas atitudes de Alex, mas se Elena fosse tão madura como demonstrar ser, ela teria agido de forma diferente. Além disso, achei Elena muito insegura enquanto estava na presença de Luka. Tudo bem que ela é apaixonada pelo cara há anos e que ele é muito mais velho que ela, mas ela precisava ter um pouquinho mais de segurança e acreditar em si, afinal, Luka havia escolhido ficar com ela naquele momento.

No geral, gostei bastante da história e o fato da Marina ter colocado em pauta a questão de republicanos quererem a baixa da monarquia também foi muito interessante.

Entendo que não é necessário ter lido os primeiros livros da série, pois a Marina soube criar boas introduções, entretanto, se a leitura ainda não foi feita – e você pretende fazer – sugiro que faça na sequencia, pois esse livro trás diversos acontecimentos dos seus antecessores. É um livro que indico para aqueles gostam de um romance com uma pequena pitada hot e de uma leitura fluida.

Informações adicionais:
Título: Elena, A Filha da Princesa
Autora: Marina Carvalho
Editora: Galera Record
Páginas: 322
Classificação: 
Onde Comprar: Saraiva

Esse post participa do TOP Comentarista de Setembro
(clique na imagem abaixo para maiores informações)

15 comentários:

  1. Ain eu amo qualquer livro que fale de princesas, pois como sempre eu penso viver um conta de fadas, mais o pior que eu sei que nao existe kkkk mais fala isso pro coração e pro pensamento kkk . Adorei a resenha beijos amore.
    www.atrasdpenteadeira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bonito ler isso, as pessoas que ainda acreditam em contros de fadas.
      Adoro ler livros assim e gostei desse livro.
      Beijos e obrigada!

      Excluir
  2. Logo de cara já gostei de Elena pelo fato de não ser uma patricinha e estar agindo em grandes causas. Ai, estou curiosa com o "romance" entre Elena e Luka, haha. Esse livro me parece ser muito bom, quando a gente lê rápido assim, normalmente é. Ah, Bru! Em toda atração há desentendimentos... E eu amo ler sobre isso. Você falando sobre Luka me fez lembrar um personagem que eu amo e que no início do livro é bastante arrogante, mas que se torna uma pessoa muito boa. E adivinha o motivo? Por amor! Você é bastante observadora e conseguiu perceber algumas "falhas", espero ser assim um dia, rs.
    Beijos - Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tha,
      Fico feliz que tenha se interessado pelo livro.
      Tento ser observadora a ponto de apontar tudo o que pensei do livro, muito obrigada pelo elogio ♥
      Que personagem?
      Beijos ♥

      Excluir
  3. Parece ser uma leitura leve, mas eu gosto daqueles livros de terror e suspense, esse gênero não me agrada muito. Uma coisa que eu gostei foi o fato de que ela gosta de ajudar as pessoas menos privilegiadas, e eu sou muito critico com essas coisas de falhas nos livros, esse é um assunto que me incomoda muito :\
    Beijos.
    estantedoluiz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz,
      Que pena, pois é uma leitura bem agradável.
      Acredito que temos que ser críticos, pois isso nos faz observar com mais atenção.
      Beijos

      Excluir
  4. sou fã da Marina e creio que este livro deve seguir o mesmo padrão de qualidade dos demais então sei que vou curtir
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu queria esse livro, mesmo não tendo lido os primeiros.
    Aliás eu também quero os primeiros hahahaha
    Nunca li nada da autora, mas os livros dela são muito bem falados!

    Beeijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu li Simplesmente Ana e gostei bastante, apesar de achar clichê. Quero ler De repente Ana e já estou querendo esse livro! rs

    Parabéns pela resenha ^^

    bjs

    http://citacoesdeumleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá ...
    Fiquei bastante interessada no livro , o problema é que ainda não li os livros anteriores :(
    O que mais de deixou curiosa foi o personagem de Elena , ela parece ser bem decidida e personagens assim sempre rendem boas histórias .
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, vi que tem dois outros livros antes desse, mas não percebi se terá muitas outras continuações, (quero ler, mas não quero se for muitos livros)
    Beijo
    http://os-jovens-leitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nossa, achei muito bacana o livro ser tipo uma continuação dos outros livros.
    a história também me atraiu bastante, a Elena não ser uma patricinha e ser uma pessoa do bem e do pouquinho de romance que tem.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  10. Bruna, o livro Elena, A Filha da Princesa me interessa bastante, mas achei meio confuso ele participar de quase uma série juntamente a Simplesmente Ana e De Repente, Ana, principalmente por sua capa e trajetória um tanto diferente. Mas, a leitura ainda me traz ansiedade devido à essa narrativa da filha de Ana.

    ResponderExcluir
  11. eu não conhecia a série.
    a capa é bem bonitinha.
    curti a história, principalmente pelo mundo que a autora criou. gosto de princesas e tudo mais. só que eu não leria o livro simplesmente por não fazer o meu tipo de leitura e por ter outros livros que chamam mais minha atenção.
    os leitores que gostam de romance vão gostar.

    beijos

    ResponderExcluir