quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Entrevista: Autora Marcia Dantas

Boa noite, leitores!

Hoje trago uma entrevista com a autora do livro Reescrevendo Sonhos (confiram resenha aqui), Marcia Dantas. Ela foi muito simpática em nos conceder essa entrevista e gostaríamos de lhe agradecer. Não vou enrolar mais, vamos direto às perguntas.

1. Como surgiu a ideia de escrever Reescrevendo Sonhos?

Eu tive um sonho um pouco parecido com o da Luciana em uma determinada noite, só que na verdade eu sonhava com alguém tendo esse sonho. Fiquei pensando naquele sonho por um bom tempo, até que a ideia de uma escritora obcecada com um sonho começou a se formar em minha mente. Tive essa ideia em novembro de 2013, na noite a estreia de “Em Chamas” e, a partir daquele dia, comecei a desenvolver as personagens e a história de “Reescrevendo Sonhos”.

2. A Luciana tem algo em comum com você? Se sim, o que?

Acima de tudo, nós temos em comum a escrita e a paixão pelo uso das palavras. Ser passional a toda prova e ter pavor de atrasos também é algo muito meu e cedido a ela (pobre criatura).

3. Escrever um livro que conta a história de outro autor não é uma coisa muito fácil, como foi essa experiência pra você?

Na verdade acho que foi a melhor decisão que tomei, pois, por mais que tenha suas dificuldades, escrever sobre uma autora trouxe uma familiaridade confortável para mim, e eu precisava de segurança para o desafio de meu primeiro livro. Transcrever problemas e obstáculos de Luciana, algo que qualquer escritor ou escritora enfrenta, foi um verdadeiro sopro de vida na criação dessa personagem e, portanto, na construção da essência da história que é a jornada dela. O resto veio naturalmente.

4. Qual seu autor (a) favorito?

Honestamente não consigo definir alguém com minha predileção no momento. O autor que me faz comprar todas as coisas que ele escreve é Rick Riordan, por minha paixão extrema por tudo relacionado ao universo de Percy Jackson. Mas, por mais que ame o modo que ele retrata mitologia, sei que necessito de inspirações mais próximas de meu universo: do estilo que escrevo e em figuras que me inspirem. Tanto é que esse ano coloquei em minha meta de leitura várias escritoras que constroem personagens femininas variadas.

5. Você acha que a história de Luciana precisa de continuação?

Não vejo necessidade, pelo menos não nesse momento. Encaro os livros como momentos em que abrimos uma janela para observar a vida de alguém e então ela se fecha. Sabemos coisas que aconteceram antes à Luciana e imaginamos seu futuro, mas o que havia de importante já vimos passar por essa janela enquanto esteve aberta.

6. Conte - nos um sonho...

Tenho vivido de sonho em sonho e acabei de realizar um dos maiores da minha vida, que é publicar, então preciso redefini-los (risos). Mas acho que estou descobrindo que esse é só o primeiro passo para algo maior que é me agarrar a carreia de escritora. Então quero fazer como Luciana e trilhar essa jornada que apenas começou.

7. Muito obrigada em nos conceder essa entrevista e, caso queira, Sinta-se livre para deixar um recado aos seus leitores.

Em primeiro lugar preciso agradecer ao Um Oceano de Histórias e a você, Bruna, por todo esse apoio e carinho. Foi lindo contar com você nesse processo.

Aos leitores e leitoras, espero que vocês possam querer conhecer Luciana e sua jornada, e também que ela possa conquistar a cada um. Também faço o mesmo convite em relação à Bárbara, porque ela tem algo muito importante a contar (Bárbara é mais que apenas a personificação da alucinação de Luciana, e amo o fato dela ter uma história própria e tão interessante tanto). E, acima de tudo, que essas duas moças possam alcançar o coração de vocês com a mesma intensidade que o meu enquanto eu tinha a companhia delas.

Espero que vocês tenham gostado. E se, se interessarem pela história, não deixem de adquirir o livro, é uma ótima leitura.


Beijos e até mais!

Um comentário:

  1. Oii, tudo bem?
    Adoro ler entrevistas com os autores.
    Pra saber como eles pensam e qual a visão deles sobre suas obras, isso é bem legal.
    Amei a autora, imagino que gostaria do livro também!

    Beijos
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir