domingo, 12 de julho de 2015

Lola e o Garoto da Casa ao Lado - Stephanie Perkins

A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro.Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.


Lola é uma adolescente de 17 anos e cheia de estilo. Cada dia ela usa uma fantasia diferente e isso se tornou sua marca registrada. Ela tem um namorado Max, roqueiro meio punk, que seus pais não aceitam de forma alguma. Lola é filha de um casal gay, isso mesmo, ela não tem apenas um pai superprotetor, mas DOIS.

Há dois anos, Lola era extremamente apaixonada por seu vizinho Cricket Bell, mas além dele não sentir o mesmo, sua família se muda e Lola se vê sem notícias da sua paixão. Mas, eles estão de volta e isso vai causar um rebuliço enorme na mente e coração de Lola.

“- Perfeição está superestimada. Perfeição é entediante. Eu sorri. – Você acha que sou perfeita?- Você é deliciosamente maluca, e eu não gostaria de você de nenhuma outra maneira. Beba seu chá.”

Os dias de Lola passam a ser definidos em observar a janela ao lado do seu quarto para ver Cricket Bell e ela percebe duas coisas: seu relacionamento – que aparentemente ia de vento em polpa – não está tão bem assim e que a irmã de Cricket pode não ser tão ruim quanto ela imaginava.

Minha primeira experiência com a autora, com Anna e Beijo Francês, havia sido legal, mas nem tanto e senti falta de alguma coisa que, com toda certeza encontrei nesse livro. Vejam, algumas coisas me incomodaram nessa história, como o fato de Lola ter 17 anos e atitudes que são ridículas para a sua idade, mas isso eu relevei após entender como ela via o mundo. Outra coisa que me incomodou é como a Lola parece ser sozinha e ter tido uma vida tão triste em tão pouco tempo. Mas tudo isso foi relevado com o final da história e terminei completamente apaixonada.

“- É fácil falar de coisas que odiamos, mas às vezes é difícil explicar exatamente por que gostamos de alguma coisa.”

Apesar de tudo, simpatizei muito com a Lola e apreciei bastante a história, mais que Anna e o Beijo Francês. Apesar desse livro ser o segundo volume da série, ele não é uma continuação direta, entretanto, recomendo efetuar a leitura na ordem, pois o livro faz menção aos outros personagens e eu adorei saber como a Anna estava após o termino de seu livro.

Assim como o primeiro livro da autora, eu recomendo esse livro para quem esta em uma ressaca literária e para ler entre dois livros densos. Estou muito ansiosa para ler Isla e o Final Feliz e ver se ele faz menção a Lola.

Informações adicionais:
Título: Lola e o Garoto da Casa ao Lado
Autora: Stephanie Perkins
Série: Anna, Lola e Isla #2
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Classificação: 

5 comentários:

  1. oi flor, eu li este livro e adorei, achei Lola bem alto astral, com seus looks diferentes e toda a parafernália que acompanha
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thaila,
      Também achei e gostei bastante da história.
      Espero gostar do terceiro livro.
      Beijos

      Excluir
  2. Bru, PARA! Tem outro livro? Eu não sabia :( Nossa, vou procurar mesmo, pois amei os dois livros da autora, tipo, amei de verdade. Ok. Agora vou me recompor, rs.
    Linda resenha, como sempre. Contém todos os pontos necessários para que uma resenha seja gostosa de ser lida. Concordo com suas impressões a Lola, ela realmente toma algumas atitudes um tanto "desnecessárias".
    Amei Bru!
    Beijão
    Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tha!
      Tem sim! Eu comecei ele segunda-feira e estou adorando rs.
      Muito obrigada pelo carinho e pelas palavras.
      Lola e suas atitudes chatinhas rs.
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Bru,
    Li esse livro já há um bom tempo e também adorei ele, mesmo ficando com raiva das atitudes da Lola em algumas partes da história. Mas tenho que admitir que gostei mais de Anna e o Beijo Francês do que Lola e o Garoto da Casa ao Lado. Sem contar que é muito legal saber como a Anna está nesse livro.
    Beijos,
    Obcecada Pelos Livros

    ResponderExcluir