quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Enquanto Houver Amor, Haverá Esperança - Sarah Kilimanjaro

Até que ponto alguém consegue superar suas dores?Por que uns têm coragem e seguem em frente apesar de todas as dificuldades e outros caem em desânimo?Esta é a linda história de Erika e Maurício, uma história de coragem, persistência e superação.Erika quando criança sofre um grave acidente que a deixa paraplégica, porém com o amor dos pais, dedicação dos médicos e coragem da menina ela consegue superar suas limitações.Maurício é um famoso e admirado corredor de automóveis, mimado, tendo tudo nas mãos, se deixa cair no desânimo quando um acidente o deixa fora de seu “mundo ideal”.Duas histórias que se cruzam, e com resultados diferentes.Conheça essa comovente história e saiba por que enquanto houver amor há esperança!


Alex e Viviane, dois jovens extremamente apaixonados, após idas e vindas acabam se casando e tendo uma filha: Erika, uma menina extremamente doce, curiosa e esperta.

O casal está em uma fase muito boa, Alex, formado em Engenharia Civil trabalha em uma grande empresa e Viviane dedica seus dias para cuidar de sua filha. Mas o destino parece brincar com eles quando Erika sofre um acidente e precisa de todo o apoio e força da sua família, além de precisar ser extremamente forte.

A família passa por muitas provações, mas eles se amam demais e conseguem passar por tudo isso. Conforme Erika cresce sua vontade de se tornar médica vai crescendo e, após a realização do vestibular, ela tem seu sonho realizado.

A menina estuda praticamente dia e noite, mas, mesmo assim, arruma tempo para ser voluntária em um centro de recuperação para paraplégicos e é nesse lugar que ela conhece Maurício, um homem metido, que sofreu um acidente de carro e ficou paraplégico. Seu caso é irresistível e causa problemas psicológicos no rapaz, ele se torna extremamente arrogante e age de forma grossa com todos, principalmente, com Erika.

“– Está certo – disse o rapaz –, dou minha mão à palmatória, sou um grosso, um mal-educado, azedo, antissocial, mas, diga-me, tenho motivos para ser bom, gentil e educado? Se a vida, em minha plena forma, me dá uma rasteira... Veja quem eu fui e quem eu sou agora. Eu... sou... um aleijado... a l e i j a d o... e isso todos os dias, ao acordar, tenho de enfrentar. Não posso caminhar, dançar, praticar equitação nem fazer o que eu mais gosto na vida, pilotar nas postas. Acabou, acabou, você acha que tenho motivo para me orgulhar e viver? Ainda não me conformei e não sei se algum dia irei me resignar.”

A paixão que acontece entre os dois é irresistível, mas será preciso passar por muitas outras provações para eles ficarem – ou não – juntos.

A escrita da Sarah é muito fluída e isso faz com que você leia o livro e nem perceba o que é muito bom. O espiritismo está presente na história e faz o leitor refletir sobre diversas coisas. Nós sempre criticamos quando algo ruim nos acontece – e o Maurício faz isso o tempo todo no livro – mas não entendemos que Deus fez isso para que nos tornássemos melhores.

Erika é uma personagem forte, sábia e madura, ela é linda tanto por fora quanto por dentro. Apesar de meu sonho não ser a medicina simpatizei demais com ela, pois gostaria de ser voluntária nesses centros de paraplegia e ajudar a trazer um pouco de conforto para essas pessoas que já sofrem em demasia. Além de dar toda a atenção para as pessoas que precisam, Erika canta e faz isso com tanto amor que chega a deixar nossos olhos marejados durante a leitura.

Não nego, mas não gostei do Maurício, vejam assim que ele apareceu na história e fez o que fez quase o odiei, mas conforme fui entendendo o que o levou a agir daquela forma pude compreender suas atitudes, apesar de eu achar que a dor que você sente não ser motivo para causar sofrimento ao próximo.

Apesar de não ter gostado do Maurício, a história é linda e tão bem escrita que não posso deixar de recomendar para todos. Acredito que independente da religião que você possui, esse livro trará bons ensinamentos e te fará refletir e, tenho certeza, que ela te encantará. Recomendadíssimo!

Informações adicionais:
Título: Enquanto Houver Amor, Haverá Esperança
Autora: Sarah Kilimanjaoro, pelo espírito de Vinícius
Editora: Petit Editora
Páginas: 304
Classificação: 
Onde Comprar: Loja da Editora

Cedido em parceria com a Editora

Esse post participa do TOP Comentarista de Agosto
(clique na imagem abaixo para maiores informações)

42 comentários:

  1. Oie,
    não conhecia o livro, mas tirando o título que não curti a história parece ser muito bacana.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa,
      Fico feliz que tenha gostado.
      Beijos

      Excluir
  2. Não curto muito quando a estória tem envolvimento com religião, sei lá é minha característica...
    Mas achei legal, bem parecido com Como Eu Era Antes de Você. Me fez lembrar da Lou e do Will.

    Beijo
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raissa,
      Acho que isso é algo seu e é normal, muitas pessoas não gostam desse tipo de leitura.
      Ainda não li Como eu Era Antes de Você, mas espero ler para comparar rs.
      Beijos

      Excluir
  3. Oii! Tudo bem?
    Adorei a resenha e me interessei pelo livro. SAbe, eu nunca li um livro assim e acho que gostaria bastante!
    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Markus, tudo e você?
      Fico feliz que tenha gostado.
      Espero que possa ler e apreciar a leitura.
      Beijos

      Excluir
  4. Bom dia Bru,
    Antes de qualquer coisa, o nome desse livro já é bastante inspirador. Já fiquei feliz em saber que Erika cresceu e pode realizar o seu sonho de ser médica. E nossa! O enredo dessa história me chamou muito a atenção mesmo. Realmente tudo o que Deus faz, faz por algum motivo, nada é em vão. Tive boas impressões de Erika também, por conta do seu trabalho voluntário. Fiquei curiosa para conhecer um pouco mais da personalidade de Mauricio, Bru. Com certeza, ensinamentos bons acima de qualquer coisa.
    Tua resenha tá perfeita, como sempre.
    Beijos
    Tão doce e tão amarga.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tha,
      Verdade! Só o título já nos inspira.
      Deus faz tudo certo.
      Muito obrigada pelo carinho sempre ♥
      Beijos

      Excluir
  5. Já vi vários comentários positivos e negativos sobre esse livro, mas o tipo de história, não me convenceu e nem me deixou curiosa para ler.
    Sua resenha está muito boa, mas no momento não pretendo ler o livro, talvez futuramente eu mude de idéia e resolva ler para ver o que acho da história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Acho que se a história não te interessou no momento, o melhor é não ler.
      Particularmente gostei muito e super recomendo.
      Obrigada ♥
      Beijos

      Excluir
  6. Oi Bru,
    Nunca tinha ouvido falar desse livro e pela sinopse não me interessou. Porém sua resenha me fez dar uma animada em relação a ele. Gosto muito de livros que fazem refletir e dão ensinamentos. Quem sabe uma hora não o leio !! <3
    Bjjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Letícia!
      Sim, esse livro é bem reflexivo e trás bastante coisa boa para nossa mente e coração.
      Espero que, se um dia você ler, goste da história.
      Beijos ♥

      Excluir
  7. Amei a sua resenha e estou completamente encantada por essa capa e por esse enredo! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriela,
      Fico muito feliz que tenha gostado.
      Obrigada pelas palavras ♥
      Beijos

      Excluir
  8. Olá, adorei o livro, ainda não conhecia. Achei interessante, ao que me pareceu conta a história de Erika desde a infância, é isso? Achei bacana!

    Abraços.
    http://oraculodeelfos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giulia,
      Fico feliz que tenha gostado.
      É isso mesmo. No início do livro temos seus pais e, após seu nascimento, temos a história da Erika.
      Beijos

      Excluir
  9. Huuuunnn pelo que vejo o livro é bacana. Acho que gostaria da escrita da Sarah que pelo que notei na sua resenha tem um ritmo muito bom. Daquele tipo de livro que a gente lê e nem vê o tempo passar. Sabe uma coisa que também chamou a minha atenção? Foi a questão do espiritismo, que acredito que deve fazer o o leitor refletir muito.

    beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nathalia,
      A escrita da Sarah é fluída e gostosa, acontece isso mesmo que você falou, eu li que nem notei rs.
      Esse livro foi bastante reflexivo pra mim - mas pode não ser para outras pessoas. Particularmente gostos de romances espíritas.
      Beijos
      http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

      Excluir
  10. Eu AMO romances ! E fiquei bem interessada nesse :)
    Pelo que li na resenha parece ser um livro bem bacana , cheios de reflexões .

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Di,
      Temos gostos parecidos, não é?
      Acho que você vai gostar da leitura e das reflexões.
      Beijos

      Excluir
  11. Olá bruna!
    Gostei muito do seu post!! Estou ansioso para ler!! Se puder visite meu blog que iniciei: www.doctorleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vinci,
      Fico feliz que tenha gostado.
      Beijos

      Excluir
  12. Oiee, tudo bem?

    O livro parece ser bem legal, mas confesso que não curto esses livros com uma pegada de espiritismo. Apesar da premissa ser diferente dos demais livros que eu vejo por aí do gênero. não vejo como eu poderia fazer uma leitura proveitosa se não é uma doutrina que eu acredite, entende?

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo e você?
      Esse livro é incrível, mas acho que você precisa se respeitar.
      Se não acredita na doutrina não adianta se forçar a ler, pois pode ser uma leitura chata e mal aproveitada.
      Beijos

      Excluir
  13. Oi Bruna!!
    Eu adoro um bom romance e um drama, não o tempo todo sabe rsrs, mas esse tipo de leitura aquece nossos corações né?
    Amei a resenha, e fiquei curiosa pelo enredo.
    Beeijos
    http://www.pequenosvicios.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bia,
      Também gosto bastante.
      Esse livro me surpreendeu.
      Adorei.
      Beijos

      Excluir
  14. Olá Bruna,

    Não conhecia o livro, mas confesso que não faz meu gênero de leitura...bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marco,
      Que pena, pois a leitura é ótima.
      Beijos

      Excluir
  15. Oi Bruna,
    Que premissa bonita, adoro livros assim com boas mensagens.
    Não conhecia esse, espero ter oportunidade de ler.
    O personagem Maurício deve ser interessante acompanhar o crescimento. Infelizmente, conheço gente com pensamentos assim.

    Ótima resenha!

    bjs e tenha uma ótima sexta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nana,
      Esse livro tem uma linda premissa e ótimas mensagens que nos trazem fé na vida.
      Espero que você leia e curta a leitura.
      O Maurício cresce demais. Também conheço uma pessoa que pensa assim.
      Muito obrigada e beijos ♥

      Excluir
  16. Oi Bruna!
    Eu me identifico com o espiritismo e isso me fez ver esse livro com outros olhos. Achava que era só mais um romance mimimi, mas pelo visto é mais profundo do que eu imaginava!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelly,
      Esse livro foi bem mais do que eu imaginava.
      Aparentava ser uma coisa e foi outra completamente diferente.
      Mais que indicado.
      Beijos

      Excluir
  17. Oiee.
    Meus Deus, eu não sou fã de romances, mas esse com toda certeza iria ler, achei a premissa dele maravilhosa.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Helana,
      A premissa e a história são incríveis.
      Espero que curta a leitura!
      Beijos

      Excluir
  18. Olá! Confesso que não me interessei muito pela questão do espiritismo, mas como você disse no final, independente da religião essa obra parece trazer grandes ensinamentos. Fiquei curiosa, apesar de não muito instigada, para saber o desenrolar da história. Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Natália,
      Esse livro traz grandes ensinamentos, independente da religião.
      Espero que, se ler, curta a leitura.
      Beijos

      Excluir
  19. Eu não sou muito chegada a livros que envolvem religião, então não sei se iria ler, mas talvez pelo romance eu daria uma chance..

    Só pelo trecho que você colocou já da pra ver que o Mauricio é um pouco idiota rsrrsrs
    mas tenho esperança que ele melhore.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amanda,
      Isso é algo que precisa ser respeitado. Para a leitura ser prazerosa tu precisa ler o que gosta.
      Sim, o Maurício é um pouco idiota, mas cresce demais!
      Beijos

      Excluir
  20. Olá!
    Não gosto de romances, a capa é bacana e me chama a atenção mas sei que se começar a ler talvez não goste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giovanna,
      Que pena! Eu, ao contrário, adoro romances.
      Beijos ♥

      Excluir
  21. Oi Bruna ^^
    Então, a capa não me chamou atenção, já a sinopse... <3
    Gosto de livros espíritas porque eles são histórias. Tem um começo, meio e fim. Se vc quiser não acreditar no espiritismo basta ler o livro como se fosse um de ficção.
    Quanto ao enredo dessa história, acho que tb não simpatizaria com o Maurício. Veja bem, é compreensível a resignação dele, mas ele usa isso pra ferir os outros. Isso não é legal. Deve ser insuportável a dor de descobrir que está paraplégico; você tem motivos pra estar com raiva, mas isso não lhe dá o direito de descontar em quem bem entender.
    Para Erika deve ser já fácil, afinal ela nasceu assim e cresceu com as limitações.
    Espero, sinceramente, que ela traga mudanças na maneira de pensar do Maurício.
    Enfim, curti a resenha. Parabéns, Bruna. Bjs :*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruno,
      Concordo, basta pensar que é uma ficção.
      O Maurício é um personagem chato, mas eu gostei muito da evolução dele. Acho que a Erika aceitou bem a ida que teve e gostei muito disso.
      Obrigada e beijos ♥

      Excluir