terça-feira, 30 de junho de 2015

A Morte de Sarai - J.A. Redmerski

A autora do best-seller de "Entre o agora e o nunca" e "Entre o agora e o sempre" traz uma história de paixão e sobrevivência.Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte.
Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar. Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo.
Em “A morte de Sarai”, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.


A Morte de Sarai conta a história de Sarai, uma garota de 23 anos, que, quando adolescente, foi levada pela mãe ao México para servir Javier, um traficante de drogas e mulheres. Há nove anos Sarai vive desse jeito e seu maior sonho é escapar. Apesar de todo o sofrimento, Sarai é bem tratada e desperta a ira da irmã de Javier.

Victor é um assassino profissional que conviveu com a violência desde muito novo. Sua função: Matar a sangue frio. Quando Victor chega à fortaleza de Javier, Sarai vê sua chance de fugir, pois ela tem certeza que ele é americano e que irá salvá-la. Mas ele não parece disposto a isso.

“Sinto o corpo de Lydia ficar tenso. Ela quer voltar para casa tanto quanto eu queria quando fui trazida para cá, com 14 anos. Mas ela sabe, tão bem quanto eu sabia, que talvez fique aqui para sempre, e o peso dessa realidade é o que acaba por fazê-la se calar de novo.”

A partir daí, o livro recebe um desenrolar excelente e envolvente, pois Victor encontra-se em um grande conflito: Levar Sarai para os Estados Unidos e deixa-la segura, ou Utilizá-la como isca para pegar Javier?

Esse livro é incrível. Primeiro porque não existe mocinho e mocinha, os dois sofreram demais, nenhum dos dois é inocente, nenhum dos dois acredita que o amor pode curar tudo. Eles estão lutando para manterem-se vivos e seguindo aquilo que aprenderam durante toda a vida.

Outra coisa que me surpreendeu ainda mais foi a sutiliza como a autora mostrou a transformação dos sentimentos dos personagens. Os pensamentos que passam a habitar tanto a mente da Sarai quanto do Victor vão mudando no decorrer da história e nós sentimos isso e podemos, também, sentir o mesmo que eles medo. Mais um ponto que me fez amar o livro: o tema abordado. Todos nós sabemos que existe muito tráfico de drogas e mulheres, mas não imaginamos que seja assim. Que essas pessoas passem por isso e ler esse livro só tornou essa situação ainda mais real pra mim.

"Como alguém pode passar a vida tão clandestinamente, sem emoção, tão desapegado por alguém ou alguma coisa? Quando eu olho nos seus olhos eu vejo alguma coisa lá, embora adormecida e completamente indistinto, eu sei que ele está lá. E é poderoso. Quero entendê-lo, senti-lo, prová-lo em meus lábios."

Estou inegavelmente apaixonada pela história e, principalmente, pelo Victor. Acredito que uma frase que possa descrever esse livro é: “Muitas vezes não imaginamos que somos capazes de tomar certas atitudes. Mas, quando tomamos, nos sentimos muito bem!”

Eu preciso ler mais livros dessa série e todos os outros livros da autora.

Informações adicionais:
Título: A Morte de Sarai
Autora: J.A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Páginas: 255
Classificação: 

6 comentários:

  1. Eu preciso ler esse livro, mistério bom é sempre bom (isso ficou estranho kkk)

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Bru! Sou mega curiosa com esse livro, porque ele trás uma abordagem bem distinta de Entre o Agora e o Nunca, um livro da autora que já li e gostei bastante, apesar de umas coisinhas aqui e ali. Parece ser bem misterioso e envolvente, com personagens fortes, o que eu adoro! Afinal, ninguém merece ficar lendo lamentações o tempo todo. E ainda tem o charme a mais de se passar num local diferente do usual: México! Mesmo que o contexto seja desfavorável e tal, rs. Adorei o post. <3
    Um beijo! Lis
    umareescrita.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Bru,
    Nunca tive nenhuma experiência literária com esse tema, mas ontem quando tu me falou a respeito dele eu fiquei bastante curiosa com a descrição que me deu e já anotei na lista dos livros que eu pretendo ler. Sempre amo as suas resenhas, pois elas partem dos pontos principais e que me interessam e eu adorei cada descrição que fez, tanto da trama quanto dos personagens.
    Beijão, Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Estou louca para ler esse livro, só vejo comentários positivos dele e que bom que gostou da leitura, a escrita deve ser bem envolvente também.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Bruna!
    Esse livro já conquista pela capa,super intrigante.E essa sinopse,o que falar dela?
    É pra pegar e ler imediatamente!!Infelizmente ainda não li,mas da Bienal não passa kkkkkkkkk
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir