domingo, 16 de agosto de 2015

ESM #01 - Tudo aquilo que eu vejo quando vou para o trabalho/escola.


Antes de qualquer coisa, preciso confessar que meu trajeto é um tanto quanto calmo e sou privilegiada por isso. Morar em São Paulo torna sua vida um pouco cansativa demais, chata demais e atrasada demais.

Saio de casa – quase sempre atrasada –, pego um ônibus – que nunca passa no mesmo horário –, pego um metro – que é uma das melhores invenções do homem – e ando um bocado a pé. Mas isso me deixa feliz, principalmente, porque nunca sei o motivo do atraso – pode ser Deus querendo que não veja algo ou sofra algo –, no ônibus fiz amigos – o que torna a viagem menos cansativa – e, no metro, ah, eu posso fazer o que mais amo: ler.

Ah, estava quase me esquecendo, meu trajeto a pé é incrível, pois passo por pessoas, sorrio e desejo um bom dia – mesmo que o meu não esteja bom – e sei que isso pode fazer o dia de alguém mais feliz, pois assim faz com o meu.

O que me incomoda, ao longo desse pequeno trajeto, é ver o quanto as pessoas deixaram de se importar com o próximo, seja porque um jovem ocupa um banco de um idoso ou porque uma pessoa esta apressada demais que se esquece de desejar bom dia para o próximo. Ou, ainda, porque está tão concentrada em seu celular, conversando com um amigo que mora do outro lado do mundo, que não vê que um deficiente visual quer atravessar a rua e não tem ninguém para ajuda-lo. Acho que a evolução tecnológica nos aproximou – digitalmente – dos distantes e nos afastou – emocionalmente – dos próximos.

No meu trajeto tudo é impressionante, pois tento prestar atenção em cada detalhe e fazer valer a pena um sorriso e um bom dia para um desconhecido. Você já sorriu para um desconhecido hoje?

Este texto refere-se ao primeiro tema do projeto Escrevendo sem Medo criado pelo blog Tão Doce e Tão Amarga. Quando decidi participar, não achei que fosse gostar tanto, mas estou amando, venha participar também.

Beijos e até mais J

Esse post participa do TOP Comentarista de Agosto
(clique na imagem abaixo para maiores informações)

18 comentários:

  1. Bru,
    Que texto maravilhoso! Ele ficou extremamente coesivo. São admiráveis as pessoas que conseguem manter a simpatia mesmo estando tristes. E o desfecho ficou perfeito! Parabéns Bru, espero que continue escrevendo. Amei!
    Beijos, Tão doce e tão amarga.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tha!
      Fico muito feliz que tenha gostado.
      Você não tem ideia de como isso é importante pra mim.
      Obrigada ♥

      Excluir
  2. Olá Bruna!
    Tudo bem? espero que sim
    Amei o texto, muito lindo, parabéns.
    Beijos, Karol
    http://sonhosdetodagarotinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karol, tudo sim e você?
      Fico muito feliz que tenha gostado.
      Beijos ♥

      Excluir
  3. gostei bastante do texto.. e realmente a medida que vai ficando mais fácil a comunicação, mais nós deixamos de expressar sentimentos conversar com amigos..quando digo conversar quero dizer cara a cara, pessoalmente....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amanda,
      Fico feliz que tenha gostado.
      Concordo plenamente.
      Beijos ♥

      Excluir
  4. Oi Bruna,
    Que texto lindo, adorei. Seu trajeto é um pouco diferente do meu, pois moro perto da escola. Achei incrível esse seu animo (aparentemente) logo pela manhã - eu me sinto um zumbi- e não tenho muita coragem de sorrir ou falar um bom dia pra quem não conheço, mas acho que eu deveria começar a fazer. Porém são poucas as pessoas que vejo no meu trajeto. Depois do seu texto vi que tenho que ter mais animo kk. Adorei mesmo <3 !!
    Bjjjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leticia!
      Fico muito feliz que tenha gostado.
      Eu sou animada mesmo, pois estranhos já sorriram pra mim e me animaram e eu gostaria de fazer isso por alguém.
      Muito obrigada por suas palavras ♥
      Beijos

      Excluir
  5. Amei seu texto, Bru.
    Nos faz pensar em como deixamos passar detalhes pequenos, mas que significa tanto para outro.
    beijão linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pri linda ♥
      Fico tão feliz que tenha gostado.
      São nos pequenos detalhes que encontramos a felicidade ♥
      Beijos

      Excluir
  6. Olá ! Adorei seu texto :)
    Vou postar o meu quarta feira dessa semana .
    Gostei de saber um pouco sobre o seu trajeto , é bem diferente do meu visto que eu moro num sítio .
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Di!
      Fico feliz que tenha gostado.
      Nossos trajetos são bem diferentes mesmo rs.
      Quero ver seu texto.
      Beijos

      Excluir
  7. Nossa que incrível seu texto, adorei demais.
    Achei o máximo esse projeto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariele,
      Fico feliz que tenha gostado.
      Sua opinião é muito importante ♥
      Beijos

      Excluir
  8. Uma das melhores coisas do mundo: distribuir sorrisos para pessoas que você não conhece! Amei o texto, Bruna. Você relatou muito bem o seu trajeto e deixou uma mensagem e tanto. Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
  9. Ótimo texto :)
    Achei muito bacana este projeto e estou à espera de próximos textos :)

    ResponderExcluir
  10. Amei ficou perfeito parabéns.
    Adorei essa frase: Acho que a evolução tecnológica nos aproximou – digitalmente – dos distantes e nos afastou – emocionalmente – dos próximos.
    Arrasou,
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. O meu trajeto "Trabalho/Faculdade" é um tanto parecido. Eu pego carona com minha irmã até metade do caminho, depois eu preciso pegar um ônibus e dificilmente chego atrasado no trabalho (acho que só cheguei umas 2 vezes) almoço no meu trabalho mesmo e no final do dia volto andando para casa (pois não é tão longe, mais ou menos 2 KM e em tempos de crise precisamos economizar para comprar livros u.u). Quando chego em casa tomo banho e como alguma coisa para então ir pra faculdade. É um tanto cansativo mas eu não tenho o porque reclamar até que gosto da minha rotina :D
    Beijos.
    http://estantedoluiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir