quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Um pouco de literatura nacional #21

Olá, amantes dos livros!

Vamos às indicações da quinzena!

Divórcio, Ricardo Lísias

Em agosto de 2011, casado há 4 meses, o narrador de Divórcio encontra acidentalmente o diário da esposa em que, entre outras coisas, ela escreve - 'O Ricardo é patético, qualquer criança teria vergonha de ter um pai desse. Casei com um homem que não viveu.' 'Depois de quatro dias sem dormir, achei que tivesse morrido', o narrador desabafa. A partir de então, descreve o que chama de 'seu desmoronamento' e a tentativa de compreender o que o levou ao ponto crítico. A literatura, e treinos de corrida cada vez mais intensos, servem para que alguma lucidez retorne a sua vida. Mas nem sempre é possível explicar friamente o que ocorreu, dar ordem aos sentimentos conflitantes, à dor e à obsessão, ao desejo de esquecer. Num fluxo emocionante, numa reconstrução ficcional da memória, o autor ultrapassa os limites da autoficção e alcança um novo terreno, em que a literatura - a literatura combativa, desafiadora - tem a última palavra.


Ciclo do Dragão, Carolina Contini


Ter superpoderes e ser algo muito próximo de um Deus em um universo paralelo pode parecer o sonho de quase todo adolescente. Mas Sarah Pendragon descobriu da forma mais dolorosa possível que sua vida era uma mentira, e que seu destino era uma perigosa armadilha que poderia levá-la à morte. Em uma situação devastadora como essa, Sarah vê-se totalmente perdida. Afinal, o que ela deveria fazer? Encarar o precipício ou ser arrastada pela correnteza?



Anjo de Quatro Patas, Walcyr Carrasco


Neste livro, Walcyr Carrasco mostra o amor incondicional que só os cães são capazes de oferecer. Uno, seu husky, faz o autor redescobrir o prazer de olhar a vida com os olhos do coração. Foram risadas, diversões, trapalhadas, afeto e companheirismo. Dias de redescoberta das emoções.










Se interessaram por algum?
Beijos!

2 comentários:

  1. Me interessei por todos! haha
    Leio muitos livros internacionais e agora estou em buscas de talentos na literatura nacional, acredito que existem muitas história incríveis escritas aqui mesmo no nosso país e acho que as pessoas deviam dar mais valor à isso, como você está fazendo agora!

    Beijos
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabrielle,

    O primeiro livro me pareceu bastante triste e/ou infeliz, mas me senti tentada a lê-lo.
    O segundo livro tem uma sinopse muito chamativa, fiquei curiosa.
    O terceiro livro, ai gente, que capa é essa? Fofuuuuuuuuuura! ♥♥♥ Tenho certeza que é um livro maravilhoso, qualquer livro nesse estilo é maravilhoso, amei demais e fiquei com muita vontade de ler <3

    Beijos
    Tão doce e tão amarga.



    ResponderExcluir