terça-feira, 11 de novembro de 2014

Bruxos e Bruxas, James Patterson

Mágico

Sinopse: Em pleno século XXI, os irmãos Allgood, With e Wisty são arrancados de sua casa no meio da noite e jogados na prisão, acusados de bruxaria. Vários outros jovens como eles foram sequestrados, presos e outros desapareceram. Tudo isso acontece porque o mundo foi comandado por um novo governo "Nova Ordem", que acredita que todos os menores de dezoito anos são suspeitos e que praticam bruxaria. Quem comanda a N.O é O Único Que É O Único, e seu objetivo é tirar tudo que faz parte da vida de um adolescente normal, livros, música, arte, comandar o mundo e desvendar todos os segredos da magia. Qualquer forma de protesto contra a N.O será punida com muita rigidez e tortura, até que a pessoa possa completar dezoito anos, e assim ser condenado a morte. A missão dos irmãos Allgood é livrar o mundo desse novo regime e resgatar seus pais desaparecidos. Mas será que eles conseguirão enfrentar a Nova Ordem, salvar todos dessa tortura e encontrar seus pais? 

Esse é seu pior pesadelo, se você for capaz de imaginá-lo. Você seria capaz de viver em um mundo sem livros, filmes, músicas ou liberdade de expressão? Todas as crianças e adolescentes – com menos de dezoito anos – não são confiáveis, você, sua família e seus amigos podem ser levados a qualquer momento sem nenhuma explicação. 

Seria o apocalipse, o final de todos os tempos? Poderia alguém causar tanto mal à sociedade? Sim, é possível e está acontecendo. E, se você não se ater aos detalhes do início e ver quando começar a acontecer, seu mundo poderá ser o próximo. A temática desse livro é extremamente fantástica e a escrita de James Patterson me conquistou totalmente, depois de uma indicação do meu pai, mal esperei e adquiri o primeiro e segundo livro da série e devorei os dois em menos de uma semana.

O livro conta a história de Whit Allgood e Wisty Allgood dois irmãos e adolescentes totalmente normais que viviam suas pacatas vidas até que, em uma bela noite, a casa deles é invadida e eles são arrancados de seus pais, mas, antes, seus pais lhe dão presentes: para Whit um livro em branco, para Wisty um banquinho. Sem entender nada os irmãos ficam assustados e vão para a prisão acusados de praticar bruxaria. Além dos jovens que encontram-se presos, existem aqueles que estão, simplesmente, desaparecidos, como Célia, a namorada de Whit.

Tudo isso acontece depois que o mundo é colocado sob o regime da Nova Ordem, governado pelo O Único que É O Único que quer extinguir qualquer forma de arte e, especialmente, magia. Os irmãos Allgood são a única esperança para o mundo voltar a ser o que era antes, mas será que eles são capazes de lutar contra o Único?

Confesso que, quando comecei esse livro, não sabia o que esperar e não tenho outra palavra para descrever que não seja surpreendente, foi uma leitura muito prazerosa e os capítulos – narrados em primeira pessoa – e alternados entre a Wisty e Whit nos dá uma visão ampla de toda a história. Apesar de ter sido escrita para um público mais infanto-juvenil, as tiradas que o livro possuí são maravilhosas e me fez ter que parar de ler para rir e, muitas vezes, mandar determinado trecho para meus amigos.

Outra coisa que me agradou em demasia foi o fato de os irmãos não se deixarem abater em nenhuma situação. Mesmo quase morrendo, eles conseguiam fazer piada de algo. Achei os personagens marcantes e engraçados, o Byron – cara de fuinha – é muito divertido, mesmo sem fazer nada, ele é demasiadamente atrapalhado, se veste de uma forma hilária e tem cara de fuinha. Todas as cenas em que ele aparecia, apesar de me dar um pouco de raiva, me fazia rir, porque eu podia imaginar o que havia na mente dele.

A descrição dos personagens criada pelo Patterson também parecem ter vindo de algo cômico, Wisty, uma ruiva do cabelo rebelde – tal como a Merida, de Valente – é cativante, engraçada, problemática e tem umas tiradas incríveis. Whit com seu porte atlético e comentários irônicos – até mais que sua irmã – faz com que tudo venha por agua abaixo quando pensa em Célia, seu grande amor, e arranca suspiro de todas as meninas ao seu redor. Seus pais não aparecem muito no livro e senti um pouco de falta da explicação de o porquê existir tantos segredos na vida dos irmãos, isso é parcialmente respondido nos outros livros da série, mas não totalmente – pelo menos até o 4º.

O Único que É O Único me dava arrepios, assim como dava em Wisty. Toda a cena que ele parecia e a forma perversa como ele agia me dava uma dor surpreendente e eu queria tirá-lo do livro e mata-lo. Os demais personagens, exceto Byron e Célia, não ganham tanto destaque na história, mas têm sua parte nela.

Por fim, a história é de tirar o fôlego, ela te instiga a pensar no que aconteceria e faz você pensar no “E se...”, os vilões e heróis são convincentes e toda a aventura que está no livro nos faz devorá-lo.

Se você ainda não leu esse livro está esperando o que? Corra e vá ler, garanto que você vai se arrepiar com a história e até ficar com certo medo de os livros serem banidos do nosso mundo.

Informações adicionais:
Título: Bruxos e Bruxas
Autores: James Patterson e Gabrielle Charbonnet
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Nota da Leitora: 4 estrelas

3 comentários:

  1. Tenho tantas séries de livros inacabadas pra ler.. Os Instrumentos Mortais, Harry Potter..... Mas ainda vou comprar esses livros, eles sempre me chamam muito a atenção quando os vejo na livraria!

    Beijos
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raíssa,
      Não tenho muitas séries inacabadas, mas sempre quero começar uma nova rs.
      Acho que você vai gostar dessa série, ela é muito envolvente, só mudaria alguns pontos nos outros livros, mas explicarei mais para a frente rs.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Bruna,
    Eu ia comprar esse livro na revistinha da Avon uma vez, mas acabei comprando outro. Se soubesse que era um livro assim, tão surpreendente e instigante, como você colocou, certamente não teria pensado duas vezes antes de comprá-lo. Mas, vou fazer isso.
    A sua resenha está indescritível, está demais, muito completa e interessante, adorei de verdade, parabéns! <3
    Beijos - Tão doce e tão amarga.


    ResponderExcluir