quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Delírio, Lauren Oliver

O amor é mesmo uma doença?

Sinopse: Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?

Você já sofreu por amor? Parece até clichê fazer essa pergunta não é mesmo? Afinal, a maioria de nós já passou por uma desilusão amorosa e pensaria imediatamente em um ex-namorado, mas não é apenas desse amor que estou falando, estou perguntando sobre todo e qualquer tipo de amor, e aí, você já sofreu por amor?

“Achavam que amar era algo sublime.Mas isso foi antes de encontrar a cura.”


Delírio nos apresenta a Lena que vive em um mundo distópico onde o amor é considerado uma doença e onde todos precisam passar pela cura. Sua mãe esta morta e ela vive com a tia, tio e primas. Grace, sua prima mais nova, não fala e fica o mais quieta o possível em seu canto. A vida de Lena gira em torno de não contrair a doença e sair com sua amiga Hana.

Hana Lena estão prestes a fazer 18 anos, idade em que sofrem a intervenção, são pareadas com pessoas que possuem características similares e seguem para uma vida plena. Em uma das entrevistas no laboratório, Lena conhece Alex um lindo rapaz que faz com que ela apenas tenha vontade de observá-lo. Eles se apresentam e começam a viver um amor inocente, lindo e fora de lei. Já estava tarde demais para Lena, ela havia contraído Delíria, mas quem disse que ela gostaria de ser curada?

“(...) o amor transforma o mundo inteiro em algo maior. Mesmo o lixo, brilhando no calor, um amontoado enorme de sucata, plásticos derretidos e sujeira, parece estranho e milagroso, como um mundo alienígena transportado para a Terra. À luz da manhã, as gaivotas empoleiradas no teto da prefeitura parecem ter sido cobertas com uma tinta branca espessa; quando elas se destacam sob o céu azul-claro, penso que nunca vi nada tão intenso, claro e bonito. Tempestades são incríveis: cacos de vidros caindo, o ar cheio de diamantes.”

Esse livro é bem reflexivo, ele faz nos ver que nada está completamente bem, precisamos de momentos tristes para valorizarmos a felicidade, assim como os momentos difícil são importantes para valorizarmos momentos simples, como um abraço. Delírio nos apresenta uma nova visão do amor, deixa de ser algo clichê e torna-se sublime. O amor não é apenas felicidade na vida de Lena, ele faz mal, nos torna dependente, nos faz sofrer, nos sentirmos incompletos e infelizes, mas como seria viver sem amor?

“Meu coração bate com tanta força em meu peito que dói, mas é uma dor boa, como a sensação no primeiro dia de outono, quando o ar está fresco, as folhas das árvores começam a mudar de cor e o vento cheira vagamente a fumaça – como o fim e o começo de algo, ao mesmo tempo. Sob minha mão, juro que posso sentir as batidas de seu coração respondendo, um eco imediato do meu, como se nossos corpos estivessem conversando.”

Esse livro nos trás muitas ideias diferentes e isso é muito envolvente. Quantas vezes não imaginamos como seria melhor se não tivéssemos que sofrer por amor sem nunca pensarmos em como seria tão ruim – ou ainda pior – viver sem sentir em um mundo onde as pessoas querem que você faça o que elas desejam.

A escrita de Lauren é fascinante e envolvente e o final do livro só nos faz ter, ainda mais, desejo de ler o próximo livro. Leia, vocês irão amar esse livro, assim como toda a  trilogia.

Informações adicionais:
Título: Delírio
Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 352
Nota da Leitora: 5 estrelas / favorito

20 comentários:

  1. Nossa, que bacana!! Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas fiquei muito curiosa a respeito.
    Viver sem amor deve ser algo totalmente sem graça, pelo menos no meu ponto de vista é isso que dá todo o sentido da vida! hahaha
    Ótima resenha, com certeza vou ler! xD
    Beijos, Lerissa K.
    lerissakunzler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lerissa,
      Esse livro me fez ter o mesmo ponto de vista que você, mas, no começo, ele nos faz acreditar que é uma doença.
      Espero que você goste do livro.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Bruna, tudo legal?

    Delírio não deu certo pra mim e eu realmente fiquei decepcionado. Eu esperava que fosse amar a série e aquela coisa toda (kkkkk), mas não curti. Fazer o que, né? Como sempre, ótima resenha. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel, tudo certo e você?
      Jura? Minha nossa, eu amo esse mundo literário por conta disso, há opiniões tão diversas :o
      Muito obrigada pelo carinho e palavras ♥
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Bru, como vai?

    Acredito que todo mundo já sofreu por amor. É praticamente impossível não ter acontecido pelo menos uma vez na vida de cada um de nós.
    Pela sua resenha pude perceber que se trata realmente de um livro que nos faz pensar, refletir sobre muitas coisas. A ideia de tratar o amor como uma doença é polêmica, adorei saber mais sobre do que se trata o livro. E eu acho a capa tão bonita!

    Beijão, Tão doce e tão amarga.




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thá, bem e você?
      Verdade. Esse livro nos apresenta bem á isso, nossos medos em relação ao amor, mas nos faz pensar em como seríamos sem amor e eu gostei muito dessa ideia.
      Espero que você leia e goste.
      Beijos :)

      Excluir
  4. Preciso ler essa série! Faz tempo que o livro foi lançado, não sei porque ainda não comprei. :/ Mas é bom saber que a escrita da autora é envolvente, estou curiosa para conhecer a trama!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dessa,
      Sou suspeita para falar, porque sou apaixonada por essa série, mas vale muito à pena. Espero que goste da leitura.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi!
    Estou louca pra ler essa série, só que nunca a vejo em promoção :/
    Não posso imaginar um mundo sem amor. Curiosíssima com essa história.
    Beijos

    >>Tem promoção de Natal e Final de Ano lá no blog. São livros, marcadores e vale presente. Não fique fora dessa!<<
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eliana,
      Essa série é bem difícil de achar em promoção, quase impossível.
      Paguei em todos os livros o valor cheio :s
      Espero que você leia e goste.
      Beijos

      Excluir
  6. Hey Bru!
    Já faz um bom tempo que ouvi falar desse livro, se eu não me engano até tinha uma capa diferente, e a sinopse me atraiu muito!
    Você já viu que deve virar uma série, né? Espero que não inventem de mudar tudo, como seria com A Seleção.
    Que bom que você gostou tanto assim do livro, mal posso esperar para ler! Beijos!

    http://lucyintheskywithbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renata!
      Eu vi sim, espero que seja uma série boa rs.
      Obrigada pelas palavras, espero que você leia e goste.
      Beijos

      Excluir
  7. O livro parece muito bom e sua resenha ficou bem escrita. Olha...estava falando mais ou menos sobre esse assunto essa semana. Tipo...que algumas conquistas valorizam o prêmio. Que se fosse tudo fácil, talvez não seria tão bom. Quando você falou no "Viver sem amor" lembrei na mesma hora do livro O doador de memórias...já leu?
    Ótima resenha, parabéns!
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paloma,
      Muito obrigada, suas palavras são muito importantes pra mim.
      Ainda não li O Doador de Memórias, mas muitas pessoas já me falaram que é ótimo, pelo que eu pude ver ele segue o mesmo caminho de Delírio, acho que vou gostar da leitura.
      Beijos

      Excluir
  8. Que massa, adorei o post, mas se me permite, teve algo que eu me apaixonei, foi o layout. As imagens, a mistura de cores, sem ser algo muito exagerado ou até mesmo superficial, sabe? Tô procurando um layout assim pra o meu mas é caro daí fico na invejinha branca.

    Tô seguindo teu blog, flor. Te espero no meu.
    Sobrelentes.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marília,
      Fico feliz que tenha gostado do post e layout.
      O layout foi desenvolvido por nós, através de um gratuito disponibilizado pelo blogger. Espero que você consiga um layout como quer.
      Beijos

      Excluir
  9. Nossaaa, amei a sua resenha, a série parece ótimaa *-* Fiquei com muita vontade de ler, já sei o que eu vou pedir de natal hahahah *-* amei seu blog, muito fofinho <3
    sucesso lindaa!

    http://meioromantica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa,
      Muito obrigada pelas palavras, espero que goste da leitura tanto quanto eu.
      Beijos e sucesso!

      Excluir
  10. Oi Bruna!
    Eu tb amei Delírio! Achei a premissa muito interessante, todo esse lance de viver sem amor, ver as pessoas agindo de maneira mecânica, mas ao mesmo tempo percebendo que algumas resistem à intervenção a ponto de colocar sua vida em risco.
    O livro me prendeu e eu fiquei louca pra ler as continuações. Mas infelizmente, já não gostei taaaaanto assim do segundo e o terceiro foi uma completa decepção. Espero que vc tenha mais sorte do que eu!

    PS: tá rolando um sorteio do livro A Garota que Eu Quero, lá no blog! Pra participar é bem simples: basta ser seguidor! Corre lá!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/2014/11/promocao-ano-novo-livro-novo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelly,
      Então, eu sofri uma relação de amor e ódio como essa série. amei os dois primeiros livros e a ideia da autora continuou me conquistando. Gostei muito do terceiro livro e, se eu tivesse visto mais alguma coisa que não gostei, teria não favoritado, mas não resisti.
      Essa série foi só amor pra mim ♥
      Beijos

      Excluir