quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Presságio - O Assassinato da Freira Nua, Leonardo Barros

Alice tem 26 anos e, desde a adolescência, é atormentada por presságios. Desacreditada por psiquiatras, ela é considerada psicótica, até que uma de suas visões a possibilita desvendar um misterioso homicídio. A polícia atribui a autoria do crime ao Beato Judas, um assassino serial de freiras, mas a descrição do suspeito não se parece em nada com o homem que ela viu em sua premonição. Agora, Alice terá de correr contra o tempo para provar que não é louca e para evitar que o assassino faça uma nova vítima. Suspense, misticismo e sensualidade se misturam neste fantástico thriller policial que parece ter a capacidade sobrenatural de manter seus leitores alucinados da primeira à última página.

Presságio inicia com o assassinato da freira e professora, Irmã Bianca, que foi realizado de forma brutal. O Delegado Matias e o agente Felipe, responsáveis pela investigação, encontram pistas que os fazem desconfiar dos votos que a freira fez e imaginam que ele possa ter um namorado e esse passa a ser o principal suspeito.

Enquanto a investigação ocorre, Alice Vegas está em uma consulta com seu oitavo psiquiatra. Ela tem um problema: Possuí sonhos premonitórios e eles ocorrem enquanto ela tem um orgasmo. Nenhum de seus médicos acredita no que ela diz e sempre a medicam, mas nunca há resultados positivos e ela sempre precisa procurar um novo médico, mas espera que, com esse, seja diferente.

Ao ser convidada, por sua amiga e colega de apartamento, para uma festa a fantasia, na casa de um potencial traficante, Alice tem mais uma premonição: Ela vê sua colega de faculdade e arqui-inimiga, Vivian, que estava fantasiada de freia, sendo assassinada por um homem fantasiado de diabo. Claro que, quando o crime acontece, e ela presta seu depoimento ninguém acredita no que disse, pois ela estava drogada e quem acreditaria em uma pessoa que tem o dom da vidência. A partir desse momento, ela entra em uma terrível crise e fará o possível e impossível para provar que os crimes não foram cometidos por um serial killer e que os motivos foram diferentes.

“E naquela luz estranha ela enxergou o rosto demoníaco pintado de vermelho, os cabelos untados com gel, a maquiagem sinistra com gotas negras que pareciam escorrer de seus olhos, como lágrimas de ódio e morte.”

A narrativa do livro é envolvente e me deixou desesperada para saber quem havia cometido essas atrocidades (afinal, matar uma freia é um absurdo!!) e o porque daquilo. O que Alice faz e sofre para trazer a verdade à tona me deixou boquiaberta. Foi um suspense que mexeu com todos os meus sentidos e me deixou presa do início ao fim, como prometeu a sinopse. E o final, meu Deus!, que final incrível. O livro não poderia terminar de forma melhor e deixar aquele gostinho de ter sido uma leitura que valeu muito à pena e que eu faria mais um milhão de vezes.

Presságio é um livro mais que indicado, ele é leitura obrigatória para quem gosta de um bom suspense e de livros policiais. Estou ansiosa por mais, acho que seria capaz de ler a lista de supermercado do autor rs.

Informações adicionais:
Título: Presságio – O Assassinato da Freira Nua
Autor: Leonardo Barros
Editora: Novo Século
Páginas: 224
Classificação: 


Livro cedido em parceria com o autor.

4 comentários:

  1. Oi, já li o livro e também achei bem legal, adorei sua resenha.
    Abraços
    http://litaralmentelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Tô com o livro aqui para ler, mas tô terminando um outro também de parceria... Meu Deus, é mais legal do que eu imaginava *o*, vou já pegar o meu e começar a leitura!

    Beijinhos!
    albumdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei de conhecer um pouco do livro. Nao conhecia ainda achei bem interessante.

    www.eriikaleao.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Bru!

    Ai, esse livro parece perfeito para mim, que sou louca por livros de suspense.
    Imagino a angústia de Alice quando ninguém acredita nela. Fiquei com muita vontade de ler!

    Beijão

    ResponderExcluir