domingo, 7 de junho de 2015

Pescadores de Almas, Walkiria Kaminski

Conheça o relato corajoso e surpreendente da vida e da obra da médium de pintura mediúnica Walkiria Kaminski, que iniciou o movimento Arte Cura no Brasil.Por meio de uma vibrante narrativa, somos conduzidos a conhecer histórias que remontam às décadas de 1920-30 chegando aos dias atuais. Temas como a mediunidade, as artes plásticas e o suicídio se entrelaçam nessa história de vida arrebatadora, que ainda apresenta aos leitores uma faceta bastante curiosa e pouco estudada do Espiritismo: a psicopictografia, mais conhecida como pintura mediúnica.

                                                                                                 
Pescadores de Almas é uma autobiografia da autora, Walkiria Kaminski. Trata-se de um livro espírita que tem como tema central: o suicídio e como a Arte pode Curar.


"(...) Por mais que ainda não compreendas, teu destino não está escrito nas estrelas nem foi determinado por um deus maniqueísta. Teu destino, assim como o de todos nós que partilhamos as experiências da existência física, está em nossas mãos, e somos nós, apenas nós, que determinando com nossos atos o nosso próprio destino podemos modificá-lo. (...)"

No início do livro, somos apresentados à história de Oscar, pai da Walkiria, que, desde sempre, sofreu demais. Mas, tudo o que acontece em nossa vida tem um porquê e, na vida de Oscar, não poderia ser diferente. Oscar sempre teve um lado mediúnico e, durante as noites, seu espírito viajava através do desdobramento e encontrava-se com Maria Celeste, um espírito protetor. Foi através dessas viagens que Oscar descobriu muitos acontecimentos de sua vida passada e a causa para muitos sofrimentos.

"Passado, presente, futuro - dimensões temporais - preciosas dádivas da vida. Na eternidade dos tempos, os minutos perdidos de nosso passado podem significar horas significativas e importantes de nossa existência atual."

Em uma dessas viagens, Oscar foi apresentado a um espírito, que iria reencarnar sendo sua filha. Walkiria, aquele pequeno e sofrido espírito que Oscar cuidou, encarnou e mostrou-se uma pessoa com uma mediunidade aflorada, assim como Oscar. E é, nesse momento, que o livro passa a ser narrado pela autora, que nos conta os benefícios da cura através da pintura mediúnica e as descobertas que ela faz através dos espíritos amigos.

Já havia lido diversos livros espíritas e muitos deles que retratam a cura através da mediunidade, mas ainda não conhecia esse tipo de tratamento, não imaginava que uma pintura poderia trazer a cura para uma pessoa e isso me deixou muito empolgada.

Todas as vezes que leio um livro espírita, me sinto em paz comigo e esse livro não foi diferente, além de me trazer essa sensação de paz, de tranquilidade, o livro trouxe momentos reflexivos, pois sempre quis entender o que aconteceria com um espírito caso ele cometesse um suicídio e, mesmo que nenhum homem seja capaz de explicar os designíos de Deus, esse livro foi o que mais tocou meu coração em relação a esse tema.

Recomendo esse livro a todos, independentemente da crença. A escrita da Walkiria é ótima e eu gostaria de ter o prazer de conhecê-la, além, é claro, da diagramação que a Editora fez, isso só torna a leitura ainda mais prazerosa.

Informações adicionais:
Título: Pescadores de Almas
Autora: Walkiria Kaminski
Editora: Petit Editora
Páginas: 296
Classificação: 
Onde Comprar: Loja da Editora
Adicione ao Skoob


Cedido em parceria com a Editora

3 comentários:

  1. Oi Bruna!
    Não foi um livro que me interessou, mas que bom que a leitura agradou você :)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ola Bruna! Saber que um pedacinho de minha historia de vida levou paz e esperanças a seu coração me deixou muito feliz!Para mim seria tambem um prazer conhece-la.Abraço carinhoso.
    Walkiria Kaminski

    ResponderExcluir
  3. Ola Bruna! Saber que um pedacinho de minha historia de vida levou paz e esperanças a seu coração me deixou muito feliz!Para mim seria tambem um prazer conhece-la.Abraço carinhoso.
    Walkiria Kaminski

    ResponderExcluir