segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

O Menino do Pijama Listrado

A crueldade Inexorável

O clássico de John Boyne pode ser modesto, mas é impressionantemente comovente. O livro, que o tempo todo é contado sob a perspectiva de um menino de nove anos - filho de um comandante nazista - revela o contraste presente entre a inocência e os horrores da Guerra.

Tudo começa quando Bruno encontra a governanta mexendo em seus pertences para fazer as malas. O garoto fica indignado e vai tomas satisfações com a mãe - a qual afirma estarem de mudança. Uma mudança exigida pelo trabalho do pai. Um trabalho que o menino não entendia.

Bruno não aceita as novas circunstâncias com facilidade, e sua repulsa cresce mais ainda quando descobre uma casa nada acolhedora e cheia de homens vestidos de um humor que o assustava.

Porém, os dias de Bruno passam a ter outro sentido depois de ter encontrado uma cerca. E atrás dela, um menino. Um menino de pijama listrado.

"Bruno diminuiu o ritmo quando viu o ponto que virou uma mancha que virou um vulto que virou uma pessoa que virou um menino. Embora houvesse uma ceca separando-os, ele sabia que a precaução em relação aos deconhecidos nunca era demais e era melhor abordá-los com cuidado. Então ele continuou a andar, e logo estavam um de frente para o outro."

Embora seja tamanha minha vontade de dizer mais sobre essa história brilhante, não há palavras suficientes para descrever o sentimento e o impacto que a leitura provoca. O filme é bastante fiel, não obstante o "quê" do "livro" é ver a crueldade praticada na Segunda Guerra aos olhos de uma criança. Uma criança que não entende o por quê dessa realidade dolosora e inexorável. Uma criança que enxerga a maldade, mas não é capaz de compreendê-la.

"'Eu nem mesmo gosto de listras', disse Bruno, embora aquilo não fosse verdade. De fato ele gostava de listras e estava cada vez mais farto de ter que usar calças e camisas e gravatas e sapatos que eram pequenos demais para ele, enquanto Shmuel e seus amigos podiam ficar de pijama listrado o dia inteiro."

Informações adicionais:
Autor: John Boyne
Título: O Menino do Pijama Listrado
Editora: Cia. das Letras
Páginas: 192
Nota da Leitora: 5 estrelas

6 comentários:

  1. O Menino do Pijama Listrado é um dos meus livros preferidos, achei que o autor conseguiu captar de maneira brilhante a guerra por meio dos olhos de uma criança. E a amizade do Bruno e do Shmuel é simplesmente adorável!
    Gostei da sua resenha eheh beijo!!

    http://livroscomchadastres.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Realmente, o que mais me encantou no livro foi o fato da história ser contada na visão de uma criança. O escritor teve muito abilidade para conceber isso. Toda a frieza da Guerra aos olhos de um menino... É comovente e ao mesmo tempo chocante.

      Excluir
  2. Essa história é simplesmente magnífica!
    Ótimo blog, já estou seguindo, vi seu recado no skoob!

    Eu estou escrevendo livro, quer conferir?
    http://criticandonamadruga.blogspot.com.br/2013/12/the-life-is-capitulo-dois.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Pode deixar que verei seu livro, sim!
      Um beijo.

      Excluir
  3. Com certeza a resenha só aumentou minha vontade de ler o livro haha. Parece ser tão lindo... Tenho que me preparar psicologicamente pra chorar c.c
    Beijos

    http://www.devolvameucliche.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro esplêndido! Não pense duas vezes para ler, é impossível não chorar.
      Beijos

      Excluir