sexta-feira, 3 de abril de 2015

Heresia, S.J. Parris

Inglaterra, 1583: o país enfrenta um período conturbado, marcado por conspirações para derrubar a rainha Elizabeth, que é protestante. Muitos de seus súditos estão insatisfeitos com o governo e anseiam pelo retorno do país à religião católica. Em meio a esse clima de conflitos religiosos, o monge italiano Giordano Bruno chega a Londres, tentando escapar da Inquisição, que o acusou de heresia por sua crença num Universo heliocêntrico. O filósofo, cientista e estudioso de magia logo é recrutado pelo chefe do serviço de espionagem real e enviado a Oxford.Oficialmente, ele vai participar de um debate sobre as teorias de Copérnico, mas, em sigilo, deve se infiltrar na rede clandestina dos católicos e descobrir o que puder sobre um complô para derrubar a rainha. No entanto, quando um dos membros mais antigos de Oxford é brutalmente assassinado, a missão secreta do filósofo é desviada de seu curso.Enquanto ele tenta desvendar o crime, outro homem é morto e Giordano Bruno se vê envolvido numa sinistra perseguição. Alguém parece estar determinado a executar uma sofisticada vingança em nome da religião. Mas, afinal, de qual religião?À procura de pistas, o monge percorre os labirintos da biblioteca de Oxford e visita tabernas infames e livrarias misteriosas fora dos muros da universidade, chegando a lugares que ele nunca soube que existiam e fazendo descobertas que poderiam ameaçar a estabilidade da Inglaterra.Envolvido em uma rede de intrigas e traição, ele percebe que às vezes nem mesmo os mais sábios conseguem discernir a verdade da heresia. Alguns, no entanto, estão dispostos a matar para defender suas crenças.


Heresia acontece na Inglaterra, em 1583. O país está passando por um período conturbado, repleto de conspirações católicas para derrubar a protestante Rainha Elizabeth. Muitos dos seguidores da rainha não estão felizes com seu governo e desejam que o país seja entregue novamente aos católicos.

Em meio a milhares de conflitos, Bruno, um ex-monge que está fugindo da Inquisição por ser considerado herege após acreditar que o Universo era Heliocêntrico, chega a Londres e começa a trabalhar para a Rainha Elizabeth. O filósofo é enviado para Oxford onde precisará espionar e tentar descobrir quem está tentando conspirar conta a Rainha.

Para todos, que estão a par da chegada de Bruno em Oxford, ele participará apenas de um debate sobre as teorias Copérnicas. Mas, em contrapartida, ele infiltra-se na rede clandestina de católicos para descobrir todas as informações que conseguir a respeito de conspirações contra a Rainha. No entanto, quando um dos membros mais antigos de Oxford é brutalmente assassinado, seus planos são, instantaneamente, alterados.

Em busca de pistas, Bruno percorre diversos lugares e coloca sua vida em risco. Agora, ele não precisa apenas encontrar o culpado, mas, sim, salvar sua vida.

Heresia é um suspense que, simplesmente, tira o fôlego de todo leitor. Foi muitíssimo bem escrito e trás fatos históricos que, muitos de nós, desconhecíamos. O fato de abordar a discussão entre as religiões (católica e protestante) é muito interessante e me fez refletir a respeito de tudo o que já foi feito no mundo em prol daquilo que deseja. Tenho apenas uma ressalva a respeito do livro, seu começo é demasiadamente lento, mas cada palavra lida vale muito à pena. Acredito que esse livro não é indicado para todos os leitores, mas, sim, para àqueles que gostam de um bom suspense histórico e que possuam paciência para ler e, por consequência, apreciar.

Informações adicionais:
Título: Heresia
Autora: S.J. Parris
Editora: Arqueiro
Páginas: 360

Classificação:  

Nenhum comentário:

Postar um comentário